Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Terça, 03 de Agosto de 2021 - 10:15

Goleiro Santos é exaltado na classificação do Brasil à final do futebol masculino

por Leandro Aragão

Goleiro Santos é exaltado na classificação do Brasil à final do futebol masculino
Foto: Divulgação / Tokyo 2020

Com uma atuação de destaque, o goleiro Santos foi um dos principais responsáveis por colocar a seleção brasileira na final do futebol masculino dos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020. Nesta terça-feira (3), o arqueiro fez duas defesas importantes e ainda pegou um pênalti na vitória do Brasil sobre o México nas penalidades por 4 a 1, após o empate sem gols na prorrogação. O camisa 1 foi elogiado após a vitória do time Canarinho.

 

"O Santos nos salvou durante o jogo e durante os pênaltis também. Hoje foi o dia dele. Parabenizá-lo pela excelente partida que ele fez", afirmou Richarlison em entrevista ao SporTV.

 

Santos foi convocado pelo técnico André Jardine para ser um dos três jogadores acima dos 24 anos na seleção. Para o treinador, o goleiro está no nível de Alisson, Ederson e Weverton, que marcam presença constante na lista de Tite no selecionado principal.

 

"É goleiro de seleção principal. Hoje a seleção principal está muito bem servida nessa posição, os três que lá estão são do mais alto nível e, para mim, o Santos vem junto buscando seu espaço também. Essa oportunidade que teve aqui é para mostrar que ele tem nível para estar lá também, tem nível para estar aqui. É o melhor goleiro tinha à disposição e vai fazer a diferença para a gente", disse o comandante. 

 

Bruno Guimarães foi outro que exaltou o goleiro. Os dois atuaram juntos no Athletico-PR antes do meia ser contratado pelo Lyon, da França. No Furacão, eles foram campeões da Copa do Brasil e Sul-Americana.

 

"Santos é um fenômeno. É uma pessoa ímpar, um ser humano sensacional, pessoa da melhor qualidade. É um goleiro extremamente frio, dificilmente faz defesa difícil, porque está sempre bem posicionado. Pra mim, é um craque da posição. Estou muito feliz por ele, é um irmão para mim. Conseguimos conquistar diversos títulos no Athletico-PR juntos. Conheço toda a caminhada dele. Um cara que trabalhou muito e merece tudo isso", elogiou.

 

O adversário do Brasil na final será o vencedor do confronto entre Japão e Espanha, que se enfrentam desde às 8h desta terça. Neste momento, o jogo está empatado em 0 a 0 na prorrogação. A decisão do ouro acontece no sábado (7), às 8h30 no horário de Brasília, no estádio Yokohama.

Histórico de Conteúdo