Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Terça, 14 de Setembro de 2021 - 13:47

Robson diz que boxe é 'sujo' e que luta contra adversário 'dopado' não deveria acontecer

por Leandro Aragão

Robson diz que boxe é 'sujo' e que luta contra adversário 'dopado' não deveria acontecer
Foto: Leandro Aragão / Bahia Notícias

O baiano Robson Conceição disse nesta quarta-feira (14) que o boxe profissional é sujo. O pugilista foi derrotado na madrugada do último sábado (11) para o mexicano Óscar Valdez em decisão polêmica dos jurados na disputa pelo cinturão dos super-penas do Conselho Mundial de Boxe (WBC, na sigla em inglês), realizada em Tucson, nos Estados Unidos (veja aqui). Ele ainda criticou os organizadores da modalidade por permitirem uma luta onde seu adversário havia sido flagrado duas vezes no doping por substâncias estimulantes para perda de peso (lembre aqui).

 

"Infelizmente o boxe tem uma máfia. O boxe profissional é muito sujo, eu não esperava que isso fosse acontecer, esse resultado injusto. Mas sigo firme e forte, de cabeça erguida. Estou pronto para outra. Tenho certeza que quando essa luta acontecer novamente, o resultado será mais uma vez positivo", afirmou durante entrevista ao programa Jogo Aberto, da TV Band Bahia. "Essa luta já começou totalmente errada, porque ele foi pego no doping duas vezes, deveria ser banido, tomar uma suspensão mínima de dois anos e perder o cinturão. Mas como é o queridinho da Wada, da Top Rank, da WBC, queriam vê-lo campeão, então já entramos com um ponto negativo aí. Não deveria ter acontecido essa luta, mas para mim era a oportunidade de minha vida, de mudar a vida da minha família conquistando esse primeiro cinturão mundial e assim dar continuidade. Eu tive que lutar, não tive escolha. Mesmo assim surpreendemos o campeão, saímos vitoriosos, só não voltamos para casa com o cinturão", disparou.

 

Além disso, um dos juízes da luta, Stephen Blea admitiu que errou na nota dada em um dos assaltos (confira aqui). Ele reconheceu não ter conseguido assistir a luta por um bom ângulo e acabou não vendo alguns golpes do baiano, e ainda falou ter sido influenciado pela reação dos torcedores do mexicano que estavam no local. No entanto, o juiz afirmou que não mudaria o resultado final, já que o desempate pende para ser do campeão e Valdez é quem detinha o cinturão. 

 

O staff de Robson Conceição entrou com uma queixa formal na WBC pedindo uma revanche imediata contra Valdez (leia aqui). A outra opção seria alçar o baiano à primeira colocação no ranking, o que forçaria uma luta entre os dois, já que o mexicano é dono do título. Robson se disse pronto para lutar a qualquer momento.

Histórico de Conteúdo