Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Brasil anuncia convocação para os Jogos Olímpicos de Inverno; confira os 11 nomes
Foto: Christian Dawes / COB

O Comitê Olímpico do Brasil (COB) anunciou, nesta segunda (17), por meio do Twitter, os onze integrantes da delegação que vai representar o país nos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim (China) que ocorrerão de 4 a 20 de fevereiro. Entre estreantes e veteranos, os brasileiros buscam o primeiro pódio na história em uma edição de inverno.  Os atletas que vão competir pelo Brasil estão espalhados por cinco modalidades: esqui cross country, esqui estilo livre, esqui alpino, skeleton e bobsled.  As informações são da Agência Brasil. 

 

 

A delegação brasileira possui alguns nomes experientes, como o de Jaqueline Mourão. A mineira de 46 anos vai para a oitava participação dela em Jogos Olímpicos, sendo seis de inverno e dois de verão (competiu no ciclismo mountain bike em Atenas 2004 e Pequim 2008, curiosamente onde volta a competir agora). Ela é um dos três nomes do esqui cross country, junto a Bruna Moura e Manex Silva. Mourão é a atleta brasileira com mais participações em Jogos Olímpicos.

 

Outro que retorna a Pequim depois de catorze anos - e com outro clima - é Jefferson Sabino. Em 2008, ele defendeu o Brasil no salto triplo. Agora, é um dos cinco integrantes do time brasileiro de bobsled, que também conta com Erick Vianna, Edson Martins, Rafael Souza e Edson Bindilatti. Este último vai à quinta Olimpíada de inverno da carreira. Ele declarou que esta será a derradeira.

 

Outros nomes da delegação são: Nicole Silveira, do skeleton, Michel Macedo, do esqui alpino e Sabrina Cass, do esqui estilo livre. Cass, de 19 anos, nasceu, cresceu e vive nos Estados Unidos, mas tem mãe brasileira. Competiu pela bandeira norte-americana por muito tempo - foi até campeã mundial juvenil em 2019 - mas passou a defender o Brasil no fim de 2021. 

 

Segundo o cronograma do Comitê Olímpico do Brasil (COB), a partir do dia 20 integrantes da equipe operacional começam a viajar para a China, para fazer os preparativos nas duas vilas olímpicas que receberão atletas do país, em Yanqing (onde ficarão o bobsled, esqui alpino e skeleton) e Zhangjiakou (casa do esqui cross country e esqui estilo livre). A terceira vila, em Pequim, não terá nenhum atleta do Brasil. Ainda de acordo com o COB, a previsão é que os primeiros atletas brasileiros cheguem a partir do dia 27 e a delegação esteja completa no dia 29.

 

O Brasil esteve presente nas últimas oito edições dos Jogos Olímpicos de Inverno, a partir de 1992, mas nunca obteve um pódio. A maior delegação que o país já levou à competição foi em Sochi, na Rússia, em 2014, quando contou com 13 atletas.

Histórico de Conteúdo