Ivete Sangalo chega a acordo com Toinho Batera após briga na justiça
Ivete Sangalo finalmente chegou a um acordo com o baterista Antônio da Silva. Conhecido como Toinho Batera, o músico pedia na justiça uma indenização de R$ 4,5 milhões da empresa que gerencia a carreira da musa do axé music, mas desistiu da ação. Entretanto, os termos da conciliação não foram revelados à imprensa. Tanto a Caco de Telha Produções Artísticas, holding que administra a carreira de Ivete Sangalo, como o advogado do músico, Willer Tomaz, confirmaram o acordo, mas não informaram o valor envolvido na negociação. Demitido por Ivete em 2010, Toinho Batera acusou a Caco de Telha de operar um esquema para sonegação fiscal. Ele alega que a Banda do Bem Produções Artísticas Ltda. -empresa que tem como sócios os músicos que acompanham Ivete- funciona como uma espécie de "fachada" para a Caco de Telha não ter de recolher encargos dos músicos.

Histórico de Conteúdo