Odair Hellmann minimiza revés do Inter na Copa do Brasil: 'Melhor um do que dois'
Foto: Ricardo Duarte / Internacional

O técnico Odair Hellmann minimizou a derrota do Internacional para o Athletico-PR no jogo de ida da final da Copa do Brasil. O Colorado perdeu a partida para o Furacão, por 1 a 0, na noite desta quarta-feira (11), na Arena da Baixada. O treinador confia no poder de reação do time gaúcho para o duelo decisivo no Beira-Rio.

 

"Foi uma grande defesa do Lomba. O 2 a 0 realmente cria mais dificuldades. Foi importante, mas defesas importantes, situações importantes. Também tivemos possibilidades de fazer o gol, mas não conseguimos. Que bom que o Lomba fez aquela defesa. Temos que fazer muito mais a diferença. Ocorreu contra o Flamengo o 2 a 0. Fizemos o 1 a 0 e fomos para cima, mas é um jogo de risco. Dentro da situação de buscar o segundo, tomamos o contra-ataque. Que bom que não entrou e ele fez a defesa. Perdemos, mas melhor o um do que o dois", afirmou na entrevista coletiva.

 

O lance de Lomba que Odair se refere aconteceu aos 27 minutos do segundo tempo, quando o placar já mostrava 1 a 0 para o Athletico-PR. O atacante Rony arrancou pelo meio, passou por três marcadores e chegou na área. Ele chutou forte para a bela defesa do ex-goleiro do Bahia, com a mão direita, que evitou o gol dos donos da casa.

 

A finalíssima da Copa do Brasil será na próxima quarta (18), às 21h30. Odair Hellmann destacou a importância de decidir o título do torneio em casa. Para se campeão, o Inter precisa vencer por dois gols de diferença. A repetição do 1 a 0, mas favorável ao Colorado leva a disputa para os pênaltis.

 

"O mais importante é que a final seja no Beira-Rio. O jogo ocorrerá lá. Serão mais 90 minutos. Que a gente mantenha nosso padrão em casa, com a nossa torcida. Nós lá somos muito fortes. Temos certeza que o Beira-Rio estará lotado e entregará a alma", disse.

Histórico de Conteúdo