Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

'Desejo que a vacina chegue a todos', diz Cid Moreira após tomar a 2ª dose contra Covid
Foto: Reprodução / Instagram de Cid Moreira

Cid Moreira, 93, usou as redes sociais neste sábado (6) para comemorar a segunda dose da vacina contra Covid. Em um vídeo, ele mostrou o momento em que tomou a vacina, na sexta (5), e mandou um recado para que todos a tomem quando possível.

O jornalista, que afirmou estar mais aliviado agora, recebeu a vacina pelo sistema drive-thru, como já havia feito na primeira dose, no dia 13 de fevereiro, em um posto de Petrópolis, na região serrana do Rio, onde vem cumprindo a quarentena.

"Desejo que [a vacina] chegue a todos rapidamente", afirmou ele. "A vida é muito delicada, e me sinto honrado de ter enfrentado tantas barreiras e estar aqui para contar a minha história! Sou um privilegiado e agradeço a Deus por isso."

Outra artista brasileira que celebrou a segunda dose da vacina neste sábado é a atriz Fernanda Machado, 40, que mora nos EUA, onde recebeu a imunização. Ela também revelou que participa de um grupo de estudos sobre leite materno após a vacinação.

"Sinceramente, ainda não consegui nem celebrar o fato de que já estou vacinada, imunizando meus dois filhos através do meu leite materno e participando de uma pesquisa superimportante aqui nos EUA, sobre o leite humano após a vacina."

Sábado, 06 de Março de 2021 - 14:00

Baiana e ex-cantora da Banda Eva, Emanuelle Araújo prepara seu primeiro musical

por Folhapress

Baiana e ex-cantora da Banda Eva, Emanuelle Araújo prepara seu primeiro musical
Foto: Reprodução / Folha

A atriz e cantora Emanuelle Araújo, 44, diz estar entusiasmada com a reprise de "Malhação - Sonhos" (Globo, 2014). Para a artista, rever a novela dá "um frescor de como se estivesse começando agora". Com mais de 30 anos de carreira e vários trabalhos na TV e na música, ela diz que foi após a novela teen que encontrou a completude que precisava para investir na atuação.

"Já de cara me apaixonei pelo projeto", diz Emanuelle, que interpretou Dandara. Na trama, a professora da Escola de Artes Ribalta se apaixona por Gael, o mestre da Academia de Luta, vivido por Eriberto Leão. "Era um casal com muitas nuances. Os conflitos de Dandara e Gael não ficavam só na briga e romance como normalmente casais protagonistas ficam."

Na história, o casal vê diferenças nas suas profissões e na forma de criar os filhos como pais solteiros: Dandara é mãe de João (Guilherme Hameck), e Gael é pai de Karina (Isabella Santoni) e Bianca (Bruna Hamú). Ao longo dos episódios, eles buscam um equilíbrio entre suas personalidades contrastantes.

A atriz afirma que, por ser uma novela com muitos telespectadores jovens, a popularidade veio de forma diferente. "Dandara foi um marco mesmo, neste sentido de um alcance no público jovem. É um público que me acompanha até hoje, a novela acabou lá em 2015, e desde então muitos fã-clubes me acompanham."

Baiana, Emanuelle ficou conhecida nacionalmente em 1999 ao substitui Ivete Sangalo como vocalista da Banda Eva. Apenas depois, ela chegou às novelas, estrelando, além de "Malhação", folhetins como "Pé Na Jaca" (Globo, 2006-2007) e "Cordel Encantado" (Globo, 2011). "Sempre fui do coletivo, inclusive na música. Depois da 'Malhação', eu corri meus caminhos solos, foi quando lancei meus discos, fiz filmes de cinema. Foi um momento de mergulhar."

Em sua discografia, Emanuelle Araújo possui "O Problema É a Velocidade" (2016) e "Quero Viver Sem Grilo" (2020). "Um nome bem propício para o tempo que estamos vivendo", diz a cantora, em tom de brincadeira. Lançado em fevereiro de 2020, o álbum é uma homenagem ao cantor e compositor Jards Macalé, que fez sucesso nos anos 1970, mas que "é contemporâneo até hoje". "Fico muito feliz que as pessoas escutem a obra de arte de Macalé neste momento delicado."

Para a cantora e atriz, 2020 foi um ano extremamente difícil, mas que ela pôde usar para encontrar uma cura pessoal. Ela diz que após a perda de seu pai, em 2019, precisava de um momento para "cuidar muito da saúde mental". A artista afirma que conseguiu potencializar a arte e se conectar ainda mais com sua carreira musical. "Isso me deu muita força."

ANSIOSA POR 'CHICAGO'
Em meio aos cuidados na pandemia, Emanuelle Araújo tem feito aulas de balé clássico e canto lírico, além de se dizer animada para estrear seu primeiro musical, no qual interpretará Velma Kelly, de "Chicago". O espetáculo, criado pelo diretor e coreografo americano Bob Fosse (1927-1987), em parceria com Fred Ebb (letras) e John Kander (canções), se tornou um clássico. Estreou na Broadway 1975. Em 2002, foi adaptado para o cinema e ganhou o Oscar de melhor filme.

Para a atriz, a oportunidade de trabalhar com mais uma de suas paixões, a dança, é muito especial. "Adoro o texto, as músicas, as coreografias. Dos musicais da Broadway que já assisti foi o que mais me identifiquei", explica. Sobre ter sido escolhida para o papel da protagonista, ela conta: "Fiquei muito feliz em ser selecionada, é uma personagem instigante e um feminino potente que me interessa muito."

"É um desafio que estou me preparando bastante para realizar", continua a artista. A nova remontagem brasileira estrearia em novembro de 2020 nos palcos de São Paulo, mas foi adiada devido à pandemia do coronavírus. Agora, a previsão é para junho deste ano. "Vou aproveitando do adiamento para me preparar mais. As aulas de dança e canto me dão mais segurança para o início dos trabalhos", afirma.

"Podem esperar a qualidade dos espetáculos da Broadway e toda a minha dedicação, amor e alegria para compor este personagem e fazer parte deste trabalho lindo!", completou. Além de "Chicago", a atriz conta que ainda tem dois filmes previstos e desenvolve uma ideia para um novo trabalho musical.

Além da música, das novelas e do teatro, Emanuelle já atuou em diversos filmes nacionais, como "S.O.S Mulheres ao Mar" (2014), "Até Que a Sorte Nos Separe" (2015) e "Ó Paí Ó" (2007). Em 2018, ela também protagonizou a série da Netflix "Samantha!" e afirma ter sido uma personagem "atípica e maravilhosa no universo do show business".

Emanuelle também é carnavalesca de espírito, "não só como uma cantora, mas como foliã também", e teve que se adaptar à ausência das festas esse ano, participando da "farra online" do cantor Matheus VK, transmitida pelo Instagram, e cantou na live do bloco fluminense Cordão da Bola Preta. "Foi realmente frustrante não ter Carnaval, mas, ao mesmo tempo, o ser humano é adaptável", diz.

Sábado, 06 de Março de 2021 - 12:40

Globo suspende gravações com Gloria Maria e adia programas devido à Covid

por Folhapress

Globo suspende gravações com Gloria Maria e adia programas devido à Covid
Imagem: TV Globo

O agravamento da pandemia da Covid-19 fez com que a Globo implantasse novas medidas para evitar a contaminação de profissionais de jornalismo considerados de grupos de risco, como a apresentadora Gloria Maria, 71, e a jornalista Andréia Sadi, 33.

 

Segundo comunicado divulgado pela emissora, os profissionais desses grupos já estavam em home office desde o início da pandemia, em março do ano passado. Apesar disso, os cuidados serão reforçados devido às novas altas no número de casos.

 

O Brasil registrou nesta sexta-feira (5) 1.760 mortes pela Covid-19, além de ter completado sete dias seguidos de recordes na média móvel de óbitos pela doença. O novo maior valor da média agora é de 1.423. O recorde anterior era de 1.361.

 

Com isso, Gloria Maria, que já estava gravando a apresentação do Globo Repórter no jardim de sua casa, ao ar livre, teve agora as gravações suspensas, ficando apenas Sandra Annenberg, 52, na apresentação. Segundo a emissora, Gloria Maria já tinha finalizado as gravações de dois episódios, por isso estava no programa desta sexta (5) e estará no próximo.

 

Na GloboNews, foram adiados, pelo menos por um mês, os retornos dos programas GloboNews Miriam Leitão, Roberto D'Avila e Diálogos com Mário Sérgio Conti, previstos para a próxima semana, já que a gravação das entrevistas exigia uma mínima presença de técnicos nas casas dos jornalistas.

 

O Papo de Política, também da GloboNews, foi confirmado pela emissora às quintas-feiras, na faixa de 23h30, mas sem a presença de Andréia Sadi, que está grávida. Assim, o programa seguirá com as jornalistas Julia Duailibi, Maju Coutinho e Natuza Nery.

 

Já o programa Profissão Repórter, da Globo, não terá alteração, já que Caco Barcellos, 71, grava sozinho, em casa.

