Ceará volta aos treinos com apenas oito atletas; clube é 1º do Nordeste a retornar ao CT
Foto: Divulgação/Felipe Santos/cearasc.com

Na manhã desta segunda-feira (1), o Ceará voltou a treinar após 75 dias de paralisação, mas com apenas oito atletas sendo apresentados no CT de Porangabuçu. Seguindo medidas rígidas sobre o protocolo de saúde, a equipe é a primeira do Nordeste a voltar às atividades.  

 

Com quadro mínimo de funcionários e acompanhados pelo preparador físico Roberto Farias, os atacantes Cleber, Cristiano e Rodrigão, o meia Ricardinho, o volante Marthã, o lateral Alyson e os zagueiros Klaus e Tiago Pagnussat estiveram em campo no primeiro dia de retorno. Os atletas já foram testados para Covid-19 na semana passada e tiveram resultado negativo. O Ceará anunciou que, periodicamente, novos testes serão feitos na equipe. Nesta tarde, Guto Ferreira, técnico do time, se apresentou no CT para realizar os exames para o coronavírus. 

 

“Os treinos respeitam bastante o protocolo, preservando o distanciamento previsto. Daremos sequência aos testes e encerramos amanhã, à tarde. Só treinam aqueles que já têm resultado dos testes”, explicou Gustavo Pires, chefe do setor médico do Clube. Os que fizerem os exames hoje já treinam na quarta-feira. Durante essa fase de transição, nosso objetivo é testar todos os atletas, comissão técnica e funcionários”, completou. 

 

 

Com autorização do governo estadual, o Ceará é a primeira equipe do Nordeste a voltar às atividades presenciais após paralisação devido a pandemia. O Fortaleza, também um dos principais clubes do estado, volta a treinar nesta terça (2). Na Bahia, o Vitória aguarda resposta da Prefeitura de Salvador para retomar os treinos. Por enquanto, o Rubro-negro e o rival Bahia estão realizando os trabalhos com os atletas virtualmente.

Histórico de Conteúdo