Moser, ex-seleção de vôlei, critica postagem da ex-colega Ana Paula sobre protestos nos EUA
Foto: Reprodução / YouTube

A ex-jogadora de vôlei, Ana Moser, fez uma publicação através do seu Twitter criticando o posicionamento da antiga colega de equipe, Ana Paula Henkel, na mesma rede social, sobre os protestos antirracismo e antifascismo que estão acontecendo nos Estados Unidos. As ex-atletas possuem opiniões políticas distintas e já trocaram farpas em outras ocasiões. 

 

Em postagem feita no último domingo (31), Ana Paula comentou: “O que está acontecendo nos Estados Unidos não é mais protesto, é terrorismo doméstico. E a Antifa vai afundar o Black Lives Matter”. No mesmo dia, ela voltou a publicar sobre o assunto citando a declaração do presidente norte-americano, Donald Trump, de que a Antifa seria designada como uma organização terrorista.

 

Em resposta ao posicionamento da ex-colega de equipe, Ana Moser publicou: “Aí a criatura fica quieta por um puta tempo enquanto morreu #GeorgeFloyd e estourou revolta que uniu brancos, pretos e todas as cores. Nos EUA e também no Brasil que tem João Pedro + tantos outros e gente na rua também. Ainda não tinha orientação para a narrativa”. 

 

A postagem de Moser é em defesa aos protestos que foram iniciados no país após um policial branco na cidade de Minneapolis, nos Estados Unidos, matar George Floyd, ex-segurança negro, asfixiado. O movimento está nas ruas norte-americanas há seis dias e já espalhou uma onda de protestos em outros países do mundo, como no Brasil. 

 

A ex-jogadora ainda postou as publicações de Ana Paula como imagem e criticou: “12h atrás solta [print 1], junto com outros perfis amestrados, dando o tom da narrativa para a qual foram orientados, preparando a notícia que acabou saindo faz poucos minutos [print 2]. Muita “convergência” e “análise” pro meu estômago. Acredita quem quiser”, completou. 

 

As ex-atletas olímpicas disputaram juntas as Olimpíadas de Barcelona, em 92, e de Atlanta, em 96, pela seleção feminina de vôlei, sendo medalhistas de bronze na última. 

 

Confira postagens das ex-atletas sobre os protestos.

Histórico de Conteúdo