Sábado, 06 de Março de 2021 - 12:00

Festa de funk BBB 21 termina com choro, DRs e beijo quádruplo; veja

por Folhapress

Festa de funk BBB 21 termina com choro, DRs e beijo quádruplo; veja
Foto: Reprodução / Globo

Os competidores do Big Brother Brasil 21 tiveram uma madrugada de muita dança, mas também de muito choro e discussões de relacionamento. A festa desta sexta-feira (5) começou sob o comando de Pedro Sampaio e das cantoras Lexa e Luísa Sonza, e varou a noite.

Apesar do funk e dos rebolados, foram as DRs (discussões de relacionamento) que movimentaram a madrugada. Arthur e Carla voltaram a conversar sobre o tratamento que têm tido um do outro e de um possível afastamento como parte do jogo.

Carla chegou a se distanciar do restante dos brothers e chorou bastante. Já Arthur ouviu conselhos de Viih Tube: "Você com Carla, eu acho lindo, muito legal, mas eu ainda te sinto incomodado com algumas coisas. Sei que você não está 100% bem com isso."

Outro casal que deu o que falar na festa dessa madrugada foi Fiuk e Thaís, que não ficaram de novo, apesar de a sister deixar claro seu interesse pelo ator. "Eu não queria nem dar um beijo aqui. Não queria real. Vim aqui para outra parada", desabafou Fiuk a Arthur.

Novamente, a conselheira da noite, Viih Tube, fez sua parte como amiga, e afirmou a Fiuk que não precisa se preocupar com Thaís, que ela não vai se apaixonar por ele na casa. "Apesar de vocês se beijarem, ela não é idiota", afirmou a influenciadora.

Mas também não foi só de DRs a festa do BBB 21. Houve também muita animação, dança e brincadeiras, com destaque para o selinho quádruplo de Sarah, Gilberto, Juliette e Fiuk.
 

A brincadeira, no entanto, também acabou provocando incômodos. Thaís não gostou muito de ver Fiuk no meio do beijo e chegou a desabafar com João Luiz. O brother, porém, afirmou que ela estava exagerando. "Para de ser louca", completou Viih Tube.
 

 

Após o término da festa, já no início da manhã, Thaís tentou se aproximar novamente de Fiuk e lhe pediu um beijo. O artista se afastou, mas ela ainda assim conseguiu roubar um selinho. Já Gilberto se contentou com um beijão em um manequim.

Gagliasso abre o jogo sobre saída da Globo: 'Netflix me traz a possibilidade do novo'
Foto: Reprodução / Instagram

Após deixar a Globo depois de 18 anos e assinar com a Netflix (veja aqui), o ator Bruno Gagliasso voltou a falar desta escolha em entrevista a Revista 29HORAS. Para o ator de 38 anos, a mudança abre espaço para que tenha mais tempo livre e se dedique a outras paixões.

 

“A Netflix me traz a possibilidade do novo. Eu sou um ator que fez de tudo em novelas e elas sempre terão um lugar especial no meu coração. Só que, nesse momento, meus olhos brilham por outras coisas. Digo que estou respirando a liberdade, então, sim, foi para ter mais tempo como empreendedor, como pai, marido, como ser humano ligado às causas ambientais e, acima de tudo, como artista inquieto que sou”, explicou.

 

Neste tempo na platinada, ele atuou em 14 novelas, cinco séries, um especial de fim de ano e participou em dois humorísticos. A chegada do marido de Giovanna Ewbank na Netflix foi marcada com uma paródia da série La Casa de Papel.

 

Até o momento, Gagliasso tem dois projetos confirmados na gigante do streaming, que acabaram atrasados por conta da pandemia: uma série nacional de oito episódios, baseada no argumento de uma trama que ele mesmo escreveu, e uma coprodução internacional.

Sábado, 06 de Março de 2021 - 10:00

Famosos lamentam recordes no número de mortos por Covid-19; veja

por Folhapress

Famosos lamentam recordes no número de mortos por Covid-19; veja
Foto: Reprodução / Instagram

Com o Brasil batendo recordes no número de mortos por Covid em uma semana, famosos começaram a compartilhar mensagens positivas nas redes sociais e duras críticas ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido). O Brasil registrou 1.760 mortes pela Covid-19 nas últimas 24 horas, totalizando 262.948 mortos e 10.871.843 casos, desde o início da pandemia.

A atriz Paolla Oliveira publicou um vídeo antigo do programa "Amor e Sexo", apresentado por Fernanda Lima. No vídeo, a apresentadora pergunta ao pastor Henrique Vieira qual é a oração da felicidade.

Ao lado da publicação, ela marcou o pastor e escreveu que é importante pensar, ser e fazer o bem. "É tão importante pensar o bem, ser o bem, fazer o bem. Palavras movem montanhas e que num momento onde precisamos de tanto conforto, as palavras do pastor Henrique Vieira possam nos inspirar. Amém, axé, amor".


O ator Eduardo Moscovis postou o desenho de um jovem chorando feito pelo artista plástico Felipe Morozini com a frase: "O que sinto, sinto grande. O que chora molha tudo". Ao lado da imagem, ele escreveu: "Uma semana especialmente dura, sofrida, choro sim. E muito Felipe Morozini, sou seu fã. Obrigado por tanto".

 


A atriz Carol Castro comentou a postagem do ator dizendo que está tentando vibrar luz. "To na mesma. tentando vibrar luz porque a sombra tá dominando mas não vai, não vai !", escreveu.

A atriz Júlia Lemmertz publicou um vídeo que fala que no Brasil de Bolsonaro todo dia é dia de preço alto. "Liquidação total do Brasil inteiro! Todo dia é dia de preço alto com o Bolsonaro", escreveu a atriz. O mesmo vídeo foi publicado pela jornalista Astrid Fontenelle com a mensagem: "Vacina urgente! Esse pesadelo sem fim vai acabar. Mas por enquanto como li outro dia na [jornalista] Rosana [Hermann], tem túnel, tem fim mas não temos luz".

A colunista da Folha de S.Paulo Tati Bernardi publicou a foto de um artigo dela publicado jornal sobre a pandemia, acompanhado de um trecho do texto.

"Mar de gente agonizando, mar de gente morta, mar de corpos, mar de negacionistas, mar de assassinos, mar de pessoas odiosas que jamais imaginei que pudessem ser tantas, mar de porcentagem de gente horrível que ainda dá "ótimo" ou "bom" para aquele desgraçado, mar de panelas que não servem pra nada", publicou.

O ator Tuca Andrade postou uma imagem com o globo terrestre com a frase "SOS Mundo, venham nos salvar!". Ele escreveu: "Estamos nas mãos de um genocida e sua quadrilha". Ele já recebeu ameaças nas redes sociais após postar críticas contra o presidente.

NÚMERO DE MORTOS

O Brasil registrou 1.760 mortes pela Covid-19. Nesta sexta (5), o país completou sete dias seguidos de recordes na média móvel de óbitos pela doença. O novo maior valor da média agora é de 1.423. O recorde anterior era de 1.361.

Dessa forma, o país completa 44 dias com média móvel de mortes acima de 1.000.

O número de óbitos registrados nesta sexta é o terceiro maior valor diário de toda a pandemia.

Como tem ocorrido, o elevado número de mortes é acompanhado por altas taxas de contaminação. Os últimos três dias fazem parte do ranking de datas nas quais foram registradas mais casos da Covid. Nesta sexta, foram 75.337 casos, no dia 3 foram 74.376 e no dia 4 foram 74.285.

O dia 8 de janeiro, com 84.977 infecções, ainda lidera o ranking, mas nele ocorreu uma revisão de dados do Paraná que elevou artificialmente o dado geral de casos do país.

Ao assumir gostar de Bolsonaro, Sarah perde 200 mil seguidores e é alvo de tuítes negativos
Foto: Reprodução / Instagram

A fala "despretensiosa" de Sarah Andrade dentro do Big Brother Brasil está trazendo prejuízos numéricos para a participante em suas redes sociais.

 

Segundo a consultoria Arquimedes, após dizer que gosta do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e que não queria seu impeachment (veja aqui), a consultora de marketing recebeu mais de  800 mil citações — 85% delas criticando-a. Além disso, um dia após o comentário, a sister já tinha perdido mais de 200 mil seguidores no Instagram, que atualmente conta com 8,7 milhões.

 

Na noite desta sexta-feira (5), a edição do BBB 21 surpreendeu ao exibir o diálogo que gerou polêmica durante todo o dia. Isso porque a Globo não costuma mostrar os posicionamentos políticos dos participantes dentro do reality. 

 

A assessoria de Sarah se manifestou em nota: "simpatizar e apoiar são palavras com significados distintos", e comparou o cancelamento de Sarah ao sofrido pelo ator Lucas Penteado, 24, dentro do reality "por comportamentos que não o definem".

 

"Sobre o cancelamento, é um direito das pessoas. Afinal vivemos numa sociedade democrática e as redes sociais são um espaço de comunicação utilizado por muitos como um meio de se manifestarem propagando ideias que não sustentariam."

 

"Responsabilidade com as palavras empregadas e respeito com ideias contrárias às nossas deveriam permear as relações humanas", continua. "Só podemos lamentar sobre a cultura do cancelamento e refletir como temos muito a melhorar como sociedade".

