Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Flamengo quer demitir Paulo Sousa, mas falta de substituto adia decisão
Foto: Alexandre Vidal / Flamengo

O Flamengo quer demitir o técnico Paulo Sousa. A derrota para o Red Bull Bragantino por 1 a 0, na noite desta quarta-feira (8), no Nabi Abi Chedid, pela 10ª rodada do Brasileirão, tornou o clima insustentável para o português na Gávea. No entanto, de acordo com o site ge.globo, a definição pode ser adiada devido a falta de um substituto e existe a possibilidade do treinador comandar o time no próximo sábado (11), contra o Inter.

 

Paulo Sousa não pedirá demissão e o clube carioca terá de pagar uma multa de R$ 7,7 milhões, referente aos vencimentos mensais até o final deste ano. Com isso, a demissão ocorrendo nesta quinta (9) ou no sábado (11) não altera o valor da rescisão unilateral. Contratado em 25 de dezembro de 2021, o português foi apresentado no Rubro-Negro em 10 de janeiro de 2022 e, até o momento, disputou 32 jogos, obtendo 19 vitórias, sete empates e seis derrotas. O time foi vice-campeão da Supercopa do Brasil e do Carioca, e ocupa a 14ª colocação na tabela do Brasileirão com 12 pontos, um a mais da zona de rebaixamento e seis a menos do que o líder Corinthians.

 

A delegação do Mengo seguirá concentrada em Atibaia, conforme planejado para as preparações dos compromissos contra o Red Bull Bragantino e o Inter. Com ou sem Paulo Sousa, o time carioca encara o Colorado no Beira-Rio, a partir das 21h, pela 11ª rodada do Brasileirão.

Histórico de Conteúdo