Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Terça, 03 de Agosto de 2021 - 11:30

Vitória do Brasil nos pênaltis coroou quem buscou passar de fase, diz Jardine

por Leandro Aragão

Vitória do Brasil nos pênaltis coroou quem buscou passar de fase, diz Jardine
Foto: Lucas Figueiredo / CBF

Para o técnico André Jardine, o Brasil mereceu a classificação à final do futebol masculino nos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020. Nesta terça-feira (3), a seleção brasileira venceu o México por 4 a 1 nos pênaltis, após empatar em 0 a 0 na prorrogação, pela semifinal.

 

"O time do México tem um grande nível. Para nós foi um jogo com cara de final também. Uma equipe que se defende muito bem, perigosa nos ataques, nos flancos com jogadores muito rápidos, muito dribladores. Nos exigiu uma concentração muito grande para não falhar em nenhum momento. Eles usam muito a bola longa, a bola raspada, a bola de pivô. É um time que não arrisca atrás, não corre riscos. A gente está de parabéns pelo jogo que fizemos. Foi sólido, corremos poucos riscos dentro do que a gente sabia que correria, mas fizemos um jogo procurando o gol o tempo todo, fazendo por merecer. A classificação nos pênaltis, na minha opinião, coroa a equipe que desde o primeiro momento procurou passar de fase e vencer o jogo", afirmou na entrevista ao canal SporTV.

 

Jardine revelou o sofrimento sentido durante a disputa dos pênaltis. Porém, ele sempre acreditou na classificação do Brasil.

 

"Demais! É o que falei para eles na preleção e o sentimento que tive nas cobranças. A gente se cobra muito para merecer. E ao final o sentimento era de que a gente merecia. Se tinha algum time para passar, tinha que ser o nosso pelo merecimento. Nas minhas experiências, sempre que a gente atinge esse merecimento dentro do jogo, as coisas acontecem nos pênaltis também", disse.

 

O adversário do Brasil na final será a Espanha, que venceu o Japão na outra semifinal. A decisão do ouro acontece no sábado (7), às 8h30 no horário de Brasília, no estádio Yokohama.

Histórico de Conteúdo