Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

'Neguinho devia estar dando o c*', diz Piquet sobre Hamilton em novo trecho de vídeo
Foto: Marcello Casal Jr / Agência Brasil

Em novo trecho da mesma entrevista dada em novembro do ano passado ao canal Motosport Talks, o ex-piloto Nelson Piquet foi além da ofensa racista dirigidas ao heptacampeão de Fórmula 1, Lewis Hamilton (leia aqui). De acordo com o site Grande Prêmio, o brasileiro, tricampeão da categoria automobilística, volta a usar o termo "neguinho" e engrossou o caldo de preconceito adicionando uma declaração homofóbica.

 

A declaração de Piquet foi sobre a derrota de Hamilton para o alemão Nico Rosberg, que conquistou o título do campeonato de 2016. Ela veio quando o brasileiro foi questionado sobre a temporada de 1982 e o que achava do finlandês Keke Roberg, pai de Nico.

 

"O Keke? Era um bosta, não tinha valor nenhum. É que nem o filho dele [Nico]. Ganhou um campeonato… O neguinho devia estar dando mais cu naquela época, aí tava meio ruim", declarou.

 

Na última quarta (29), Piquet emitiu comunicado se desculpando, mas disse que o termo racista é usado no Brasil como sinônimo de 'cara' ou 'pessoa' (confira aqui). No entanto, o novo trecho reforça a maneira grosseira e preconceituosa de como ele se referia a Hamilton.

Histórico de Conteúdo