Sábado, 06 de Março de 2021 - 00:00

Setor de entretenimento busca ‘reanimação’; Secult promete ações para próximos dias

por Jamile Amine / Júnior Moreira Bordalo

Setor de entretenimento busca ‘reanimação’; Secult promete ações para próximos dias
Foto: Jamile Amine / Bahia Notícias

Neste fim de semana, completa um ano do primeiro caso da Covid-19 registrado na Bahia. Durante o período, um dos setores mais afetados pelas restrições impostas pela pandemia foi o de cultura e eventos, que acumula perdas ainda incalculáveis.

 

“O cenário está bem pior do que estava na primeira onda. A coisa chegou a um nível tal para o setor, que a gente nem fala mais em ‘retomada’. A gente está usando a palavra agora ‘recuperação’, pra não dizer ‘reanimação’”, avalia o presidente da Associação Baiana das Produtoras de Eventos (Abape), Moacyr Villas Boas, destacando que se realmente tivessem conseguido, em algum momento, retomar as atividades, não estariam em estado tão crítico. “É fato que muitas empresas fecharam, outras estão por fechar, então, agora se trata da necessidade de os poderes públicos desenvolverem políticas para a recuperação do setor”, pontua.

 

No mês de janeiro, em entrevista ao Bahia Notícias, Moacyr comentou situação delicada para a área do entretenimento e citou a dificuldade de diálogo com o governo da Bahia (sabia mais). No mesmo período, em conversas com a prefeitura de Salvador, o setor quase deu início a iniciativas como o planejamento de evento teste que daria um norte para a retomada das atividades. Este projeto, assim como outras tratativas, acabaram ficando em suspenso com o agravamento da pandemia.

 

Agora, ele afirma que apesar de já ter conseguido superar o impasse e avançar na interlocução com a o executivo municipal e estadual, nada de concreto saiu do papel para dar suporte às áreas de evento e cultura.

 

“Entendemos que é um caminho natural no processo político e burocrático, mas continuamos achando que existe morosidade, em todos os sentidos”, ponderou o presidente da Abape. Como forma de reação, ele aponta propostas como isenções fiscais, um auxílio emergencial voltado para empresas e também sugere que prefeitura e governo estadual utilizem recursos próprios para investir em políticas para o setor, além de aplicar a verba federal da Lei Aldir Blanc. “Às vezes isso pode ser confundido, mas não se trata de um privilégio para um setor específico. Na realidade, eu desconheço outro setor que teve as atividades integralmente paralisadas durante a pandemia, nem o turismo - que foi bastante afetado -, teve. Então não é privilégio criar uma política específica para salvar o setor”, argumenta Moacyr.

 


Só com a ausência do Carnaval, houve uma perda de mais de R$ 1 bilhão em receitas (clique aqui e saiba mais) | Foto: Naiara Barros / Odú Comunicação

 

Reafirmando o entendimento da necessidade das medidas restritivas, sobretudo neste momento em que a pandemia tem se agravado no país, Villas Boas argumenta, no entanto, que a área do entretenimento não pode seguir penalizada e sem apoio. “Agora, de fato, se faz necessário o lockdown, não somos negacionistas. Mas a culpa disso não é dos eventos, porque nunca voltaram durante a pandemia. E acreditamos que não é nem do comércio em si, porque ele investiu em medidas, equipamentos, protocolos para que voltassem”, pontua o produtor, que credita o aumento de casos e mortes por Covid-19 na Bahia e no Brasil à falta de fiscalização efetiva.

 

Titular da Secretaria de Cultura e Turismo de Salvador, Fabio Mota confirmou o diálogo mantido com o setor, reconheceu as dificuldades pelas quais a cidade passa diante da necessidade de se fazer um isolamento mais duro, mas aponta soluções paliativas para breve.

 

“Nós estamos em uma discussão que envolve Saltur, Fundação Gregório de Mattos e outros órgãos da prefeitura. A vice-prefeita Ana Paula está tocando isso, que é a implementação de uma ação específica para o setor cultural e de entretenimento que não teve acesso à Lei Aldir Blanc. Nós estamos nessa discussão aí e acho que nos próximos dias o prefeito Bruno Reis deve divulgar”, revelou o secretário de Cultura e Turismo da capital baiana, ressaltando que a “ajuda específica” para o segmento estará “evidentemente, dentro dos parcos recursos que o município dispõe, em função da pandemia e do que está se gastando”. “Já são mais de R$ 60 milhões que têm relação direta com a pandemia e essa discussão a gente deve findar nos próximos dias e o prefeito deve fazer uma coletiva e divulgar”, reitera.

 

Sobre as demandas apresentadas pelos empresários e profissionais da área, Mota diz que “todas essas hipóteses estão sendo debatidas nesse fórum que nós montamos”. Ele salienta, porém, que atualmente a prioridade é “a pessoa que trabalhava com cultura e entretenimento que tem dificuldade hoje de sobreviver”, mas pontua que outras propostas também estão sendo estudadas.

 

“Nós temos uma lei federal que acabou de ser votada, que é especificamente para uma linha de crédito para o setor de entretenimento. Nós estamos acompanhando isso dentro do Fórum Nacional de Secretários de Cultura e Turismo, que já vai contemplar boa parte desses pedidos”, acrescenta o gestor municipal, em referência ao Projeto de Lei 5638/20,  que cria o Programa Emergencial de Retomada do Setor de Eventos. Aprovado nesta quarta-feira (3) pela Câmara dos Deputados, ele vai para votação no Senado (veja mais detalhes).

 

A respeito do projeto, o presidente da Abape vê com bons olhos a facilidade de crédito, mas alerta para o fato de que esta não é uma solução definitiva e tampouco eficaz para a totalidade das empresas impactadas pela crise. 

 

“Crédito é uma coisa que você vai pegar, mesmo sendo com juros bem interessantes, bem baixos, mas é um dinheiro que você vai ter que devolver mais cedo ou mais tarde. Quando essas linhas de crédito saírem, as pessoas mais desesperadas e que realmente já estão com a corda no pescoço, vão começar a pegar esses créditos, mas é um tiro no escuro”, pondera Moacyr Villas Boas. “Graças a Deus que existe o crédito, não estou dizendo que é ruim não, mas é um tiro no escuro a partir do momento em que não existe nenhuma luz no fim do túnel de quando as coisas irão voltar a acontecer, mesmo que seja de forma reduzida”, acrescenta, lembrando que, por conta do cenário desfavorável, muitos empresários terão que aplicar a verba para quitar gastos fixos dos empreendimentos ou até pessoais, e não como forma de investimento que possibilite sanar a dívida adquirida. 

 

RETROSPECTIVA 

Como uma das primeiras medidas para tentar conter o avanço da Covid aqui na Bahia, o governador Rui Costa decretou, do dia 16 de março, a suspensão de eventos religiosos, esportivos e culturais com mais de 50 pessoas nas cidades de Salvador, Feira de Santana e Porto Seguro, cidades que já possuíam casos da doença (veja aqui).

 

A restrição foi mais ampla do que a editada pelo então prefeito de Salvador, ACM Neto. Por meio de um decreto publicado no último sábado (14), o prefeito proibiu a realização de eventos com mais de 500 pessoas no dia 14 daquele mês.

 

Ao perceberem que o setor de eventos seria um dos primeiros a parar e o último a voltar, empresas ligadas às festas de grande porte precisaram desacelerar ou até mesmo frear as atividades (veja aqui). E, além disso, ao longo dos meses, começou a surgir movimentos de alguns artistas e empresários pendido uma atenção do poder público para a classe.

 

Em outubro, o Bahia Notícias reuniu, em uma mesa redonda virtual, Wagner Miau, produtor de eventos; Marcelo Britto, empresário de Léo Santana; Guto Ulm, produtor de eventos; e Leo Ferreira, empresário de Bell Marques, com o intuito de trazer as principais demandas e reivindicações do grupo. Naquele momento, após quase oito meses de pandemia, ainda não havia um posicionamento claro do retorno das atividades. 

 

"O maior impacto para a gente é em relação ao emprego. Todos os componentes dessa cadeia produtiva estão prejudicados, alguns realmente passando fome. É desesperador. Já estamos zerando nossas economias e seguimos procurando ajudar todas essas pessoas. É hora de parar, pensar e criar um plano de retomada", pediu Britto (assista aqui).

 

Dois dias depois, em oito de outubro,  cantor Wesley Safadão fez um apelo, “por todo uma classe prejudicada”, no qual trabalham profissionais ligados a eventos culturais e shows. No registro, com imagens de apresentações, etapas de produção e manifestações, o cantor pediu a retomada das atividades da categoria (veja aqui).

 

Na ocasião, estava em vigência a terceira fase na Capital que autorizava apenas a volta dos shows voz e violão nos bares e restaurantes. No entanto, apresentações com bandas continuaram proibidas. “Banda está proibido. Show com banda é sem cogitação. Nem banda eletrônica e nem de percussão. Voz e violão é uma pessoa cantando e tocando ou uma pessoa cantando e outra tocando violão. Acima disso, é banda”, disse ACM Neto (relembre aqui).  

