Sobrou para Rui: Atlético-MG é eliminado e governador da Bahia sofre ataque nas redes
Foto: Divulgação / Governo da Bahia

Nesta quinta-feira (27), pelo Twitter, a jornalista mineira Lohanna Lima informou aos seus seguidores que, devido à eliminação do time da Copa do Brasil para o Afogados-PE, o Atlético-MG resolveu demitir parte de sua cúpula, incluindo o diretor de futebol Rui Costa.

 

A profissional não poderia imaginar que seu flash serviria de matéria prima para a indústria de destruição de reputações da web. A conta @PatriotaRuy, possivelmente de um robô vinculado a palavras específicas, misturou as bolas e atacou o governador baiano: “Rui Costa? Pode esperar que a hora vai chegar...”. O fato mostra como funcionam as milícias digitais que atacam, muitas vezes sem lógica alguma, quem se posiciona de forma crítica ao governo federal. A ex-candidata a vice-presidente da República, Manuela d´Ávila, se manifestou via Instagram: “Mais uma dos robôs em ação”, disse.

 

Rui Costa (PT), o governador, também foi às redes: “Sou baiano. Torço pelo BAHIA. E torço sempre pelo sucesso do futebol do nosso estado... Quando a gente fala que existe um exército de robôs espalhando fake news e ameaçando a democracia brasileira... Quem financia isso? Vale aqui relembrar as palavras do Papa Francisco: "Vivemos num ambiente poluído por muita violência verbal, por muitas palavras ofensivas e nocivas, que a internet amplifica. Hoje, se insulta como se dissesse bom dia.”

 

Além de Rui Costa, o dirigente, foram demitidos do Atlético o técnico venezuelano Rafael Dudamel e gerente de futebol, Marques (leia mais aqui).

 

Confira o tweet do governador Rui Costa:

 

Histórico de Conteúdo