Sexta, 12 de Abril de 2019 - 10:00

Além de Hariany, outros participantes já foram desclassificados do BBB; relembre

por Ailma Teixeira

Além de Hariany, outros participantes já foram desclassificados do BBB; relembre
Foto: TV Globo

Garantida pelo menos no terceiro lugar do Big Brother Brasil 19, Hariany Oliveira pôs tudo a perder ao agredir a amiga Paula von Sterling, na madrugada dessa quinta-feira (11). Como são amigas desde o início da edição, a própria mineira defendeu que não foi agredida com o empurrão, mas a produção decidiu seguir as regras, o que culminou na desclassificação da jovem estudante de Design de Moda.

 

Com isso, Hariany perdeu suas chances de concorrer ao prêmio final e a baiana Carolina Peixinho garantiu os R$ 50 mil, já que foi eliminada no paredão de ontem (veja aqui e aqui). O prêmio de R$ 1,5 milhão agora está entre Paula e Alan Possamai.

 

Mas a goiana de 21 anos não foi a primeira a ser desclassificada durante esta edição. Sem contar o candidato Fábio Alano, que nem chegou a entrar na casa por manter um contrato de publicidade com uma empresa, o acreano Vanderson Brito foi desclassificado após ter sido convocado a prestar depoimento à polícia em decorrência de acusações de abuso sexual e estupro (saiba mais aqui).

 

Além disso, nas últimas edições, parece que virou frequente eliminar pessoas por agressão. Há cerca de dois anos, na reta final do BBB17, o médico Marcos Harter foi desclassificado após agredir a então namorada Emilly Araújo. Na ocasião, a polícia chegou a entrar na casa para colher depoimentos e fazer exames de corpo de delito na jovem (veja aqui).

 

Já na edição anterior, a bacharel em Jornalismo Ana Paula Renault perdeu a chance de continuar no programa após dar dois tapas no rosto de Renan Oliveira durante uma festa (veja aqui). Adorada e odiada, ela era uma das favoritas a ganhar o prêmio.

 

Mas o caso mais grave ocorreu no BBB12. O modelo Daniel Echaniz foi expulso após suspeita de estuprar a sister Monique Amin enquanto ela dormia embriagada. Como disse não se lembrar dos fatos, Monique nunca o acusou (lembre aqui).

Histórico de Conteúdo