 

Com isso, lidando com as proibições, mas sem um plano claro de auxílio há quase um ano, um grupo de empresários da Bahia desembarcou em Brasilia-DF no dia nove de fevereiro para apoiar o movimento nacional na missão de aprovar o PERSE (Programa Emergencial de Retomada do Setor de Eventos) (veja aqui).

 

Dois dias depois, profissionais de eventos do Estado fizeram uma manifestação em frente ao Shopping da Bahia (aqui) e mais tarde o cantor Xanddy fez um longo desabafo nas redes sociais. Em entrevista ao Bahia Notícias, ele detalhou o que motivou aquela atitude.

 

"Enquanto pessoa física já ajudei tudo que pude a todos de minha equipe e até outros de fora. A empresa - enquanto pessoa jurídica - também fez muito dentro do possível. Penso que, principalmente aqui na Bahia, os músicos são molas propulsoras para muitas coisas, somos a cidade da música e reconhecida pela Unesco. Então, não ter um olhar cuidadoso para esta classe; um amparo financeiro mesmo, uma coisa organizada, é muito difícil de digerir. Para mim fica um ar de abandono. Sei que vários outros setores estão sofrendo, mas eu posso falar pelo meu”, reforçou (leia aqui).

 

Somente na última quarta-feira (3), a Câmara dos Deputados aprovou o Projeto de Lei 5638/20, que cria o Programa Emergencial de Retomada do Setor de Eventos (Perse). A matéria foi enviada ao Senado.

 

Para esse projeto serão beneficiadas empresas de hotelaria em geral; cinemas; casas de eventos; casas noturnas; casas de espetáculos; e empresas que realizem ou comercializem congressos, feiras, feiras de negócios, shows, festas, festivais, simpósios ou espetáculos em geral e eventos esportivos, sociais, promocionais ou culturais, além das entidades sem fins lucrativos (veja aqui).

Covid afastou planos de casamento de Sabrina Santo e Duda Nagle
Foto: Reprodução/ Instagram

Sabrina Sato contou em participação a hora do faro que seu casamento com Duda Nagle foi freado por conta do Covid-19. 

 

A apresentadora contou que ainda sonha em chegar ao altar usando um vestido de noiva. O casal, que está junto desde 2016, tem Zoe. A menina completou 2 anos em novembro.

 

"Sou muito família. É claro que eu quero casar com o Duda, que eu tenho esse sonho de querer entrar com vestido na igreja, fazer um casamento lindo. Mas esse período agora tirou um pouco disso. Como a gente vai fazer uma festa? Como a gente vai reunir os amigos?", disse ela.
 

Sexta, 05 de Março de 2021 - 21:00

Jorge e Matheus elogiam voz de Juliette do BBB21

Jorge e Matheus elogiam voz de Juliette do BBB21
Foto: Reprodução/ Instagram

Maquiadora, cabeleireira e cantora, além de um bom coração, a sister Juliette é cheia dos talentos. A voz da paraibana já chamou atenção até da dupla Jorge e Matheus. Anteriormente, ela já tinha sido notada por Luan Santana.

 

Nesta sexta-feira (5), a dupla sertaneja resolveu elogiar a maquiadora. "Canta muito @juliette.freire ao som de Aí Já Era", dizia post no perfil oficial da dupla sertaneja, publicando um vídeo da sister soltando a voz. 

 

Em conversa com os brothers na casa, a advohada falou ter medo da carreira e metas profissionais de quando sair do BBB21.Enquanto se arrumava para a noite de paredão, ela conversava com Sarah e disse acreditar que terá dificuldade para administrar sua carreira.

 

"Acho que pra mim vai ser complicado. Pra você, não. Você trabalha com marketing, então acho que vai ser tranquilo. Aqui você se mostrou criativa, assertiva... Pra uma pessoa que quer assumir um cargo público, não sei se rola mais, não. Mas se não der, não deu. Nem que eu faça [o concurso] só pra passar e saber que eu passei", comentou a paraibana.

 

Sarah, então, apoiou a amiga: "Você vai ser a delegada mais famosa do Brasil". Brincando, a advogada comentou que pelo menos os ladrões vão conhecer sua personalidade: "Vão saber que sou brava".

Caetano Veloso toma primeira dose e aproveita para conscientizar sobre vacina
Foto: Reprodução/ Instagramh

Caetano Veloso recebeu a primeira dose da vacina contra Covid-19 na última quinta-feira (4). No rio de Janeiro, a fase de imunização já chegou a idade do cantor. No twitter, ele fez uma postagem celebrando o fato. 


"Chegou a data para os da minha idade, tomei a vacina. Primeira dose. Oxford/AstraZeneca. Sempre acho que vacinar-se é o certo. Em três meses tomo a segunda dose", escreveu o artista.

Sexta, 05 de Março de 2021 - 19:24

Com Fernanda Gentil, novo Se Joga tem formato semelhante ao extinto Vídeo Show

por FolhaPress

Com Fernanda Gentil, novo Se Joga tem formato semelhante ao extinto Vídeo Show
Foto: Reprodução/ Instagram

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Um ano após ser suspenso para dar espaço à cobertura jornalística do novo coronavírus, o Se Joga retorna na tarde deste sábado (6) com várias mudanças.

Além de não ser mais diário, o programa está sob o comando de Fernanda Gentil, 34 -Érico Brás, 41, segue na atração, mas longe do estúdio, em entrevistas e quadros externos, e Fabiana Karla, 45, que compunha o trio de apresentadores iniciais, deixou o projeto.

"O programa volta totalmente repaginado. A temporada 2021 vem com a proposta de ser mais intimista, real, próxima e quente", diz Gentil. O cenário também está diferente, "aconchegante e clean", segundo divulgado pela Globo.

Saem as esquetes de humor e games, e entram entrevistas, homenagens e bastidores. "A pandemia já não permitiria que a gente mantivesse o mesmo formato de games, e entendemos que o momento pede alguns tons abaixo do que o que era antigamente", revela a apresentadora.

Segundo antecipado pela Globo, o novo Se Joga tende a ser mais parecido com o extinto Video Show (1983-2019) ao ter a proposta de mostrar o que acontece atrás das câmeras, erros de gravações e spoilers de cenas de novelas. Na estreia, Fernanda Gentil entrevista o casal Sandy e Lucas Lima, sobre carreira, pandemia e família -vale lembrar que a apresentadora já declarou ser muito fã da cantora.

O ator Thiago Fragoso também participa da atração e fala sobre "Salve-se Quem Puder", novela que volta ao ar em 22 de março. "Vai mostrar bastante os bastidores da Globo, que é um conteúdo de que o público gosta, gera muita curiosidade", diz Fernanda Gentil. Sucesso na Globo, o BBB 21 vai marcar presença na atração, com os melhores momentos da semana e flashes da casa mais vigiada do Brasil.

Perguntada sobre a mudança de horário e dia da semana do Se Joga, Fernanda Gentil afirma que vê a alteração como "sensata" e em acordo com o que o momento pede. "O jornalismo cumpre um papel fundamental sempre, e em tempos de pandemia, mais ainda. Era natural que o Se Joga abrisse espaço para o Jornal Hoje ir até um pouco mais tarde."

Embora oficialmente o argumento para a suspensão do Se Joga tenha sido priorizar a cobertura jornalística do novo coronavírus, é fato que a atração não tinha emplacado nas tardes da Globo. Outros programas como o Encontro com Fátima e o Mais Você foram suspensos no início da pandemia, mas voltaram à grade da emissora com grande parte das entrevistas e participações feitas de forma remota.

A primeira versão do Se Joga estreou em setembro de 2019. A ideia era reverter as perdas sucessivas de audiência da Globo para o quadro de fofocas A Hora da Venenosa, do Balanço Geral SP, da Record. Nos cerca de seis meses que ficou no ar, porém, o programa da Globo não conseguiu estancar a sequência de derrotas para a concorrente -o que só foi possível com a extensão do Jornal Hoje.

No período, o Se Joga alcançava de 8 a 9 pontos na Grande São Paulo, principal praça de medição de audiência no país -cada ponto em 2020 equivalia a 74.987 casas. Com o aumento de seu horário, o Jornal Hoje chegou a registrar 15 pontos, e tem marcado 12, superando a Record, o que levou a emissora carioca a seguir com o noticiário em versão estendida -o JH vai ao ar de segunda a sabado, das 13h25 às 15h.

SAÍDA DE FABIANA KARLA

Fabiana Karla, 45, diz que aprendeu muito no Se Joga e que sempre teve consciência de ser uma peça estratégica na Globo. "O formato que o programa está voltando não comporta que eu esteja no projeto. Mas, ao mesmo tempo, eles me convidaram para o Falas Femininas [atração especial da emissora dedicada ao Dia Internacional da Mulher], que foi incrível. Estou divulgando o meu filme [Lucicreide Vai pra Marte], e estou de dedos cruzados, torcendo para que o Se Joga seja muito mais sucesso."

A atriz e humorista destaca que se apaixonou pela função de comandar um programa e que está no aguardo do que a emissora lhe reserva para o futuro. "Se vier algum projeto como apresentadora, estarei feliz da vida." Ela afirma ter como grande inspiração Regina Casé. "Gosto muito dos programas que ela faz, da forma como ela se comunica, dessa proximidade que ela tem com o povo", diz.

