Quinta, 19 de Outubro de 2017 - 09:00

Sereia que teria ajudado em novela acusa Glória Perez e Isis Valverde de boicote

por Bárbara Gomes

Sereia que teria ajudado em novela acusa Glória Perez e Isis Valverde de boicote
Foto: Reprodução / Instagram

Mirella Ferraz, sereia profissional, usou as redes sociais na noite da quarta-feira (18) para fazer um desabafo sobre Ritinha, da novela “A Força do Querer”. Ela explica que teria ajudado por dois anos na construção da personagem, acreditando ser inspiração para a autora Glória Perez, com quem se encontrou algumas vezes para falar do universo das sereias. Em um longo texto que se estende nos comentários da publicação, Mirella contou que, além de ter dado aulas à global, teria emprestado uma calda para a atriz e ainda foi procurada pela produção da Globo para comprar a vestimenta no valor de R$ 12 mil, pois havia burocracia, e depois seria reembolsada. Mostrando-se muito decepcionada, a sereia profissional esperava por reconhecimento, agradecimento e até uma participação na trama. Nada feito. Segundo Mirella, a escritora deturpou o trabalho das sereias, omitindo o compromisso que elas têm com o meio ambiente. “A personagem não foi nada do que estava proposto e sim acabou virando uma menina chata, egoísta, rasa, sem nada na cabeça, que não se importa nem com a própria mãe, que só engana de forma infantil e traiçoeira. E o pior, como foi largamente divulgado que ela seria inspirada em mim, ficou como se eu fosse tudo isso. Essa psicopata!”, disse Mirella, que resolveu tocar no assunto porque a narrativa já estava chegando ao final. A sereia também não poupou chateação com a atriz que interpreta Ritinha. “Isis tentava me boicotar de todas as formas. Dizia que não ia tirar foto comigo e não queria que eu postasse as que eu tirava com meu celular, porque nas palavras dela: 'Você não tem que aparecer, eu que tenho que ser A Sereia!'", apontou Mirella, que em seguida concluiu que a TV é uma "fábrica de ilusões".

Histórico de Conteúdo