Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Sexta, 25 de Março de 2022 - 12:17

Dani Alves destaca a preocupação social em assinatura de convênio com Prefeitura

por Gabriel Lopes / Leandro Aragão

Dani Alves destaca a preocupação social em assinatura de convênio com Prefeitura
Foto: Gabriel Lopes / Bahia Notícias

Astro do futebol mundial, o lateral-direito Daniel Alves assinou um convênio com a Prefeitura de Salvador na manhã desta sexta-feira (25), em Itapuã, onde o seu instituto vai gerir um espaço esportivo dedicado à descoberta de novos talentos. O jogador do Barcelona e da Seleção Brasileira destacou a preocupação social em dar condições para que crianças e jovens carentes possam mudar a vida através do esporte.

 

"Costumo dizer esse vai ser o título mais importante da minha carreira, da minha história, da minha vida, porque precisamos fomentar a preocupação social, nos dedicar e retribuir aquilo que nos foi proporcionado um dia. A oportunidade de criar uma carreira e poder chegar através do esporte, mudar a vida de minha família, mudar minha vida. Acho que nós precisamos não deixar esses sonhos e nem essa chama se apagar. Como o prefeito falou, pela nossa comunidade, pelas pessoas que estão mais próximas da gente e assim vamos transformando o mundo", destacou na entrevista coletiva.

 

Daniel Alves ainda ressaltou a importância do trabalho para transformar os sonhos em realidade. Nascido em Juazeiro, o jogador vivia na roça com os pais quando começou a carreira no futebol.

 

"Acredito que assim como é o esporte, o futebol, a nossa profissão e também a vida, precisamos planejar, não precisamos relaxar. Precisamos manter o foco, nos dedicar, ter humildade, fazer as coisas bem feita para que assim a gente possa ir escalando nos nossos objetivos. Sempre trago o esporte, o futebol, no meu caso, como base para a vida. Ela precisa de um coletivo, ninguém faz nada sozinho. Hoje, estar podendo associar essas duas coisas, o esporte, futebol e basquete que serão praticados aqui, junto com o cotidiano dessas crianças e seus familiares. É muito importante essa junção e aproveito aqui também, outras pessoas tenham uma condição, uma voz, não deixem isso de lado, essa preocupação social. Hoje estamos com falta de bons exemplos reais, de pessoas ensinarem que a vida exige dedicação, os objetivos são difíceis, mas são alcançáveis. Está aqui uma pessoa que vem do interior, que vem da roça, mas que nunca deixou de sonhar e nunca deixou de fazer. Não só vale sonhar, você tem que aproximar seu sonho da realidade e isso só acontece quando você faz, quando abdica as coisas para conseguir isso. O resto sempre vai ser fake, não vai ser duradouro, não vai durar muito. Precisamos manter esse foco, precisamos fomentar novos talentos, novos sonhadores, novos realizadores", continuou.

 

Daniel Alves começou a carreira de jogador no Juazeiro e depois foi contratado pelo Bahia, onde foi revelado para o futebol. Do Tricolor, ele se transferiu para a Espanha para jogar no Sevilla, antes de fazer história e se tornar ídolo do Barcelona. No momento, o atleta está investindo na reativação do clube de Juazeiro, que vai voltar ao cenário do futebol baiano disputando a Série B estadual deste ano, que começará no mês de maio. O baiano falou do seu papel na agremiação.

 

"Meu papel é não permitir que as pessoas deixem de sonhar, que não deixem de lutar pelo aquilo que elas querem. Na vida, não só em Juazeiro como no mundo, é trazer essa esperança para as pessoas. Reacender essa chama que muitas vezes está apagada por falta de incentivo, falta de alguém que vá alertar as pessoas que elas podem sonhar e também podem realizar. Por isso que aposto todas as minhas fichas, por isso minha dedicação, meu empenho para que essas pessoas, não importa onde estão seja na favela, se é na roça ou no interior, que elas tenham esperança de que tudo é possível nessa vida e está aqui um grande exemplo disso", finalizou.

 

O Centro Integrado de Esportes (CEI) Armindo Biriba, localizado no bairro de Itapuã, na capital baiana, será gerido pelo Instituto Daniel Alves. O convênio foi assinado na presença do prefeito Bruno Reis (DEM). O espaço vai beneficiar o público de 7 a 17 anos e, além do esporte, terá programas voltados para educação, saúde e cidadania.

 

"Mais do que nunca precisamos de exemplos e referências para nossas crianças e nossa juventude. Daniel Alves é um exemplo de superação, alguém que saiu de Juazeiro, se tornou um verdadeiro craque jogando em grandes equipes do mundo e na nossa Seleção Brasileira. Alguém que venceu na vida através do esporte", afirmou Reis. "O esporte aqui em Salvador é uma ferramenta de inclusão social, foi com essa estratégia que lá atrás, construímos esse grande equipamento, uma arena poliesportiva. Além desse ginásio, temos sala multiuso para diversas modalidades como karatê, judô, capoeira, diversas artes marciais. Temos campo de futebol na área externa, quadra de futevôlei. Agora, o Instituto Daniel Alves vai funcionar aqui dentro. Já temos 400 crianças que estão sendo assistidas aqui gratuitamente. Temos mais mil na lista de espera. Vamos dobrar a capacidade para 800. Tenho certeza que esse trabalho vai mudar o presente e o futuro dessas crianças. Vamos ter a capacidade, através do esporte, deixar essas crianças longe do crime, das drogas e da marginalidade", completou.

Histórico de Conteúdo