Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Em mais uma noite pouco inspirada, Seleção de Tite sofre contra a Venezuela, mas vence
Marquinhos marcou o primeiro gol do Brasil | Foto: Lucas Figueiredo / CBF

A noite sul-americana da Seleção Brasileira de Tite foi, mais uma vez, pouco inspirada. Com mudanças na escalação que costuma levar a campo e sem Neymar, o time brasileiro sofreu para vencer a Venezuela por 3 a 1, de virada. O duelo aconteceu em Caracas, pela 11ª rodada das eliminatórias para a Copa do Mundo de 2022.

 

O gol marcado por Soteldo, de 1,60m, de cabeça, aos 10 minutos do primeiro tempo, foi apenas o sétimo da Venezuela, pior ataque da competição. Apesar do "contratempo", originado de um escorregão duplo - de Fabinho e Thiago Silva -, o Brasil conseguiu a recuperação.

 

Primeiro aos 26 minutos da etapa final, com Marquinhos, de cabeça, com o empate. Depois, aos 39, em cobrança de pênalti, Gabigol ampliou. Já no apagar das luzes, aos 50 minutos, Anthony deu números finais à vitória canarinho. 

 

O aproveitamento de 100% segue, e o Brasil chega a 27 pontos, completamente isolado na liderança, apesar do desempenho. A Seleção de Tite volta a campo no no próximo domingo (10), contra a Colômbia, em Barranquilla, às 18h. No dia 10 de outubro, enfrenta o Uruguai, na Arena da Amazônia, às 21h30. 

Histórico de Conteúdo