Responsável por quadros e entrevistas fora do estúdio, Érico Brás também se diz satisfeito em sua nova função. "Tenho participado da construção de quadros e matérias, estou adorando comandar essa parte. Curto muito fazer e acho que abre um leque de possibilidades para o programa."

Já Fernanda Gentil afirma que recebeu a notícia de apresentar o Se Joga sozinha como um sinal de confiança da Globo. "Meu foco agora é trabalhar muito, me concentrar, mergulhar no programa para corresponder à expectativa", afirma.



SE JOGA

Quando Aos sábados, das 15h15 às 16h

Onde Globo

Sexta, 05 de Março de 2021 - 19:00

Prior quer processar Nego Di após calunias no BBB21

Prior quer processar Nego Di após calunias no BBB21
Foto: Reprodução/ TV Globo

Em entrevista ao Flow Podcast, Felipe Prior afirmou que tem planos de processar Nego Di sobre algumas falas em relação ao seu nome durante o Big Brother Brasil 21. 


No programa, Nego Di afirmou que o arquiteto era um exemplo de erro e oportunidade fora do reality. Ele também comentou sobre as acusações de estupro envolvendo Prior e sobre a inocência dele. 

 

"Eu não vou dar mídia pra ele. O que ele quer é que eu pegue e brigue na internet. E eu não vou, cara!. Meus advogados, na hora certa, vão saber o que fazer, e pronto acabou", disse Prior
 

Sarah do BBB21 é cancelada após dizer gostar de Bolsonaro
Foto: Reprodução/ Instagram

Sarah Andrade dividiu opiniões na web após relatar gostar do presidente Jair Bolsonaro. Em papo na última quinta-feira (4) com João, Gil, Fiuk, Thaís e Viih, os brothers pensavam o que poderia estar rolando fora da casa como um impeachment. Foi ai que Sarah soltou: Não do nosso, eu gosto dele!", completou a sister.

 

"Acabou o amor", publicou João Vicente, que chegou a dizer que estava apaixonado por Sarah. "Uau. Isso que é máscara caindo. Estou triste", disse Cleo, que completou: "E aqui no Twitter vemos que as pessoas ainda não entenderam que você pode ser racista e ter amigos pretos, você pode ser LGBTfóbico e ter amigos LGBTQIA+, você pode ser misógino e gostar de mulher".

 

Felipe Neto também se manifestou no Twitter. "Sou contra cortar laços só por opinião política. Temos que conviver com a diferença. Agora, se a pessoa gosta de um fascista genocida diretamente responsável por 260 mil mortes, defensor de tortura e ditaduras... Aí não é 'opinião política diferente', é desumanidade", escreveu ele. "Gostava tanto de você...", escreveu Gagliasso. "Estrategista do BBB21 abaixa demais e deixa o bolsonarismo à mostra. Tchau, Sarah. Larguei sua mão", falou Fernanda Paes Leme.

 

"Sarah é a Marcela da edição. Era favorita mas se envolveu com homem errado", publicou Marcelo Adnet, que relembrou que a ginecologista era uma das favoritas do público até se relacionar com Daniel no BBB20. "Não dá pra passar pano pra quem gosta dele.. Quem mais se decepcionou com a Sarah? Estava fazendo campanha, torcendo! Não estou acreditando que virei #ForaSarah", disse Nanda Costa. 

 

A assessoria de Sarah se manifestou em nota: "simpatizar e apoiar são palavras com significados distintos", e comparou o cancelamento de Sarah ao sofrido pelo ator Lucas Penteado, 24, dentro do reality "por comportamentos que não o definem".

"Sobre o cancelamento, é um direito das pessoas. Afinal vivemos numa sociedade democrática e as redes sociais são um espaço de comunicação utilizado por muitos como um meio de se manifestarem propagando ideias que não sustentariam."

"Responsabilidade com as palavras empregadas e respeito com ideias contrárias às nossas deveriam permear as relações humanas", continua. "Só podemos lamentar sobre a cultura do cancelamento e refletir como temos muito a melhorar como sociedade."

Andressa Ferreira expõe print de mensagem de ex de Thammy: 'essa pu**'
Foto: Reprodução/ Instagram

Nesta quinta-feira (4), Andressa Ferreira usou seu perfil no Instagram e postou uma suposta ex-namorada do marido, Thaymmy. Nos stories, a modelo conta que ele enviou mensagens para ele relembrando momentos que aconteceram no passado. 

 

"Gente, eu tenho o Instagram do meu marido logado no meu celular porque não temos nada a esconder um do outro, temos essa confiança. E, aí, chegou uma mensagem de uma ex dele, eu vi na hora. Ela escreveu o seguinte: 'vou apagar antes de sua mulher ver, porque Deus me livre, né?", disse Andressa. 

 

No print exposto, a mãe de Bento até xingou a moça. "Não vou expor o @ pra não dar audiência pra essa puta", escreveu. 

 

"Esse tipo de mulher que destrói várias famílias por aí, que não respeita o relacionamento dos outros, nunca será valorizada. Aqui é uma família blindada por Deus, nosso amor é construído por uma base bem forte. Não temos segredos um para o outro", finalizou o desabafo. 

 

Após parceria com Léo Santana, Vitão lança música solo 'Pensa'; confira
Foto: Divulgação

Após a aposta do verão com a música "SAMU" em parceria com Léo Santana (relembre aqui), o cantor Vitão lançou, nesta sexta-feira (5), "Pensa", primeiro single solo de 2021, que já está disponível nas plataformas digitais. A canção vem após a era “Ouro” - nome do primeiro álbum de estúdio do cantor que conquistou 130 milhões de streams e teve nove faixas no TOP 200 do Spotify Brasil na semana de lançamento.

 

Com composição de Vitão e Los Brasileros, “Pensa” marca uma nova fase do artista, que quer trazer assuntos diferentes, baseados no que viveu durante o último ano. “O objetivo dessa música é passar a mensagem de que devemos agir mais com o coração e não cair em armadilhas que nossa cabeça monta. O último ano foi de muito aprendizado, então resolvi escrever essa música como uma mensagem para mim também. Pela primeira vez, escrevi uma música que dizia o que eu queria que me falassem em alguns momentos que passei”, contou.

 

O clipe, que teve direção de Phill Mendonça e realização da produtora Clã Filmes, aposta nas representações poéticas, em cenários cercados por natureza. “Eu tinha adquirido muito aprendizado e estava em um processo de transformação. Contei tudo isso pro Phill, que já era alguém que eu queria trabalhar há um tempo”, explicou. Assista:

 

Sexta, 05 de Março de 2021 - 13:05

Curtas e Venenosas

por Natália Comte

Curtas e Venenosas

*Bom, a gente não pode dizer que a TV Bahia não está tentando correr atrás do prejuízo;

 

*Cansada da surra na audiência, agora a afiliada conseguiu até derrubar o Jornal Hoje e ficar mais de três horas no ar;

 

*A justificativa foi para acompanhar as altas de caso de Covid na Bahia;

 

*Mas na prática, o que se diz nos bastidores é que serviu de teste para ver se conseguem se aproximar da Itapoan no horário. Parece que a Globo quer transformar o JH em atração local, pois não tem força fora de São Paulo e Rio de Janeiro;

 

*Então, de fato a audiência deu uma subida, mas ainda seguiu perdendo;

 

*Isso não quer dizer que foi a melhor solução. Já que com mais de três horas no ar, o que vimos foram as mesmas pautas sendo requentadas ao longo da tarde;

 

*Nem o esforço de Vanderson e Jelzinha em alertar a população para os riscos e lotação dos hospitais surtiram efeito;

 

*Sem falar que a minha rotina de desligar a TV às 13h - quando começa o Globo Esporte -, almoçar e retornar depois para ver a Maju no Jornal Hoje foi interrompida e sem ao menos perguntarem a nossa opinião;

 

*A sensação que dá é que estávamos presos eternamente na Caverna do Dragão com o BMD no ar até metade da tarde;

 

*Já dava até para mudar o nome para Bahia Metade do Dia;

 

*Nem tinha percebido que Sodake estava de férias. Cheguei até a pensar que a ida de Camilinha para o BATV fosse uma decisão definitiva;

 

*Inclusive não se fazer presente na ausência é um sinônimo de perigo nos tempos atuais. Abra o olho;

 

*Preciso confessar que tenho dificuldade em distinguir os Timbós. Na minha cabeça, os dois ficavam alternando o comando daquela banda de partido-alto e a apresentação do Mosaico;

 

*Mas fui informada que além de professor, médico, advogado, comunicador, dourando e ex-apresentador da TV Bahia, Alessandro resolveu se especializar em exposeds na internet;

 

*Essa semana, após ser xingado por um seguidor, ele resolveu fazer toda uma análise da pessoa, expondo seu nome, foto e, inclusive, reforçou que é integrante da Polícia Militar;

 

*Obviamente, até por seu entendimento no Direito, Timbózinho recorreu ao Artigo 140 para se justificar, mas fica aí o questionamento até onde esse "briga" irá;

 

*De toda forma, acho que surtiu efeito, já que foi notado pelo Coronel Coutinho da Polícia Militar e vai rolar até um encontro para conhecer mais o trabalho deles. A paz foi selada?;

 

*Tomei até um susto quando vi Miguell Falabella sugerindo Tia Má para o comando do Vídeo Show;

 

*Não pela escolha da baiana, mas por não imaginar que a Globo queria voltar com o programa. Depois vi que é só uma vontade do veterano. Basicamente uma especulação de mercado;

 

*Já tava imaginando Mairinha, com aquele linguajar característico quase preso, metendo pau nas coisas da Globo. Sem falar nas análises profundas;

 

*Agora vejo como a Simaria não é boba. Entendendo que o Brasil está se afundando com a Covid-19, a coleguinha não só comprou uma casa na Espanha, como abriu um restaurante por lá;

 

*Ela já está garantindo o futuro, já que por aqui ninguém sabe se esse futuro como era no passado existirá novamente;

 

*Sua irmã, Simone, por exemplo, garantiu a nacionalidade norte-americana da sua filha Zaya. É a chance de conseguir uma vacina mais rápido, né minha filha?

