Sexta, 14 de Fevereiro de 2020 - 13:00

Curtas e venenosas

por Natália Comte

Curtas e venenosas

*Essa semana, as imagens das sardinhas morrendo na beira do mar em Praia do Forte tomaram conta dos noticiários, mas Smetak disse que a cena era linda de se ver. Hein?;

 

*É a prova que realmente TVs precisam diminuir o tempo dos comentários, pois assim os apresentadores falam menos e se informam melhor no que vão falar;

 

*Jel Senra, como boa brasileira que é, colocou um atestado na TV Bahia logo após o final de semana, em que foi para o Baile da Vogue em São Paulo;

 

*A sorte dela é que todo mundo viu que estava no “Jornal Nacional” no sábado, senão o que teria de gente dizendo que isso poderia ser desculpa de quem pegou pesado no FDS;

 

*O mais curioso disso foi ver o povo no meu Instagram perguntando se ela tinha saído da TV Bahia, como se eu fosse do RH. Acordem;

 

*Mas volto a reforça minha tese que Jel Senra não termina 2020 no “Bahia Meio Dia”;

 

*E a TV Bahia? Pensou que essa audácia de mudar a programação da Globo seria para sempre? Uma hora a conta ia chegar e, pelo visto, veio com o cancelamento do Bahia Folia no domingo, por ordens, claro, lá do Rio de Janeiro;

 

*Com isso, Marronzito vai dar menos pinta na tela da Globo. Calma, amigo. Tudo vai dar certo;

 

*Tia Má recusou o convite para assumir o TVE Revista, mas vai garantir um extra na cobertura do Carnaval pela emissora. Errada não tá;

 

*Perguntei por Wandinha semana passada e não é que ela foi confirmada no reforço da TVE? A sorte do brasileiro é que não preciso jogar na Mega-Sena...;

 

*Não conheço esse Raoni Oliveira, mas vi uma foto e podemos dizer que bonito ele é. Porém, já soube que precisa de uma fono para acertar o tom da voz. Vou indicar a minha. Gosto de ver o bem das pessoas;

 

*Inclusive, apesar de não conhecê-lo, tenho que reconhecer que nunca tinha visto uma TV fazer uma homenagem daquelas para alguém que está indo para outra emissora. Política de boa vizinha concluída com sucesso;

 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Se eu pudesse dar um nome a esse vídeo seria: GRATIDÃO! Ontem foi um dia incrível. Guardarei para sempre no meu coração. Olha que surreal: Eu, repórter, saindo para uma outra emissora, para apresentar um programa no mesmo horário do que trabalhava ganho uma despedida de mais de 20 minutos na televisão, com direito a toda equipe e minha mãe me desejando boa sorte. Fico feliz em saber que todo meu compromisso, entrega, dedicação, empenho, profissionalismo e, principalmente, respeito com todos os meus colegas valeu à pena. Saio com as portas abertas e feliz de saber que honrei o nome da @tvaratu. Aqui fui produtor, locutor, mestre de cerimônias, repórter e apresentador, ou seja, fiz tudo. Saio um profissional muito mais preparado para aceitar o novo desafio. Acredito que ser grato é uma virtude necessária de qualquer ser humano. Obrigado à todos que me fizeram chegar até aqui. Eu, que já tomei muita pancada com amizades, posso garantir nessa casa eu deixo muitos amigos. Até mais, ARATU. #tv #tvaratu #despedida #raonioliveira #comunicacao

Uma publicação compartilhada por Raoni Oliveira (@raonioliveira) em

*Com isso, a Aratu segue vendendo a ideia da TV família;

 

*Fui até convidada para o lançamento do Carnaval do Correria, mas preferi descansar a minha beleza;

 

*Soube que a Rainha Má (la) deu vários pivôs em salto 15. Vou perguntar a ela o remédio de labirintite que ela toma;

 

*Juro que eu tento, mas quando ela abre a boca me dá jinge;

 

