Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Sábado, 05 de Março de 2022 - 00:00

Com promessa de inovação, Salvador vai estrear Virada Esportiva em setembro

por Maurício Leiro / Nuno Krause

Com promessa de inovação, Salvador vai estrear Virada Esportiva em setembro
Foto: Max Haack / Secom PMS

A prefeitura de Salvador vai estrear, em 2022, o projeto da Virada Esportiva. O evento pretende reunir atletas de alto rendimento e de iniciação em toda a cidade, com um "conjunto de ações envolvendo as diversas modalidades esportivas, atividades físicas orientadas, utilização dos equipamentos públicos, praias, praças, dentre outros equipamentos de forma racional e segura, criando uma ambiência esportiva, de bem-estar e qualidade de vida na cidade". A informação foi publicada no Diário Oficial do Município (DOM) desta quinta-feira (3). 

 

De acordo com o diretor de esportes da Secretaria Municipal de Promoção Social, Combate a Pobreza, Esporte e Lazer (Sempre), Felipe Lucas, a ideia é realizar o evento em setembro. "O final de semana específico ainda não decidimos. Temos uma agenda intensa, e ainda estamos discutindo qual seria o melhor momento. Tudo ainda precisa ser validado pelo prefeito [Bruno Reis]", afirmou o gestor, em entrevista ao Bahia Notícias. 

 

A Virada Esportiva, destacou Felipe, é projeto que ainda não aconteceu em nenhuma cidade do país. "Tem eventos parecidos, como em São Paulo, Fortaleza. Mas como pretendemos fazer é algo inovador. Serão talvez 72 horas de eventos acontecendo de maneira concomitante", disse. 

 

Até o momento, a prefeitura instituiu um Grupo de Trabalho para desenvolver o projeto. A intenção é realizar estudos preliminares, elaborar da minuta do termo de referência e fazer a planilha orçamentária para implantação da Virada Esportiva em Salvador. 

 

Os atletas de alto rendimento que participarão do evento ainda não foram definidos. "Temos, dentro das federações, atletas que têm história no esporte. Pode acontecer de vir atletas de fora para competir. Já temos alguns nomes. Não tem nada certo, mas temos uma grade dentro de Salvador que tem nome no mercado", contou Felipe. 

Histórico de Conteúdo