Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Quinta, 22 de Outubro de 2020 - 07:45

Em busca de evolução e fim de jejum, Vitória recebe o Guarani no Barradão

por Leandro Aragão

Em busca de evolução e fim de jejum, Vitória recebe o Guarani no Barradão
Foto: Letícia Martins / EC Vitória

O Vitória recebe a visita do Guarani nesta quinta-feira (22), às 21h30, no Barradão, pela 17ª rodada da Série B. Em seu terceiro jogo no comando, o técnico Eduardo Barroca espera ver melhoras no Leão assim como viu no duelo com a Chapecoense no último compromisso. O time também tenta acabar com o jejum de cinco partidas sem vencer.

 

"A gente cresceu em algumas competências que eram importantes a curto prazo, fizemos uma boa partida contra a Chapecoense. A gente espera agora dar mais um salto na questão coletiva, tentar fazer com que a nossa equipe seja mais agressiva possível, tentar ter um equilíbrio maior na parte ofensiva e defensiva. Errar menos sem pressão para que a gente consiga uma vitória diante do Guarani", comentou.

 

Para isso, Barroca focou na parte tática ao longo da semana. O comandante deu atenção especial aos titulares fazendo ajustes na saída de bola, pressão na marcação, transição e jogadas de bola parada. Porém, a vida do Leão não será fácil. A equipe tem quatro desfalques para encarar o Bugre. O zagueiro Wallace, os meias Gerson Magrão, Fernando Neto, e o atacante Vico estão entregues ao departamento médico.

 

Além de acabar com o jejum, Barroca ainda traçou outra meta para essa reta final de turno. O treinador espera soma o máximo de pontos para visualizar a necessidade do Rubro-Negro para a segunda parte do campeonato.

 

"Já sabemos que é um campeonato de recuperação, mas é muito importante que a gente feche esse primeiro turno da melhor forma que a gente puder para que façamos o melhor campeonato de recuperação possível no segundo turno", comentou.

 

O Vitória está mais próximo da zona de rebaixamento do que do G-4. O Leão ocupa a 13ª posição com 19 pontos, oito a menos do grupo de acesso à Série A e dois a mais do Guarani, que caiu para a 17ª colocação entrando na degola.

 

GUARANI
Enquanto o Vitória vive jejum, o Guarani vem de duas vitórias consecutivas, mas ambas dentro dos seus domínios. Para o compromisso em Salvador o técnico Felipe Conceição não poderá contar com o suspenso Bruno Sávio. Mas o atacante já não vinha sendo escalado entre os onze.

 

Porém, o Bugre não tem apenas uma baixa. O lateral-direito Cristóvam, o meia Lucas Abreu e o atacante Bruno Paulo não treinaram durante a semana e devem ficar fora do duelo diante do Leão. Além deles, há informações que o lateral-esquerdo Bidu e o atacante Waguinho não viajaram com a delegação paulista.

 

Para as laterais, Pablo deve ficar com a vaga de Cristóvam, enquanto Érick Daltro entra no lugar de Bidu. No setor ofensivo, Murilo Rangel e Renanzinho, crias da base, podem ser escolhidos para as funções de Waguinho e até de Giovanny, que não foi bem no último compromisso.

 

FICHA TÉCNICA
Vitória x Guarani
Série B – 17ª rodada

Local: Barradão, em Salvador (BA)
Data: 22/10/2020 (quinta-feira)
Horário: 21h30
Árbitro: Wagner Reway (PB-CBF)
Assistentes: Oberto da Silva Santos (PB-CBF) e Kildenn Tadeu Morais de Lucena (PB-CBF)
Quarto árbitro: Wagner Francisco Silva Souza (BA-CBF)
Analista de campo: Carlos Alberto Souza Vila Nova  (BA-CBF)

 

Vitória: Ronaldo; Leandro Silva, Maurício Ramos, João Victor e Carleto; Guilherme Rend, Lucas Cândido e Marcelinho; Ewandro, Alisson Farias e Leo Ceará. Técnico: Eduardo Barroca.

 

Guarani: Gabriel Mesquista; Pablo, Wálber, Didi e Erick Daltro; Deivid, Eduardo Person e Lucas Crispim; Renanzinho (Murilo Rangel), Giovanny e Júnior Todinho. Técnico: Felipe Conceição.

Histórico de Conteúdo