Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Polícia prorroga inquérito do ataque ao ônibus do Bahia por 30 dias
Foto: Divulgação / EC Bahia

A Polícia Civil prorrogou o inquérito do ataque ao ônibus do Bahia, ocorrido em 24 de fevereiro, por mais 30 dias. O prazo inicial para a conclusão das investigações era até o último sábado (26), mas isso não aconteceu. De acordo com o ge.globo, é possível que haja uma nova prorrogação em igual período. 

 

O Departamento de Polícia Técnica já encaminhou todos os laudos periciais para a Polícia Civil. 

 

Membros da torcida organizada Bamor se reunirão, nesta segunda-feira (28), com representantes do Ministério Público para tentar costurar um acordo extrajudicial. No último dia 10 de março, o MP solicitou a suspensão da Bamor por seis meses. 

 

RELEMBRE O CASO 

No dia 24 de março, pouco antes do jogo contra o Sampaio Corrêa, pela Copa do Nordeste, o ônibus que trazia o elenco do Bahia para a Fonte Nova foi atingido por uma bomba caseira (veja aqui). O goleiro Danilo Fernandes teve ferimentos sérios no rosto, e até hoje não voltou a jogar. 

 

A Polícia Civil identificou membros da Bamor envolvidos no ataque (lembre aqui). Todos eles foram ouvidos em depoimento. 

Histórico de Conteúdo