Athletico-PR vendeu direitos de PPV para empresa durante MP 984 e desafia Globo
Foto: Reprodução / Instagram Athletico-PR

O Athletico-PR está em rota de colisão com a TV Globo. De acordo com o blog do jornalista Rodrigo Mattos, do "Uol Esporte", o Furacão vendeu seus direitos de transmissão do Pay-Per-View (PPV) para a empresa "Live Mode" durante a vigência da Medida Provisória 9848/2020, que dava exclusividade ao dono da casa sobre os direitos de transmissão dos jogos de futebol. A vigência da medida esgotou no dia 16 de outubro (lembre aqui). A Vênus Platinada é dona das exibições em PPV de todos os outros clubes que disputam a Série A do Brasileiro.

 

O Rubro-Negro paranaense é o único clube da elite do futebol brasileiro que não assinou contrato de PPV com a Globo. A diretoria do clube entende que enquanto a MP estivesse em vigência, poderia comercializar seus direitos de transmissão dos seus 19 jogos na Arena da Baixada pelo Brasileirão com qualquer empresa. Com isso, assinou contrato com a "Live Mode" até 2024 e as partidas são exibidas através do canal "Furacão Live". O torcedor da equipe paga R$ 25 por mês para poder assistir as partidas ao vivo.

 

Globo e Furacão já duelaram na Justiça pelas transmissões de jogos em outra plataforma. E o clube paranaense levou a melhor recebendo autorização enquanto a MP 984/2020 estivesse vigente. Porém, com a medida caducada novos embates jurídicos devem acontecer, desta vez incluindo a participação da empresa.

 

A "Live Mode" é uma empresa que tem como plataforma a "Live FC", que transmite a Copa do Nordeste e o Campeonato Paranaense.

Histórico de Conteúdo