Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Sindicato pede a Dilma cassação da concessão da Rede TV!
O Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Radiodifusão e Televisão no Estado de São Paulo enviou uma carta à presidente Dilma Rousseff pedindo a cassação da concessão da RedeTV!. Na carta, protocolada em Brasília, o órgão critica a administração da emissora e a renovação da concessão da RedeTV!, atribuindo ao canal uma série de irregularidades financeiras e trabalhistas. A Constituição brasileira diz que a radiodifusão de sons (rádios) e de sons e imagens (canal de TV) é um serviço público que é prestado no regime de concessão, dada pelo governo federal.

A entidade de classe acusa a RedeTV! de descontar dos empregados o INSS, sem repassar o montante aos cofres da Previdência Social. Diz ainda que os funcionários demitidos não conseguem receber o Fundo de Garantia nem a multa de 40% em cima das verbas rescisórias. A RedeTV! afirma que está absolutamente em dia com suas obrigações trabalhistas. A rede afirma que o sindicato se refere ao depósito de Fundo de Garantia de funcionários da extinta TV Manchete, cuja concessão foi passada para a RedeTV!. A emissora diz que já venceu uma batalha na Justiça em que ficou determinado que ela não é sucessora das dívidas da Manchete.


Histórico de Conteúdo