Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Quarta, 23 de Junho de 2021 - 07:45

'Faltou definição da jogada', avalia Ramon Menezes, após derrota para o Coritiba

por Glauber Guerra

'Faltou definição da jogada', avalia Ramon Menezes, após derrota para o Coritiba
Foto: Max Haack/ Ag. Haack/ Bahia Notícias

O Vitória foi derrotado por 1 a 0 para o Coritiba, na última terça-feira (22),no Couto Pereira, válido pela sexta rodada da Série B. O técnico Ramon Menezes atribuiu o revés a falta de definição das jogadas e espera que a equipe melhore esse aspecto já na próxima rodada, contra o Londrina.

 

“Nós não esperávamos tomar aquele gol, porque o jogo estava muito controlado naquele momento. Nós estávamos criando as melhores oportunidades, tivemos uma bola na trave, com Wallace. No detalhe do posicionamento, tomamos o gol. Depois, no segundo tempo, a opção por abrir mais a equipe. Gostei também do segundo tempo. Mas temos que trabalhar a definição da jogada. A gente precisa procurar definir. Gostei da circulação, tivemos mais velocidade; nosso posicionamento quando entramos no último terço do adversário, tentamos agredir sempre o adversário, circular a bola com muita velocidade. O adversário, quando teve a chance, foi muito na bola parada. E o que ele é muito forte, que é o contra-ataque. E conseguimos conter o contra-ataque do adversário. Agora é trabalhar e evoluir.  Temos um adversário dificílimo pela frente, que é o Londrina, jogando em casa. E há necessidade de somar pontos. Faltou definição da jogada. Vamos procurar trabalhar. Esperamos que a gente consiga, dentro de casa, definir melhor as nossas ações”, destacou.

 

No entanto, Ramon Menezes apontou alguns pontos positivos no comportamento da equipe, apesar da derrota.

 

“O jogo de hoje [ontem] mostrou muita coisa. Situação de organização, de postura, principalmente com a bola, a circulação de bola mais rápida. Não vou falar mais de tempo, porque tem 14 dias. Então, na derrota, não vou colocar isso como desculpa. Meu trabalho aqui tem sido muito olho no olho, posicionamento tático. Estou trabalhando muito mais aquela equipe que não começa os jogos. Isso tem sido bom, porque todo mundo está com um entendimento bom daquilo que está se passando. E o pessoal que vem jogando direto tem que recuperar. Então, na véspera do jogo, a gente tem oportunidade de trabalhar um pouquinho. É muito na conversa. Palestras, mostrando o adversário e aquilo que fizemos de bom. Pontuamos os erros sem melindre. A aceitação tem sido muito boa, a conversa tem sido muito boa. Estou pronto para trabalhar, muito confiante no crescimento do trabalho”, declarou.

 

O duelo entre Vitória e Londrina acontece no sábado (26), às 18h30, no Barradão, pela sétima rodada da Série B. Com seis pontos, o time rubro-negro ocupa a 12ª posição.

Histórico de Conteúdo