Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Terça, 06 de Abril de 2021 - 16:30

Vicente Grillo deixa o Jacuipense e se torna scout do Atlético Mineiro

por Glauber Guerra / Milena Lopes

Vicente Grillo deixa o Jacuipense e se torna scout do Atlético Mineiro
Foto: Renan Oliveira / Jacuipense

Após seis anos de trabalho no Jacuipense, Vicente Grillo, que atuava como coordenador das divisões de base, está deixando o clube. A convite de Alessandro Brito, coordenador de mercado do Atlético Mineiro, o profissional irá assumir o cargo de Scout na região Nordeste para o Galo.

 

“Nós temos relação desde a época que o Alessandra foi o coordenador de mercado do Atlhetico Paranaense. O clube tinha uma parceria com o Jacuipense, no qual eu estava como coordenador, e trabalhei com o Alessandro diretamente há cinco anos atrás, mais ou menos”, explicou Vicente Grillo. “A gente sempre manteve o contato e agora, há pouco tempo, ele assumiu no Atlético Mineiro esta função e fez o convite. Me senti lisonjeado e é fruto do trabalho que a gente, junto com o Jacuipense, vem construindo”

 

Ele explicou que na função de Scout no Nordeste ele estará analisando jogos e monitorando jogadores na região em busca de reforços para as equipes profissional e da base do Atlético Mineiro.

 

“É um desafio muito importante e uma responsabilidade gigante. Você selecionar jogadores em uma região do país para um clube grande”, destacou o coordenador do Leão do Sisal, que já possui 15 anos de experiência trabalhando no futebol. 

 

“Sou muito grato ao Jacuipense, aos anos de trabalho, bloco em cima de bloco, construindo devagarzinho e as coisas foram acontecendo. Como eu disse ao grupo de jogadores ontem e aos nossos colaboradores, o Jacuipense não vem só revelando atletas, mas também profissionais. Então, a gratidão é imensa, até porque se não fosse o Jacuipense, eu não teria esse relacionamento com o pessoal e também não estaria tendo essa oportunidade”, finalizou Vicente.

Histórico de Conteúdo