Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

O que resta ao torcedor do Bahia é 'crer que o time pode mudar', diz Matheus Barbaço
Foto: Reprodução / YouTube Sou Mais Bahia

“Esperançoso, porém preocupado”, foi como Matheus Barbaço, influenciador e produtor de conteúdo no canal Sou Mais Bahia, descreveu que está se sentindo como torcedor do Bahia neste momento. Em entrevista ao programa BN na Bola da Rádio Salvador FM 92.3, com apresentação de Emídio Pinto, Glauber Guerra e Ulisses Gama, Matheus Barbaço comentou sobre a situação do Tricolor, os problemas que o time está enfrentando e falou do seu trabalho entre torcedor e formador de opinião.

 

“Vejo com muita preocupação [a situação da equipe], acho que as coisas acabaram desandando e isso não é de agora, essa fase ruim do Bahia”, comentou o influenciador. “Estou muito preocupado porque a atuação vai muito além de uma questão técnica. [...] O time trocou de técnico três vezes e não andou ainda, então não são só os requisitos técnicos e táticos. Falta entrega dos jogadores e quem está a frente precisa de mais competência”, completou.

 

Matheus Barbaço ainda explicou o motivo que, na sua opinião, fez o Bahia chegar na situação atual: de um time que vinha fazendo uma boa campanha até o início do ano passado e que hoje está na briga para não ser rebaixado para a Série B. 

 

“O grande problema ao longo desse processo foi a falta de iniciativa”, posicionou o torcedor. “É uma série de fatores, mas, principalmente, a competência em termos técnicos de gestão e de administração. Os trabalhos de Bellintani são inegáveis, até os mais críticos torcedores, fazendo comentários de forma construtiva ou não, reconhecem um bom trabalho dele”, justificou. “Mas muitos mandatários se cercam de pessoas que entendem mais da função, já possuem experiência e acho que faltou essa iniciativa para o Bellintani”, explicou o influenciador. 

 

Mesmo com a equipe brigando para se manter na elite do Campeonato Brasileiro, ele reforça que ainda tem esperanças das mudanças que o time está passando enquanto investe em melhores resultados. “Acho que nada se impõe sobre um trabalho bem feito. Dado Cavalcanti é competente e tem ainda muito o que corrigir. Eu espero que não seja tarde demais”, pontuou. 

 

Recém formado em Comunicação Social com habilitação em Relações Públicas, Matheus Barbaço comentou sobre o trabalho que vem fazendo com o canal no YouTube Sou Mais Bahia, explicando como surgiu o projeto e como está sendo lidar com a produção de conteúdo sobre o Esquadrão de Aço na briga pelo distanciamento do Z4. 

 

“Eu comecei muito jovem a acreditar no YouTube e com o simples intuito de aproximar o torcedor do Esporte Clube Bahia”, declarou. “A gente via como os veículos de fora tinham dificuldade de informar com profundidade e deixavam a gente no esquecimento e aproximar esse torcedor de fora do estádio, que já muito tempo que não frequenta, ou nunca teve essa oportunidade, é o que a gente proporciona”, explanou o produtor do canal, que possui mais de 88 mil inscritos, além de mais de 70 mil seguidores no Instagram. 

 

Questionado sobre como é ter o papel de informar e estar em contato com a torcida do Tricolor em um momento ruim da equipe, Matheus Barbaço contou como está sendo o trabalho e o que mudou desde o início do canal.

 

“Eu não sofro sozinho, mas é um sofrimento de torcedor que é potencializado. Primeiro você já vê o jogo numa tensão maior, não só porque o time não está no momento bom, mas por ter que dizer após o jogo que o time não está num momento bom. Mas é preciso tentar ser mais imparcial e racional e eu evoluí muito nesse sentido”, explicou o idealizador do Sou Mais Bahia, que existe desde 2016.

 

"Não é uma missão fácil não, torço para que a gente consiga um triunfozinho aí para ajudar”, brincou o produtor sobre o trabalho. “Agora que chegou o momento ruim, é fazer o que todo torcedor do Bahia sabe fazer que é crer que que o time pode mudar”, completou o influenciador.

Histórico de Conteúdo