Quarta, 01 de Julho de 2020 - 17:30

Fernando Neto fala de adaptações do Vitória na pandemia e espera fazer primeiro gol em breve

por Glauber Guerra / Milena Lopes

Fernando Neto fala de adaptações do Vitória na pandemia e espera fazer primeiro gol em breve
Foto: Letícia Martins/ Vitória

Enquanto o Vitória volta ao ritmo dos treinos em campo e a equipe se familiariza com o ritmo do técnico Bruno Pivetti, o volante Fernando Neto falou em entrevista coletiva sobre a rotina no Leão nos últimos dias e as mudanças causadas pela pandemia. 

 

Questionado sobre como avalia os primeiros dias de atividades presenciais, o jogador declarou que os trabalhos estão mais complicados devido os protocolos de saúde. “Ao meu ver, eu acho difícil por todas essas orientações. Não é o que a gente tava habituado a viver, mas e o que temos que passar hoje, seguir as regras, por que esse virus nao ta de brincadeira”, opinou. 

 

Sobre a adaptação com o novo técnico, que assumiu no último dia 19 de junho, Fernando Neto explicou que a equipe já está integrada ao estilo de trabalho do ex-assistente técnico. “O Bruno já estava com a gente desde o início da pré-temporada. Já tinha alguns trabalhos dele que ele colocava no treino ao longo da semana e acho que o grupo vai comprar a ideia, já comprou”, declarou o jogador. 

 

Ele ainda comentou que o time do Leão está treinando firme para recuperar o que foi perdido durante a paralisação do futebol devido a pandemia. “A gente vinha treinando em casa mas não é a mesma coisa. Estamos focados e preparados com o Bruno para dar sequencia do campeonato”, ressaltou o atleta. 

 

Fernando Neto ainda falou sobre a perda de receita dos clubes com a suspensão dos jogos e que se declarou a favor da redução de 20% do salário dos atletas, pontuando que, sem a redução de custos e administração das finanças, o futebol não vai caminhar. 

 

Contratado pelo Rubro-negro no início do ano, o meia de 27 anos falou sobre a posição em campo que mais gosta de jogar. “Sempre falei que me sinto confortável como segundo volante, mas faço outras posições, como joguei em outros clubes que passei”, admitiu. “Onde o professor Bruno Pivetti achar que eu vou render mais, eu vou me esforçar bastante pra dar o meu melhor”, completou o jogador. 

 

Sem ter marcado gols ainda esta temporada, o atleta falou da expectativa para a primeira celebração com o Leão, respeitando as regras de distanciamento. “Primeiro, tomara que saia logo meu gol com a camisa do Vitória. É um momento importante na partida, mas sabemos do que tá acontecendo no mundo inteiro e temos que ter todas as preocupações possíveis”, completou o volante. 

 

Ele finaliza pontuando que segue as medidas de cuidados com saúde recomendados pelo clube também quando está em casa, uma vez que as instalações do clube, como os vestiários, não estão sendo utilizados pela equipe. 

 

O time voltou a treinar a parte técnica esta semana  e retorna à Toca do Leão na manhã desta quinta (2) para dar continuidade as atividades presenciais. O futebol na Bahia tem previsão de ser retomado a partir da segunda quinzena de julho. 

Histórico de Conteúdo