Sábado, 16 de Fevereiro de 2019 - 17:53

No Barradão, Vitória empata com o Ceará e sai vaiado pela torcida

por Ulisses Gama

No Barradão, Vitória empata com o Ceará e sai vaiado pela torcida
Foto: Romildo de Jesus/Futura Press/Folhapress

O Vitória segue a sua sina de empates na Copa do Nordeste de 2019. Desta vez, o Leão ficou na igualdade de 1 a 1 com o Ceará na tarde deste sábado (16), no Barradão, pela quarta rodada do regional. A equipe da casa saiu na frente com o zagueiro Edcarlos, mas o volante Chico empatou a favor do alvinegro. O resultado irritou o público, que vaiou o time e fez protestos contra o presidente Ricardo David.

 

Com o resultado, o time comandado por Marcelo Chamusca chegou aos quatro pontos. O próximo jogo do Vitória será no dia 24 de fevereiro, contra a Juazeirense, no Adauto Moraes, pelo Campeonato Baiano. 


 

O JOGO

 

Foi o Ceará que começou dando as cartas no Barradão. Aos seis minutos, depois de boa troca de passes, Felipe recebeu na grande área, avançou com liberdade e tocou rasteiro para intervenção com os pés do goleiro Ronaldo.

 

Edcarlos abre o placar no Barradão

 

Depois do susto, o Leão saiu na frente do placar. Aos oito minutos da primeira etapa, Ruy cobrou escanteio e Edcarlos, com liberdade, cabeceou bonito e não deu chances para o goleiro Richard. Dois minutos depois, o Ceará ficou perto do empate. Pelo lado direito, Samuel Xavier cruzou na área e Vitor Feijão cabeceou para boa defesa de Ronaldo.

 

Aos 16 minutos, a chance do segundo gol esteve nas mãos do Rubro-negro. Yago recebeu passe fora da área, mas pegou mal na bola, que passou longe da meta defendida pelo goleiro Richard.

 

Vitor Feijão acerta a trave

 

Com maior posse de bola, o Ceará partiu para o ataque para igualar o placar e ficou no quase aos 27 minutos. De fora da área, Vitor Feijão bateu colocado e acertou a trave.

 

Leo Ceará perde chance incrível

 

O Vitória quase ampliou o placar aos 37. Após grande jogada de contra-ataque do Leão, Ruy deu grande passe para Léo Ceará. Com liberdade, o jovem centroavante do Leão errou por muito, irritando a torcida na arquibancada. Depois do lance, o público clamou pela entrada de Neto Baiano, artilheiro do Barradão.

 

Segundo tempo

Chico empata o jogo

 

Logo no começo do segundo tempo, aos dois minutos, o Ceará chegou ao empate. Após cobrança de falta de Juninho, Chico cabeceou e a bola acertou a trave antes de morrer dentro do gol. O torcedor do Vitória que foi ao Barradão tomou um susto aos sete minutos. Após cruzamento de Felipe pelo lado direito, Vitor Feijão errou o tempo da bola e furou ao tentar a finalização.

 

Neto Baiano faz a sua reestreia pelo Vitória

 

Com os gritos animados da torcida do Vitória, o atacante Neto Baiano fez a sua reestreia pelo Leão aos 14 minutos do segundo tempo, substituindo Léo Ceará, que foi vaiado ao sair. 

 

Aos 19 minutos, após cobrança de lateral longo, Andrigo protegeu a bola na grande área e deixou com Ruy, que se desvencilhou dos zagueiros, mas acabou chutando por cima da meta.

 

Roger perde grande chance para o Ceará

 

O Ceará quase conseguiu virar a partida aos 27 minutos, quando Chico cruzou na área e o centroavante Roger errou por muito o cabeceio. Quatro minutos depois, Roger recebeu mais um cruzamento e dessa vez acertou o cabeceio. No entanto, o goleiro Ronaldo fez uma defesa magistral para evitar o pior.

 

Na sequência, o Ceará teve mais presença de jogo e tentou o gol do triunfo, mas o placar seguiu igual.

 

FICHA TÉCNICA
Vitória 1 x 1 Ceará
Copa do Nordeste -4ª rodada
Local: Barradão, em Salvador (BA)
Data: 16/02/2019 (sábado)
Horário: 16h (de Salvador)
Árbitro: Denis Ribeiro Serafim (AL)
Assistentes: Esdras Mariano de Lima Albuquerque (AL) e  Lennon Mccartney Farias (AL)

Cartões amarelos: Yago (Vitória) / Ricardinho (Ceará)

Gols: Edcarlos (Vitória) / Chico (Ceará)

 

Vitória: Ronaldo; Matheus Rocha, Ramon, Edcarlos (Thales) e Jeferson; Leandro Vilela, Rodrigo Andrade, Ruy, Andrigo e Yago (Erick); Léo Ceará (Neto Baiano). Técnico: Marcelo Chamusca.

 

 

Ceará: Richard; Samuel Xavier, Luiz Otávio, Valdo e João Lucas; Edinho (Chico) e Juninho; Ricardinho, Felipe e Victor Feijão (Fabinho); Roger (Matheus Matias). Auxiliar: Marcelo Rospide

Histórico de Conteúdo