 

*Não julgo. Faria o mesmo. A diferença é que nunca tive vocação nem vontade de ser mãe;

 

*Quando eu digo que já dá para montar um banda teen só com os descendentes baianos que estão pelos EUA, o povo diz que sou maldosa;

 

*Mas nessa leva já tem a filha de Simone, da Bagaceira, do Visconde e os rebentos de Xanddynho;

 

*Pelo menos nisso tudo, tivemos a saída de Lumena do BBB que já alivia um pouco a imagem da Bahia;

 

*Em dois dias aqui fora, a baiana já demonstrou mais simpatia do que em todo o tempo de sua trajetória no programa;

 

*Vou sugerir à direção da Globo nomes que podem ser uma boa aquisição para melhorar a referência da Bahia no BBB 22;

 

*Por exemplo, corta de vez o nome de Pugliesi, seja em Camarote ou Pipoca, para futuras edições. Não dá mais. A gente não precisa passar esse tipo de raiva vendo TV;

 

*Ela foi batizada como a embaixadora da Covid logo no início; depois fez festa, foi "cancelada", sumiu da internet, voltou, pediu desculpas e agora vai para a academia sem máscara no pior momento da pandemia;

 

*Francamente, tem gente que não muda nem quando o mundo está desabando. E olhe que nesse caso, até a vida pessoal dela não está "mara";

 

*Pronto, finalmente o setor de eventos terá alguma coisa nessa pandemia com a aprovação do Programa Emergencial de Retomada do Setor de Eventos (Perse);

 

*Será que agora os donos dos camarotes - que adoram cobrar fortunas nas festas - irão parar de chorar nas lives por aí?

 

*Parece até obrigação, mas uma vez por semestre, Safadão está envolvido em alguma confusão por composição. Dessa vez, o cabra tá querendo mais de R$ 4,5 milhões por danos morais e materiais;

 

*Deve ser por isso que ele lançou um reality só com compositores. Assim já assina o contrato do seu jeito e evitará futuras dores de cabeça;

 

*A gente fala de tudo da Rainha Má(la), menos que ela não abre a boca quando algo a incomoda;

 

*Mais uma vez, ela teceu críticas ao governo do Capitão. "Não queremos armas, nem exército. Queremos vacinas e médicos!". Recado está dado;

 

*Enquanto isso, outras ficam só dando indiretas em momentos oportunos;

 

Saiba quem são as personalidades citadas aqui:


Bagaceira                                Claudia Leitte

Visconde                                   Saulo Fernandes
Rainha Má(la)                            Daniela Mercury
Capitão                                      Jair Bolsonaro

 

* Mandem sugestões de curtas para o Sabe o que eu acho? Ou me procurem no Facebook: Natália Comte. Para os desesperados, tem a opção de falar comigo pelo e-mail nataliacomte@bahianoticias.com.br

Dupla de Hudson, Edson é internado com Covid-19 após agravamento do quadro
Foto: Divulgação

O cantor Edson, que faz dupla com Hudson, foi levado para um hospital particular na cidade de Indaiatuba, em São Paulo, após ser diagnosticado com Covid-19. De acordo com informações da assessoria, inicialmente, o sertanejo apresentou sintomas leves da doença e estava se tratando em casa. Porém, teve um agravamento do quadro e foi para a unidade de saúde. O estado de saúde "é estável até o exato momento".

Cantor Edson | Foto: Divulgação

Edson, de 46 anos, é casado com a apresentadora e influencer Deia Cypri. Os dois são pais de Bella, de um ano e nove meses. Em entrevista para a Quem em outubro de 2020, ele falou como estava enfrentando a pandemia. “A quarentena está fazendo o povo mudar (risos). Nós moramos em Indaiatuba e temos uma chácara em Limeira, que está reformando. Aproveitamos esse período de tempo para mudar tudo por lá. Vai ficar bem legal, eu acompanho de perto a obra junto com a Deia. Hoje, estando mais em casa, podemos fazer coisas que antes seria quase impossível por conta de agenda”, afirmou.

 

Nesta quinta-feira (4), a dupla comemorou em suas redes sociais a aprovação do Programa Emergencial de Recuperação do Setor de Eventos (PERSE), que trata de um apoio à classe que está paralisada desde o início da pandemia (veja aqui). "É fundamental para o setor de eventos, porque mantém o setor vivo. Se as empresas conseguirem se manter durante a pandemia, milhares de profissionais de eventos voltarão a trabalhar", lembraram. Confira:

Sexta, 05 de Março de 2021 - 11:50

Taís Araújo será entrevistada no Roda Viva no Dia Internacional da Mulher

por Folhapress

Taís Araújo será entrevistada no Roda Viva no Dia Internacional da Mulher
Foto: Divulgação

Taís Araújo, 42, será entrevistada no Roda Viva, da TV Cultura, na próxima segunda-feira (8), ocasião em que é celebrado o Dia Internacional da Mulher. Além da convidada e da apresentadora, Vera Magalhães, toda a bancada será formada por mulheres.

Entre as entrevistadoras estarão Adriana Couto, jornalista e apresentadora do programa Metrópolis, Paola Deodoro, editora de beleza da Marie Claire, Paula Mageste, diretora-geral da Edições Globo Condé Nast, Claudia Lima, pauteira do programa Saia Justa, e Cristina Padiglione, colunista da Folha de S.Paulo e do jornal Agora.

O único homem presente será o cartunista Paulo Caruso, que costuma fazer as charges durante o programa. A atração vai ao ar a partir das 22h. Além de na TV, é possível conferir o bate-papo no site da emissora, no Twitter, no Facebook, no YouTube e no LinkedIn.

No ar em "Amor de Mãe" (Globo), Taís é uma das atrizes mais influentes do momento e costuma usar a própria voz para falar sobre a igualdade de direitos. Em 2017, ela foi eleita uma das 100 personalidades afrodescendentes mais influentes do mundo.

Ela é formada em jornalismo, mas foi capturada pelas artes. Fez "Tocaia Grande" e estrelou "Xica da Silva", na Manchete, antes de migrar para a Globo. Na emissora, foi a primeira protagonista negra de uma novela, em "Da Cor do Pecado", e de uma novela da faixa das 21h, em "´Viver a Vida", além de ter feito sucesso em diversos outros papéis.

Além de atrair milhares de seguidores nas redes sociais, ela também tem investido na apresentação de programas. Ela já comandou o show de talentos Pop Star, na Globo, e o programa Superbonita, do canal pago GNT.

Assessor de Leonardo morre após ser atingido por tiro em fazenda do cantor
Foto: Reprodução / Instagram

Assessor do cantor Leonardo, Nilton Rodrigues, conhecido como Passim, morreu atingido por um disparo de arma de fogo nesta quinta-feira (4) na fazenda Talismã, de propriedade do artista, localizada em Jussara, no noroeste de Goiás. Ele trabalhava no meio artístico há 30 anos.

 

A assessoria de imprensa do cantor informou que a morte foi acidental. Segundo a Polícia-Técnico Científica (PTC), a vítima foi atingida por disparo de arma de fogo e a Polícia Civil vai apurar o caso. De acordo com o G1, equipes de Perícia Criminal e de Medicina Legal fizeram a perícia no local e no corpo com o objetivo de fornecer suporte técnico-científico às investigações da polícia.

 

Filho do artista, o cantor Zé Felipe postou vídeo com Passim em sua rede social nesta noite e disse que "não dá para acreditar" na notícia. No vídeo, o sertanejo pede para que o amigo nunca morra. "Se você morrer, eu desenterro você e ponho em pé de novo", disse. Veja:

Com Rodolffo líder, entenda como será a formação do paredão falso do BBB 21
Foto: Reprodução / Globo

Na noite desta quinta-feira (4), o cantor Rodolffo venceu a Prova do Líder do Big Brother Brasil 21. Contudo, por se tratar de um paredão falso, o apresentador Tiago Leifert adiantou como será a dinâmica dos próximos dias e adiantou que ele terá duas semanas de imunidade. De início, o sertanejo levou dividiu a casa igualmente entre VIP e xepa. Para a parte mais confortável, ele levou Caio, Sarah, Gilberto, Juliette, Viih Tube e João Luiz. Já Projota, Arthur, Carla Diaz, Camila de Luccas, Fiuk, Pocah e Thaís ficaram na parte com menos recursos alimentícios.

