Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado adiou para quarta-feira (9) a decisão sobre pedido do PT que tenta barrar a instalação da CPI da Petrobras. Presidente da comissão, o senador Vital do Rêgo (PMDB-PB) resolveu suspender os trabalhos após o início das votações no plenário da Casa. Vital remarcou para a sessão para a manhã de quarta. A senadora Glesi Hoffmann (PT-PR), ex-ministra da Casa Civil, pediu para suspender a sessão, com a justificativa de que, pelas regras do Senado, as comissões não podem realizar votações simultaneamente com as atividades do plenário. Os parlamentares governistas haviam antecipado o início da sessão plenária para as 16h15. O relator Romero Jucá (PMDB-RR) rejeitou o argumento do PT e votou a favor da instalação da CPI. Informações da Folha.

Histórico de Conteúdo