Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Abel critica calendário e cita desgaste ao justificar empate do Palmeiras com Bahia
Foto: Enaldo Pinto / Ag. Haack / Bahia Notícias

O técnico Abel Ferreira criticou o inchado calendário do futebol brasileiro após o empate do Palmeiras com o Bahia em 0 a 0, na noite desta terça-feira (12), na Arena Fonte Nova, pela 26ª rodada do Campeonato Brasileiro. O treinador português citou o desgaste físico do Verdão ao justificar o resultado da partida.

 

"Fizemos um primeiro tempo bem equilibrado, mas na segunda parte, o fator de desequilíbrio foram dois. Primeiro: é desumano o que fazem com os jogadores aqui. Tenho que os defender, é desumano. Ficamos sem mais dois jogadores (lesionados). Já temos poucos, ficamos sem mais dois. Volto a dizer. É desumano o que fazem aqui. Depois da expulsão ficou ainda mais difícil", comentou na entrevista coletiva.

 

O Palmeiras não sofreu gol após cinco jogos sendo vazado. Nesta terça, o Verdão conseguiu segurar o bombardeio do Tricolor, principalmente no segundo tempo.

 

"É um ponto positivo, não sofrer gols dá sempre confiança à equipe, procuramos isso há algum tempo. E volto a dizer, quando temos o elenco completo, disponível, somos uma equipe fortíssima e competitiva. Os rapazes hoje, não tendo um grande entrosamento, bateram bem, se sacrificaram", destacou Abel.

 

O Palmeiras é o quarto colocado na tabela de classificação do Campeonato Brasileiro com 40 pontos. Com 27, o Bahia é o 17º, com um a menos para sair da zona de rebaixamento. Na 27ª rodada, o Verdão recebe o Inter, no Allianz Parque, no próximo domingo (17), às 16h. Na véspera, sábado (16), às 21h, o Tricolor encara o América-MG, no Independência.

Histórico de Conteúdo