Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Baianão: Com vantagem, Atlético-BA tenta 3ª final seguida; Bahia de Feira busca virada
Foto: Leandro Taislam / ABDF

A final do Campeonato Baiano se acostumou, nos últimos anos, com a presença do Atlético de Alagoinhas. Vice em 2020 e campeão em 2021, o Carcará tem a chance, nesta quarta-feira (30), a partir de 19h15, de garantir vaga em sua terceira decisão estadual consecutiva. No caminho está o Bahia de Feira, que tenta reverter não só a vantagem de 1 a 0 criada pelo adversário de ida, na Arena Cajueiro (lembre aqui), como também o retrospecto recente deste confronto. 

 

Os clubes foram rivais na final do ano passado e, desde então, o Atlético Alagoinhas não perdeu confrontos de mata-mata para o Bahia de Feira. Foram duas vitórias e um empate. A única derrota desde a decisão de 2021 ocorreu na primeira fase deste ano, com placar de 1 a 0 favorável ao Tremendão, na Arena Cajueiro. 

 

Para o confronto, o técnico Flávio Araújo não terá o lateral Welisson, expulso no primeiro jogo da semifinal. Agnaldo Liz, por sua vez, terá todo o time à disposição. 

 

"Quando as equipes chegam em uma fase de semifinal, de mata-mata, é outro campeonato. Os jogadores estão cientes disso, estamos um pouco 'cascudos' em relação a isso. Nosso grupo está bem orientado. Estamos no caminho", afirmou o comandante do Carcará, em entrevista ao Bahia Notícias

 

FICHA TÉCNICA
Atlético de Alagoinhas x Bahia de Feira
Campeonato Baiano - Semifinal
Data: 30/03/2022 (quarta-feira)
Local: Estádio Antônio Carneiro, em Alagoinhas (BA)
Horário: 19h15
Árbitro: Diego Pombo Lopez (BA)
Assistentes: Edevan de Oliveira Pereira e Carlos Eduardo Bregalda Gussen (ambos da BA)

 

Bahia de Feira: Adilson; Fábio, Alberte, Paulo Paraíba e Eduardo; Alex Cazumba, Cássio, Pelé e Victor Salvador; Caíque e Deon. Técnico: Flávio Araújo.

 

Atlético de Alagoinhas: Fábio Lima; Edson, Iran, Bremmer e Matheus; Lucas, Dionísio, Jerry e Miller; Cesinha e Thiaguinho. Técnico: Agnaldo Liz.

Histórico de Conteúdo