Em nova novela, Susana Vieira confessa 'medo de ficar pobre' e desejo de atuar até os 90
Foto: Reginaldo Teixeira / TV Globo / Reprodução

Marcante por acumular em sua carreira diversas personagens bem sucedidas financeiramente, sejam elas mocinhas ou vilãs, a atriz Susana Vieira confessou em entrevista ao portal Extra o medo que possui de entrar em falência. "Aprendi sozinha a administrar meu patrimônio. Morro de medo de ficar pobre... Mas, antes disso, tenho cinco apartamentos para vender”, disse. 

 

Apesar de ter essa tensão permeando os seus pensamentos, a veterana confessa que em relação a sua vida financeira não pensa muito em poupar, pelo contrário: “Não economizo, gasto tudo! Já estou na época, né? Pelo que já tenho, vão brigar depois que eu morrer. Esbanjo em viagens, não tenho mais idade nem paciência para voar de classe econômica".

 

E por falar em idade, hoje com 77 anos, a atriz revelou que pretende prolongar o seu trabalho em novelas e condicionou esse desejo ao seu estado de saúde. "Com boas condições físicas, posso trabalhar até os 90 anos, se eu e Deus quisermos. O que restringe o trabalho é a doença. Em navios, você encontra velhos do mundo inteiro viajando, curtindo a vida. Mas brasileiro aposentado mal consegue comprar o remédio que necessita com o pouquinho que recebe”, declarou.

 

Susana estreia nesta segunda-feira (30) em mais um trabalho, desta vez, no elenco da quinta versão da nova novela das 18h “Éramos Seis”. Na trama adaptada por Ângela Chaves, Vieira será a vilã Tia Emília, que tem como sobrinha a protagonista da história, Lola, vivida por Glória Pires. 

 

Questionada se já tinha acompanhado as antigas versões, Susana diz não ter visto, mas garante ter ótimas expectativas sobre o novo trabalho. "Sinceramente, não assisti, mas não tem a menor importância. Fico feliz de ter sido chamada para fazer um grande sucesso", afirmou. Comumente vista em tramas das 21h, a última participação de Susana no horário das 18h foi “A Padroeira”, em 2001. 

Histórico de Conteúdo