Terça, 22 de Setembro de 2020 - 11:30

Arnaldo Lira retorna ao Bahia de Feira para mudar atitude dos atletas: 'Precisa render'

por Leandro Aragão

Arnaldo Lira retorna ao Bahia de Feira para mudar atitude dos atletas: 'Precisa render'
Foto: Max Haack / Ag. Haack / Bahia Notícias

O técnico Arnaldo Lira assume o comando do Bahia de Feira no treino da tarde desta terça-feira (22). Ele retorna ao Tremendão visando o acesso à Série C, mas a primeira coisa será uma conversa com os jogadores para mudar a atitude em campo. A diretoria do clube feirense optou pela troca de treinador devido aos gols sofridos nos minutos finais de algumas partidas deixando escapar vitórias cruciais que causaram a perda do título baiano de 2019 e as eliminações no estadual e Copa do Brasil deste ano. 

 

"O principal objetivo é subir para a Série C. Hoje, depois de Bahia e Vitória, o clube que mais oferece condições de trabalho é o Bahia de Feira e portanto precisamos melhorar mais. Os jogadores precisam entender que o Bahia de Feira precisa ganhar, vencer. Logicamente vamos cobrar muito trabalho. Tenho grande amigos, mas quando a gente entra no campo para trabalhar, vai jogar sempre aquele que treina e se dedica mais. Estou muito feliz com essa oportunidade de voltar ao Bahia de Feira. Quando comecei foi bem no início e o Bahia de Feira cresceu, tem seu estádio e vamos crescendo cada vez que subir. Temos que ir para a Série C, depois para a B e depois entrar no cenário dos grandes clubes do futebol brasileiro", afirmou em entrevista ao programa Jornal de Esportes, da Rádio Subaé AM. "Os jogadores precisam entender que tem que mudar de atitude. Quem joga em time grande, como é o Bahia de Feira, tem que render. Não dá para continuar sem conseguir os resultados", completou.

 

Arnaldo Lira não terá muito tempo para fazer muitas mudanças no time. O primeiro desafio à frente do Tremendão será neste sábado (26), às 17h, contra o Villa Nova-MG, na Arena Cajueiro, pela segunda rodada da Série D. O time feirense perdeu na estreia para o Tupynambás-MG por 2 a 1, sofrendo a virada no final do jogo e vai tentar se reabilitar buscando sua primeira vitória na competição. 

 

"Tenho a vantagem de conhecer a maioria dos atletas ou que jogaram comigo ou jogaram contra. Alguns estão machucados. Devo chegar para o treino da tarde. Mas vou pedir para não exagerarem nos treinamentos para não machucar mais jogadores e termos um time forte no dia do jogo. Não tem necessidade em dar uma carga de treino em dois períodos. Chegando próximo ao jogo tem que diminuir para que eles cheguem descansados e façam um bom jogo para conseguirmos a primeira vitória na competição", finalizou.

Histórico de Conteúdo