*Inclusive estranhei que convidaram Bagaceira para ser vilã de filme, mas nem pensaram na Rainha Má (la), já que para muito é a vilã dos Carnavais;

 

*É Psi, acho que faltou um pouco de criatividade nessa música nova "Márcio Victor chegou". Quem sabe ano que vem lança: "Márcio Victor saindo logo da festa";

 

*Até meu amigo Pedro Tourinho vai ter o momento de reizinho no Carnaval dos Mascarados. É o momento de colocar todo o glitter para fora do armário;

 

*Faustinho Franco, inclusive, já entrou no clima de Os Mascarados e desfilou por aí todo de branco. A própria entidade;

 

*Inclusive, esse ano, tentarei ir para o Expresso... ficar ali com todos meus amigos na Varanda Elétrica. Todo ano eles me intimam, mas meu Inho sempre me convence a viajar;

 

*O povo surpreso com o levantamento do Ecad apontando que o Axé não manda nem mais no Carnaval. Eu estou aqui há anos dizendo isso. Não é possível;

 

*O Soberano convidou o Correria para a abertura do Carnaval. Basta saber se o petista tem fôlego para virar um dos Camisas Pretas;

 

*Como sempre, os donos de camarotes dizem que esse ano o espaço está melhor. Pelo que sei, tirando o Salvador, todos os outros batem na trave;

 

*Houve um tempo em que o camarote Harém parecia um harém de sheik árabe de tanta mulher bonita. Hoje em dia mais parece de um sheik em pós-guerra. Só as matralhadas;

 

*Aliás, Luis Eduardo, já te falei que não vou mais para o Camarote Salvador. Meu último ano foi em 2018. Saí de lá deprimida e me sentindo acabada, velha e pobre. Meu Inho então era o próprio ancião com braço fino, perna de frangote, barrigão e pobre. Tô fora;

 

*Bato palmas para Edcity. Cadê os puxa saco de pagodeiro? O cara precisa ser político pra ganhar o patrocínio do Carnaval?;

 

*Por outro lado, tem uns artistas que precisam acordar. É só chegar essa época do ano que todos querem mamar um pouco das tetas do governo, mas durante o ano não fazem nada;

 

*Porém, gostei que ele foi bem direto. Enquanto gastam fortunas para uma Anira botar um trio que ela mesma conseguiria por com seus patrocinadores, esquecem de artistas locais;

 

*Contudo, sei que artistas como ela trazem coisas que os daqui não conseguem: retorno em mídia e mais dinheiro;

 

*E a funkeira anda se achando demais em terras soteropolitanas pedindo para fecharem as portas das casas no Centro Histórico para poder gravar seu clipe;

 

*Queria ver ela pedir isso numa bocada aqui de Salvador;

 

*É bom descer do sapatinho, porque, pelo visto, tá usando o espaço de graça. O povo tem que trabalhar, não fechar as portas para a linda fazer o dela;

 

*Agora que dei meu nome, preciso dizer que ao ver o vídeo, achei que Anira foi bem educada. Ela pediu um favor, cabia ao povo fazer ou não. Foi o que aconteceu;

 

*Mas acho incrível como toda vez que ela vem gravar alguma coisa aqui, a cidade para e acompanha passo a passo. As outras cantoras daqui que lutem;

 

*Léo Kret que tá se dando bem nessa. Todo ano tem conseguido um momento na mídia, graças a amiga; 

 

*O que me surpreendeu foi que pela primeira vez, Anira não subiu a favela abusando do bronzeador e estereotipando o corpo e visual da mulher suburbana;

 

Saiba quem são as personalidades citadas aqui:

 

Rainha Má (la)               Daniela Mercury
Soberano                       ACM Neto 
Correria                         Rui Costa 
Bagaceira                      Claudia Leitte 

 

*Mandem sugestões de curtas para o Sabe o que eu acho? Ou me procurem no Facebook: Natália Comte. Para os desesperados, tem a opção de falar comigo pelo e-mail nataliacomte@bahianoticias.com.br

Histórico de Conteúdo