Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

UFC: Amanda Nunes pretende levar filha para mais uma defesa de cinturão
Foto: Reprodução / Instagram

A lutadora Amanda Nunes vai subir no octógono pela primeira vez após o nascimento da filha Raegan com a companheira Nina Ansaroff. No próximo sábado (6), a baiana coloca em jogo o seu cinturão dos pesos-pena (até 66kg) contra a australiana Megan Anderson, no UFC 259, em Las Vegas. Ela pretende levar sua cria, de cinco meses, para o cage.

 

"Já fiz tudo o que queria no esporte. Sou muito grata à vida, ao criador do Céu e da Terra, que me deu essa oportunidade de viver tudo isso. Daqui para frente é mais para ter fotos, memórias com a minha filha e, de alguma forma, ajudar, é como sempre falo: vou subir ali e mostrar a todo mundo que, apesar de ser gay, posso ter uma filha, entendeu? Posso ter uma filha, posso passar o amor, que é o mais importante, posso ter uma família independente se é mulher com mulher, homem com homem, homem com mulher. Esse é um momento muito importante que vou ter minha família dividindo isso", afirmou. "Agora é questão de memórias, né? Quero ter essa memória para levar, para ter com ela. Se rolar - não sei como está o lance da Covid-19 - de levá-la no cage e tirar umas fotos seria muito especial também, depois da luta. Já estou contando depois da luta porque sei que vou sair de lá com a vitória. São momentos que quero mostrar para ela quando crescer", completou.

 

Amanda Nunes está invicta no UFC desde setembro de 2014, quando engatou 11 vitórias seguidas, sendo oito delas defendendo os dois cinturões. Além do título dos pesos-pena, ela também é a campeã dos pesos-galo (até 61kg). Já sua adversária, Megan Anderson acumula 10 vitórias e quatro derrotas.

Histórico de Conteúdo