 

"No domingo, nesta ordem, o Líder vai ter indicar alguém da Xepa primeiro, depois o Líder vai ter que indicar alguém do VIP. Esse ou essa Líder não vai ficar sabendo disso, só na hora. Aí teremos o mais votado da casa, depois contragolpe do indicado da Xepa e contragolpe do indicado do VIP. Jogam a Prova Bate e Volta: o mais votado da casa e os dois contagolpes. Os indicados do Líder nunca jogam a Bate e Volta. Um se salva, e a gente forma um Paredão Falso Quadruplo, que será resolvido na terça-feira", detalhou o apresentador.

 

Neste paredão todos os indicados participarão da próxima Prova do Líder, que será dia 11 de março. A pessoa que foi mais votada pelo público, vai sair da casa para um quarto secreto e ganhará a possibilidade de vetar o desejo do anjo de imunizar alguém. O recurso será utilizado uma vez em um prazo de duas semanas.

"Quem ficar em segundo, escapa do veto na Prova do dia 11, o terceiro também escapa do veto e quem ficar por último, nesta votação, ganha voto com peso 2 quando for ao Confessionário. O voto vai acabar valendo dois. Não pode votar em duas pessoas, é a mesma pessoa, mas vale dois. Também em um prazo de duas semanas para usar esse prêmio", concluiu Leifert.

Alta da Covid: Globo adia estreia de novela e Império voltará ao ar após Amor de Mãe
Foto: Reprodução / Globo

A Globo anunciou nesta quinta-feira (4) que adiou -mais uma vez- a estreia da novela "Um Lugar ao Sol". A trama de Lícia Manzo entraria no ar após o encerramento de "Amor de Mãe", previsto para abril. No entanto, o agravamento da pandemia fez a emissora voltar atrás.

Com isso, a novela "Império", exibida originalmente em 2014, vai ocupar a faixa das 21h novamente. Trata-se da segunda novela de Aguinaldo Silva a voltar ao ar por causa das restrições ocasionadas pela Covid-19. A primeira foi "Fina Estampa", de 2011, que foi reexibida no ano passado.

A novela, que venceu o Emmy Internacional, conta a história de José Alfredo de Medeiros, o comendador. Ele é interpretado por Chay Suede na juventude e por Alexandre Nero na fase madura. O personagem é um pobre que faz fortuna com pedras preciosas e se torna dono de uma rede de joalherias.

O elenco tem ainda nomes como Lilia Cabral, Mariana Ruy Barbosa, Marjorie Estiano, Drica Moraes, Caio Blat, Andreia Horta, Daniel Rocha, Leandra Leal, Rafael Cardoso, Paulo Betti, Zezé Polessa, Nanda Costa, Vanessa Giácomo, Ailton Graça, Viviane Araújo e Cris Vianna, entre outros.

A Globo diz que a decisão foi tomada por causa do decreto da Prefeitura do Rio de Janeiro, anunciado nesta quinta, que fará com que as gravações tenham que diminuir o ritmo. "Os Estúdios Globo, que já seguiam num ritmo de produção menor do que o habitual, por conta de todas as precauções do protocolo de segurança, diminuirão ainda mais", afirma comunicado da empresa.

Outras produções impactadas são as das séries "Segunda Chamada" e "Aruanas", que ocorreriam em São Paulo. A emissora diz que as gravações de ambas estão adiadas e serão reavaliadas semanalmente de acordo com as determinações da prefeitura.

Já as tramas das 18h e das 19h seguem sem mudanças. No momento, na primeira faixa está sendo reexibida a novela "A Vida da Gente", de 2011, enquanto na segunda está chegando à reta final a novela "Haja Coração", de 2016. Quando esta última terminar, deve voltar ao ar a novela "Salve-se Quem Puder", que foi paralisada em 2020, desde o início.

PANDEMIA NO BRASIL
O Brasil registrou 1.786 mortes pela Covid-19, nesta quinta-feira (4). Pelo 6º dia consecutivo, o Brasil bateu o recorde de média móvel de óbitos, 1.361. O país completa 43 dias com média móvel de mortes acima de 1.000. O recorde anterior da média é de 1.332. O número de mortes registrado nesta quinta é o segundo mais elevado, atrás somente dos óbitos da última quarta (3), 1.840.

O alto número de mortes é acompanhado por alta contaminação. Foram registrados 74.285, terceiro maior número de toda a pandemia, atrás apenas das 74.376 infecções registradas na última quarta e ao recorde do dia 8 de janeiro, com 84.977 infecções, no qual ocorreu uma revisão de dados do Paraná que elevou artificialmente o dado geral de casos do país.

Dessa forma, o total de mortes chegou a 261.188 e o de casos a 10.796.506, desde o início da pandemia. O Brasil enfrenta o pior momento da pandemia, com situações críticas em todas as regiões do país e até mesmo colapsos em algumas áreas. Os níveis de ocupação de UTIs estão acima de 90% em diversas capitais.

Sexta, 05 de Março de 2021 - 00:00

Crise no setor de eventos trava concessão de Pituaçu à iniciativa privada

por Matheus Caldas

Crise no setor de eventos trava concessão de Pituaçu à iniciativa privada
Foto: Leandro Aragão / Bahia Notícias

A ideia de conceder o estádio de Pituaçu à iniciativa privada travou devido à pandemia (leia mais aqui). De acordo com o secretário de Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre), Davidson Magalhães (PCdoB), o arrefecimento do plano tem um motivo principal: o impacto sofrido pelo setor de entretenimento com a pandemia da Covid-19. O setor era o principal interessado na concessão do equipamento.

 

“A gente tinha acelerado uma solicitação do governador [Rui Costa (PT)], mas, em função da própria pandemia, outros assuntos entraram em pauta. Esta área de eventos foi a que mais sofreu neste período. O tema acabou saindo de uma pauta imediata que estava posta”, explica, em entrevista ao Bahia Notícias.

 

De acordo com o titular da Setre, a gestão estadual recebeu consultas e propostas de setores empresariais interessados em explorar não só o estádio, mas também o estacionamento da praça esportiva, o antigo espaço para shows Bahia Café Hall, e o Parque de Pituaçu. Para o secretário, o assunto pode ser retomado quando houver a recuperação econômica do país no pós-pandemia. “Hoje, todos estão mais envolvidos na questão da pandemia. Isto acabou centralizando os esforços de governo e do país, exceto do presidente [Jair Bolsonaro]. Fora esse maluco, está todo mundo de olho nestas condições que não são nada fáceis”, prevê.

 

Segundo Davidson, num momento de crise, não é viável realizar uma concessão pública desta magnitude. “Hoje eu acho muito difícil, porque precisaria retomar esta atividade econômica para que possamos voltar a fazer este debate. Só se pode fazer uma política desta quando houver uma situação econômica boa, porque, se não, todos estes ativos ficam depreciados”, conclui.

 

O estádio foi completamente reformado durante a gestão do ex-governador e atual senador Jaques Wagner (PT). Na época, o então diretor da Superintendência dos Desportos do Estado da Bahia (Sudesb), deputado estadual Bobô (PCdoB), captou R$ 22 milhões para a obra. O estádio teve sua capacidade aumentada de 16 mil para 34 mil lugares. 

 

A reforma foi realizada após o desmoronamento da antiga Fonte Nova, em 2007. Após a entrega, o Bahia passou a realizar o mando de campo no Pituaçu até a reinauguração do principal estádio da Bahia, em 2013, para os jogos da Copa das Confederações e da Copa do Mundo.

 

OUTROS ESPAÇOS
O Parque de Pituaçu abriga ainda o Espaço Mário Cravo e o Parque das Esculturas, que estão em processo avançado de deterioração por falta de investimentos (veja aqui). Em 2017, o então titular da Sema, Geraldo Reis, disse que o parque passaria por uma "grande intervenção", com investimento de R$ 17 milhões. A Secretaria de Cultura, que também teria atribuições por causa da área dedicada ao artista plástico, não se manifestou à época. Mário Cravo Jr. morreu em agosto de 2018, aos 95 anos (leia mais aqui).

 

DISPUTA JUDICIAL
O Bahia Café Hall recebia eventos até 2015, mas foi fechado depois de um processo judicial de reintegração de posse movido pelo Governo do Estado (entenda aqui). A disputa pelo espaço começou em 2010, quando a Caixa Econômica Federal avaliou que os R$ 7 mil pagos pelo aluguel do espaço era um valor baixo e deveria sofre reajuste para, no mínimo, R$ 39 mil. O governo então considerou que os locatários ocupavam o espaço de forma irregular e cobrou cerca de R$ 2,2 milhões.

 

Em 2014, o então gestor do Bahia Café Hall propôs pagar R$ 40 mil de aluguel, mas a gestão estadual não aceitou o acordo. 

 

Com uma área de mil metros quadrados, o Bahia Café Hall tem capacidade para abrigar até 2.200 pessoas e era considerada uma das principais casas de show de Salvador. À época do fechamento, circulou a informação de que o objetivo do governo era transformar o local em um espaço multicultural do estado.

