Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Sexta, 20 de Agosto de 2021 - 14:30

Nadal anuncia que não vai mais jogar em 2021 por conta de lesão de 16 anos

por Folhapress

Nadal anuncia que não vai mais jogar em 2021 por conta de lesão de 16 anos
Foto: Reprodução / Instagram

Depois de não participar dos Jogos Olímpicos de Tóquio, Rafael Nadal disse que ficará de vez fora das quadras até o ano que vem. Ele, portanto, será desfalque no US Open, que começa no próximo dia 30.
 

O motivo, segundo comunicado pelo espanhol de 35 anos nesta sexta-feira (20) em seu Instagram, é uma lesão no pé que vem causando problemas desde 2005.
 

"Queria informar que infelizmente terei que encerrar a temporada de 2021. Honestamente, há um ano venho sofrendo muito mais do que deveria com meu pé e preciso descansar um pouco. Depois de ter discutido com a equipe e família, esta decisão foi tomada e penso que é o caminho a seguir para tentarmos recuperar e recuperar bem", iniciou Nadal, considerado um dos melhores da história do tênis.
 

Ele revelou que as dores nos pés ocorrem há 15 anos, mas não o impediram de engatar a carreira profissional.
 

"É um ano que perdi coisas que são muito importantes para mim, como Wimbledon, como as Olimpíadas, como será o US Open agora, como muitos outros eventos que também são importantes para mim. [...] No final chego à conclusão que o que preciso é de tempo para me recuperar e mudar uma série de coisas tentando entender como tem sido a evolução dos meus pés nos últimos tempos. Não é uma lesão nova, é uma lesão que tenho desde 2005 e que não me impediu de desenvolver minha carreira esportiva durante todos esses anos", prosseguiu.
 

Por fim, o tenista disse que chegou a hora de buscar "um tipo de tratamento diferente" para sanar de vez o problema.
 

"Se é verdade que já há um tempo em que as coisas não estão indo como deveriam e como todos gostaríamos, é hora de tomar decisões, buscar um tipo de tratamento um pouco diferente para encontrar uma solução para esse problema ou no pelo menos melhorá-lo, a fim de continuar a ter opções nos próximos anos".
 

"Estou com o maior entusiasmo e predisposição para fazer o que for preciso para recuperar a melhor forma possível, para continuar a competir pelas coisas que realmente me motivam e pelas coisas que tenho feito ao longo de todos estes anos. Estou convencido de que com a recuperação do pé e obviamente um esforço diário muito importante, isso pode ser conseguido. Vou trabalhar o máximo que puder para que isso aconteça. Desde já agradeço todo o apoio, compreensão e todas as expressões de carinho tão importantes e mais ainda em momentos difíceis como estes. Prometo que o que vou fazer é me esforçar muito para tentar continuar curtindo esse esporte por mais um tempo. Um grande abraço a todos", finalizou.

Histórico de Conteúdo