Terça, 19 de Maio de 2020 - 14:10

Bela Gil confessa que se fosse 'pobre' também teria refrigerante como 'janta' dos filhos  

por Júnior Moreira Bordalo

Bela Gil confessa que se fosse 'pobre' também teria refrigerante como 'janta' dos filhos  
Arte: Bahia Notícias

A chef de cozinha e apresentadora do canal GNT, Bela Gil, foi a convidada da live do Bahia Notícias da manhã desta terça-feira (19). No papo, a filha de Gilberto Gil falou sobre os hábitos na quarentena, rotina da família, criação dos filhos, Flor e Nino, sem a "distinção" de gênero, e não negou a pretensão de entrar a política.  

  

Adepta da alimentação e nutrição holística - que traz benefícios para o corpo e mente - Bela reconheceu que a grande parte da população brasileira pode não ter condições de ter acesso aos alimentos mais saudáveis, seja por questões econômicas ou por morarem em "desertos alimentares" - regiões de acesso escasso.  

  

"Tenho as condições de mudar? Será que consigo? O contexto da minha vida deixa eu participar dessa mudança? É muito importante a mudança individual, de querer comer bem, mas obviamente para a gente é muito simples trocar um refrigerante por uma água, mas para algumas pessoas talvez seja mais seguro tomar um refrigerante do que uma água não potável", ponderou.  

  

Pensando nisso, trouxe em sua dissertação para o mestrado na Universidade de Ciências Gastronômicas, na Itália, o seguinte tema: “O trabalho doméstico não remunerado e como ele influencia a nossa alimentação”. Nele, defendeu a importância da comida “caseira, de panela” além de propor que o Estado remunere a pessoa que prepara as refeições para a família, ideia que quer trazer para a realidade brasileira, reforçando a necessidade de políticas públicas para a área. 

  

"Especialmente às mulheres periféricas, que, às vezes, tem três jornadas de trabalho. Obviamente que se eu tivesse nessa condição, um refrigerante e um biscoitinho recheado, que muito provavelmente seria mais acessível, iria ser o jantar das crianças, pois quem aguenta?", indagou. Assista:    

Histórico de Conteúdo