Autorizado a jogar pelo Goiás, Fernandão diz que vai celebrar caso faça gol contra o Bahia
Foto: Divulgação/Goiás EC

Anunciado na última quinta-feira (14), Fernandão já está liberado para jogar pelo Goiás. O jogador de 33 anos teve seu contrato rescindido com o Bahia, assinou com o Esmeraldino e pode ter sua estreia pela nova equipe justamente contra o próprio Tricolor baiano na rodada do Brasileirão desta sexta (16).

 

O contrato de Fernandão é válido até o fim do Campeonato Brasileiro de 2020 que tem previsão para ser finalizado em fevereiro do ano que vem. Questionado sobre a possibilidade de estrear jogando contra o Esquadrão de Aço, ele pontuou que apesar de se comprometer com profissionalismo, agora defende o time goiano e que vai honrar e celebrar as conquistas com a nova camisa

 

“Nunca vai fugir do meu caráter o profissionalismo, hoje eu defendo as cores do Goiás e vou honrar esse time, esse clube e essa camisa até meu último dia aqui no clube”, declarou o jogador. 

 

“Tive uma passagem maravilhosa pelo Bahia em 2013, minha volta não foi como eu queria que fosse, mas agora eu estou no Goiás. Se eu entrar (em campo), vou honrar a camisa do Goiás, se eu fizer gol vou comemorar, porque hoje o time que eu defendo é o Goiás, sou profissional e tenho que respeitar não só clube, mas o torcedor também. Sou atacante, vivo de gol e já é difícil fazer, a gente tem que comemorar quando faz, independente da equipe”, completou.

 

Sobre a disputa de posição com Rafael Moura no novo time, o jogador comentou que sempre vai prevalecer o respeito e determinação sobre quem vai estar em campo para defender o Goiás.

 

“Tem que prevalecer o respeito entre os atletas. Respeito a história do Rafael, respeito tudo que ele conquistou no futebol e tudo que ele vem fazendo pelo Goiás. Todo atleta quer jogar e comigo não é diferente, eu quero jogar, mas vou respeitar, esperar minha oportunidade. Quero me preparar ao máximo para quando tiver a oportunidade poder ajudar, poder estar fazendo os gols e ajudar o Goiás”, destacou.

 

“Não vim aqui para atrapalhar ninguém, vim aqui apenas para ajudar, para somar, para estar junto com todo mundo. Fui muito bem recebido por todo aqui e tenho certeza que será uma disputa sadia, para sempre estar fazendo o melhor pelo Goiás. Então tenho certeza que quem o professor escolher vai fazer o melhor para poder ajudar o Goiás”, concluiu o jogador.

 

As equipes se enfrentam nesta sexta-feira (16), às 20h, no Estádio da Serrinha pela décima sexta rodada do Campeonato Brasileiro. O Alviverde é lanterna da competição com dois jogos a menos disputados e nove pontos somados. Já o Bahia está na primeira posição do Z4 com 15 pontos.

Histórico de Conteúdo