Sertaneja Rayane Martins lança primeiro álbum autoral e relembra vídeo que viralizou
Foto: Priscila Melo / Bahia Notícias

Há cerca de um ano e meio a cantora sertaneja Rayane Martins deu o pontapé inicial para uma nova fase em sua carreira musical. Hoje, em pleno clima de São João, a promessa do segmento natural de Barra do Mendes, interior baiano, comemora o lançamento do seu primeiro álbum autoral “Identidade”, composto por 13 canções. 

 

Vinda de uma família formada por pessoas envolvidas com a música, o processo de encarar profissionalmente o meio ganhou o apoio das pessoas mais próximas. “Eu canto desde os 10 anos de idade, sou de família de músicos e então acho que tem uma grande influência, está no sangue”, disse. 

 

Entre as músicas que começou a postar inicialmente no Youtube, Rayane intercalava suas publicações com criações por ela mesmo compostas, mas também covers de grandes nomes considerados por ela como principais influências. Entre os artistas estão Dorgival Dantas, no forró, Zezé Di Camargo, Chitãozinho e Xororó, sem contar com Roberta Miranda e nomes atuais como Simone e Simaria e Marília Mendonça.

 

Baiana e sertaneja podem parecer dois adjetivos ainda pouco comuns na cultura do estado, mas a artista faz questão de destacar quanto o segmento sempre fez parte de sua formação como cantora. 

 

“Mesmo que outros estilos musicais surgem aqui na Bahia, eu sempre me identifiquei muito com o sertanejo, ouço outros artistas como do forró, pagode, mas o sertanejo sempre fez parte da minha veia. Como as músicas que eu escrevo falam de paixão, casos de amor e traição, acho que nada mais certo que incluir o sertanejo já comigo. As letras fazem parte deste estilo musical”, afirma. 

 

Entre as principais canções que compõem as 13 faixas do álbum “Identidade” estão “Poltrona 23”, “Cheirinho de Problema”, “Seu Taxista”, composta entre os 13 e 14 anos e o mais novo lançamento da sertaneja “Tem Alguém Que Preste Aí”. 

 

Nas redes sociais, Rayane comemora outro sucesso para além de suas músicas e que contribuiu para que um novo público conhecesse o seu trabalho: um vídeo estourando pipocas com uma chapinha. 

 

O registro que viralizou no Instagram serviu como uma ponte para que o seu sucesso como cantora ultrapassasse fronteiras, contribuindo cada vez mais com a divulgação do seu trabalho.

 

“[O vídeo] abriu portas para que pudessem me conhecer como cantora. Quando aquele vídeo foi postado e foi espontâneo as pessoas me descobriram de alguma forma, eu ganhei uns 10 mil seguidores em um dia só. Isso abriu portas na minha área musical, porque outras pessoas não me conheciam”, comemora. 

 

Abaixo você pode conferir a participação de Rayane Martins no Bahia Notícias, seu mais recente trabalho a versão em estúdio de “Tem Alguém Que Preste Aí” e o vídeo que viralizou nas suas redes sociais.

 

 

 

Histórico de Conteúdo