 

O QUE EVOLUIU?

No final de 2019, o governo do estado lançou um edital de licitação para a contratação de uma empresa de engenharia para realizar as obras de manutenção de Pituaçu (leia mais aqui).

 

"Na verdade, todo ano nós temos que fazer essa reforma, porque há um desgaste natural do próprio estádio. A manutenção é para criar as condições que tornem aquela área atrativa para o processo de concessão", afirmou Davidson em entrevista ao programa "Isso é Bahia", da rádio A Tarde 103,9 FM, com Fernando Duarte e Jefferson Beltrão, em dezembro de 2019.

 

Entre 2015 e 2019, o governo baiano gastou R$ 2,1 milhões na manutenção preventiva e corretiva do Pituaçu. O valor, obtido pelo BN  por meio de Lei de Acesso à Informação (LAI), revela que o custo  gerado pela administração própria demandou 11% de toda a verba empenhada pelo governo em reformas e construção de estádios na Bahia no período  (R$ 19 milhões). 

 

E ATUALMENTE?
Por conta da reinauguração do hospital de campanha na Arena Fonte Nova, o Bahia adotou novamente Pituaçu como seu mando de campo. No ano passado, o estádio recebeu jogos da fase final da Copa do Nordeste, que teve o Ceará como campeão na grande final contra o Tricolor baiano.

 

Outra equipe que manda jogos na praça esportiva é o Jacuipense. O time, de Riachão do Jacuípe, na Bacia do Jacuípe, atualmente treina no Fazendão, ex-centro de treinamento do Bahia. Por conta da logística, o Leão do Sisal vem optando por atuar em Salvador.

Nego Di quebra contrato com a Globo e pode pagar multa de R$ 1,5 milhões
Foto: Reprodução/ TV Globo

Em entrevista a Jovem Pan, o Nego Di colocou a boca no trambone e falou sobre o rompimento de contrato com a TV Globo.O ex-participante do BBB21 não gostou do tratamento dado pela emissora a ele após a eliminação. Ele comparou a saída dele com as saídas de Karol Conka e Lucas Penteado. 

 

Em entrevista, ele retoma que fora da emissora tem recebido mais espaço. “Os caras não me deram espaço. Eu tenho que ir aonde a galera está me acolhendo, fazer meu contraponto. Eu tenho que aproveitar, ganhar dinheiro e mostrar meu trabalho”, disse o humorista.

 

“Se eles me processarem, a multa pela quebra de contrato é R$ 1,5 milhão, só que eu não tenho nada. Então tá tudo certo”, disparou Nego Di. Ele também reclamou da suposta diferença no tratamento que ele recebeu da Globo em relação a outros participantes que já deixaram o programa, principalmente Karol Conká. Para ele, a rede passou pano para o comportamento da cantora para tentar salvar a carreira dela.

 

“O que me intrigou foi o acolhimento que a Karol Conká teve. Começou a me incomodar. Porque eu fiquei tipo: ‘Será que a minha família não importa tanto quanto a dela?’. Porque eu fui ameaçado, meu filho foi ameaçado, meu filho não pode mais ir para escola, tive que sair de lá de carro blindado, coisa que eu nunca tinha vivido”, desabafou. 

Yudi Tamashiro revela já ter saído do Bom dia & Cia direto para casa de prostituição
Foto: Reprodução/ Instagram

Yudi Tamashiro fez uma revelação que deixou algumas pessoas chocadas. Em entrevista ao Flow Podcast, o apresentador contou que quando tinha 18 anos, após sair do programa ‘Bom Dia & Cia’, do SBT, ele ia para o prostíbulo.

 

“Eu saía do trabalho emendava um put** (prostíbulo) para almoçar. Aí eu chegava lá e mais conversava com as garotas do que fazia (sexo). Eu queria dividir coisas que eu não podia dividir com outras pessoas. E aí era o contrário. Normalmente as prostitutas conversam com a gente, né? Conversando, eu ficava louco, emendava uma balada. Se não arrumasse nenhuma mina na balada, saía para a casa de swing”, contou.

José Mayer aparece de cabelo branco após acusações de assédio na TV
Foto: Reprodução/ Instagram

Na tarde da última segunda-feira (2), José Mayer fez uma postagem em suas redes socias na qual aparece sorridente e com cabelos brancos. O ator de 71 anos está afastado da telinha por causa de uma acusação de assédio há três anos nos bastidores da TV Globo. 

 

Em entrevista ao jornal Extra, a assessoria do artista afirmou que ele não planeja voltar a TV. "Ele está muito bem, feliz, com saúde e curtindo a vida com a família e sempre próximo dos amigos. Não tem projetos e nem deseja voltar para a televisão. Ele não tem mesmo mais interesse na vida pública, como já declarou anteriormente. Quer curtir o netinho Antonio, nascido em 2020, e estar junto da família", falou nesta quarta-feira. 

 

O ator saiu da televisão após uma acusão de assédio sexual feita pela figurinista da emissora, Suellen Tonani em 2017. Na web, o ator admitiu os ataques a figurinista e afirmou ter passado dos limites. 

 

 

Dani Calabresa fala como o trabalho a salvou após assédio
Foto: Reprodução/ Instagram

Dani Calabresa relatou pela primeira vez na TV como se sentiu em relação as denúncias de assédio sexual contra Marcius Melhem. Em programa da GNT, o Saia Justa, ela afirmou que o que a tirou do fundo do poço foi o trabalho. 

 

"Eu acho que tive que colar os caquinhos nos dois momentos mais difíceis da minha vida: depois do divórcio e nesse episódio horrível de assédio. O que me ajudou a colar os pedaços foi o trabalho. O trabalho me salvou. Eu tenho porque acordar. Eu tenho porque tomar banho. Eu tenho que lembrar quem sou. Os amigos, família, terapia, também. Mas o trabalho foi o que mais salvou", detalhou Dani.

 

"Por causa do trabalho eu não reagi antes. Eu tinha tanto medo de sofrer. Tinha medo de sofrer um boicote. O assédio é um assunto tão assustador que a gente tenta fingir que é normal. Você segue como você consegue. Fingindo normalidade, tentando ser legal, demonstrando uma gratidão excessiva. Mas chega uma hora que isso começa a fazer tão mal que você tem que arrebentar a tampa desse caldeirão", desabafou ela.

 

"Nada autoriza assédio. Nenhuma brincadeira, nenhuma mensagem autoriza assédio. Naquele dia foi carinhosa, riu, bebeu, não interessa. Ninguém tem o direito de forçar o contato físico com ninguém. É preciso permissão. É muito difícil lidar com tudo isso, organizar o pensamento. Estou com meus pedaços colados, estou leve. E na terapia", acrescentou Dani.

Quinta, 04 de Março de 2021 - 18:00

Vera Fischer posta clique de topless na Bahia em 1983

Vera Fischer posta clique de topless na Bahia em 1983
Foto: Reprodução/ Instagram

Nesta quinta-feira (4), Vera Ficher postou uma foto no seu Instagram com um #TBT pra lá de antigo e de saudosismo. O registro é de quatro décadas atrás no qual ela aparece na praia de topless. 

 

"Bahia 1983. Saudades", assumiu a atriz, hoje com 69 anos. Vera já afirmou que hoje sua maior preocupação é com o bem-estar. "Só quero saúde pra poder viver e trabalhar", contou recentemente na rede social. 
 

Tia Má é aposta de Miguel Falabella para comando do Vídeo Show
Foto: Reprodução/ Instagram

O ator Miguel Falabella é um dos admiradores do trabalho da jornalista Maíra Azevedo. De acordo com ele, ela seria uma substituta a altura para apresentar o extinto Vídeo Show. Para isso, o ator fez campanha em nome da amiga. O diretor levantou a proposta em uma live no Instagram. 

 

Falabella foi um dos comandantes da atração em momentos que mostrava os bastidores da televisão do Brasil. O Video Show deixou a grade da TV Globo em 11 de janeiro de 2019 após 35 anos no ar. No comando do quadro passaram Otaviano Costa, André Marques, Marcelo Tas, Joaquim Lopes, Ana Furtado, Ana Clara Lima, Mônica Iozzi, Renata Ceribelli e outros.

Após sucesso em A Fazenda, Jojo Todynho ganha programa próprio no Multishow
Foto: Reprodução / Instagram

Campeã da última edição de A Fazenda, na Record, a contora Jojo Todynho será vista em breve na televisão. De acordo com informações da colunista Patrícia Kogut, ela segue em alta no mercado publicitário e, por isso, comandará um novo talk show no canal Multishow, pertencente ao grupo Globo.

 

A atração semanal será patrocinada por uma famosa marca de produtos de beleza que avaliou que Jojo Todynho é o tipo de artista que "transmite verdade".

 

Desde que saiu vitoriosa de A Fazenda, Jojo tem sido procurada por muitas marcas para publicidade. Atualmente, a funkeira conta com 17,1 milhões de seguidores só no Instagram.

 

Segundo o POPline, a própria emissora dos Bispos queria desenvolver um projeto para a artista no canal, em parceria com a Amazon, mas os planos não foram para frente.

Histórico de Conteúdo