Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Fifa faz alterações nas regras para empréstimos de jogadores
Foto: Divulgação / Fifa

A Fifa anunciou, nesta quinta-feira (20), mudanças nas regras de empréstimos de jogadores. A partir de agora, os clubes de futebol terão um limite no número de transferências e também na duração delas. 

 

A partir da temporada 2022/23, as equipes só poderão emprestar, no máximo, oito jogadores. Oito é também o número máximo de atletas que podem ser cedidos. Serão sete em 2023/24 e seis em 2024/25. 

 

Todos os jogadores de até 21 anos ficarão isentos dessas regras, assim como os que foram formados pelo clube de forma completa. 

 

"Com estas medidas, a FIFA quer desenvolver os jovens jogadores, promover o equilíbrio competitivo e evitar a acumulação de jogadores nos clubes, situação que tem sido cada vez mais frequente", diz o comunicado publicado pela entidade. 

 

A FIFA, que espera que as novas regras entrem em vigor em 01 de julho deste ano, vai também limitar o número de empréstimos entre os mesmos dois clubes, com um máximo de três jogadores para ceder ou receber.

 

As medidas fazem parte da reforma geral do sistema de transferências que o organismo iniciou em 2017, mas que foram atrasadas devido à pandemia da covid-19.

Histórico de Conteúdo