Fruto da noite de SSA, Tico diz que ‘forró parou de criar’: 'Complicado viver só de Asa Branca'
Foto: Rebeca Menezes / Bahia Notícias

Quem curte a noite soteropolitana já deve ter se deparado com algum anúncio de show do Forró do Tico. Liderado por Tico Cavalcante, a banda de quase um homem só - já que além de cantar é responsável por tocar a sanfona - tem se tornado presença cativa em grandes eventos da cidade. Porém, cabe uma atenção: o nome agora é só Tico.  Formando em administração, o artista começou a tocar com outros artistas há 10 anos. De lá para cá, trabalhou com nomes como Estakazero, Cangaia de Jegue, Saulo, Danniel Valente, Psirico, Timbalada e Dan Valente.

 

Tico revela que sua entrada no mercado se deu também pela falta de sanfoneiros em Salvador. "Fiz muitas amizades e trabalhei com pessoas que admiro muito. O meu nome começou a circular e sobrava muito trabalho para mim. Hoje, é diferente. Antigamente, tocar sanfona era coisa de velho, hoje as pessoas gostam", explicou ao Bahia Notícias. Ele acredita que o aumento do interesse pelo instrumento se deve ao "boom" do sertanejo:

 

"Sou louco por forró, mas acho que parou de criar. Não só a nível regional, mas nacional mesmo. A última música de forró raiz que estourou foi a de Targino Gondim, 'Esperando na Janela’, há 10 anos. Já o sertanejo vem produzindo muito e a todo tempo. A galera nova do sertanejo usa muito a sanfona e isso fez despertar o interesse, mudando a cabeça das pessoas", observou.

 

Contudo, ao ser questionado se os sucessos alcançados pelo Aviões do Forró e Safadão não fazem parte do ritmo forró, ele foi sincero: "É uma polêmica, porém considero forró o mais tradicional, apesar de achar as vertentes bacanas. Mas curto o autêntico, o pé de serra, porém é complicado viver só de 'Asa Branca'. O que falta é o verdadeiro forró produzir coisas bacanas e legais, com uma linguagem própria", criticou. Para elucidar o que estava querendo dizer, Tico pediu para demonstrar através de música. Confira:

 

Para os próximos passos, Tico lançará em setembro uma música com participação de Dorgival Dantas e prepara uma parceira com Léo Santana para o verão de 2018/2019.

Histórico de Conteúdo