Sábado, 18 de Maio de 2019 - 19:26

Tencati afirma que Vitória 'saiu do padrão' após sofrer 1º gol do São Bento

por Ulisses Gama

Tencati afirma que Vitória 'saiu do padrão' após sofrer 1º gol do São Bento
Foto: Romildo de Jesus / Ag Haack / Bahia Notícias

O técnico do Vitória, Cláudio Tencati, lamentou a derrota diante do São Bento na tarde deste sábado (18), no Barradão, pela Série B do Campeonato Brasileiro. De acordo com o comandante rubro-negro, a equipe acabou se perdendo na ansiedade após sofrer o primeiro de três gols do adversário.

 

"Olha, se explica por alguns motivos: decisões individuais precipitadas, o time se desgasta e fica ansioso, errando o controle. Falei no vestiário para eles que o resultado é responsabilidade minha, mas não saiam de um padrão de jogo que a gente estipulou. Foi o único pedido. Independente do que ocorra, a responsabilidade é minha. Fizemos um primeiro tempo regular, coisa que o Vitória não tinha feito nem com o Vila Nova. Era para ser 2 a 0 para o Vitória tranquilo. O pedido foi de continuar para fazer o segundo gol, com atitude. O branco foi a partir daí. Tomou o gol, começou a se perder. Existe erro do treinador e do jogador. Tem que ter frieza e continuar jogando. Saiu do padrão, acontece isso. A imagem é péssima", disse.

 

Questionado sobre o pênalti falhado de Nickson, o técnico afirmou que tanto ele como Neto Baiano cobram pênaltis, mas o camisa 9 é o cobrador oficial. 

 

"Treina Nickson e treina Neto. Conversaram os dois. Ele pediu e o Neto concedeu. Depois o Neto pediu desculpa. Tem que ter uma ordem e somos um time organizado. Tenho que destacar a personalidade. Perdeu o pênalti, depois cobrou o escanteio e saiu o gol. Eles têm noção disso", explicou Tencati, que comentou as mudanças na equipe e a falta de ritmo que alguns ainda apresentam.

 

"Tem as quedas, a gente corre riscos. Temos jogadores que entraram. Quem não vem com ritmo, tem tendência de cair, como caiu. O Marciel sentiu, mas ainda era o jogador do passe, da distribuição. Não o tirei porque não tinha ninguém da característica. Tanto que ele continuou distribuindo. Infelizmente a gente corre esses riscos e esse problema de não ter opções", completou.

 

Com três pontos em quatro partidas, o Vitória volta a jogar pela competição nacional no próximo domingo (26), contra o Atlético Goianiense, no estádio Antônio Accioly.
 

Histórico de Conteúdo