Uelliton revela propostas, diz que prioriza Jacuipense, mas não descarta saída do clube
Foto: Leandro Aragão / Bahia Notícias

O volante Uelliton, 32, ainda não sabe se continuará no Jacuipense para a próxima temporada. Após conquistar o acesso com o clube para a Série C do Campeonato Brasileiro, o experiente jogador revelou ter recebido duas propostas, diz que prioriza o Leão do Sisal, mas não descarta uma saída.

 

“Tive duas propostas. Uma de Minas Gerais e outra de Santa Catarina. Um amigo me ligou e eu falei para ele que as propostas eram boas, mas na verdade minha prioridade era continuar no Jacuipense, até porque criei um carinho imenso pelo clube, pela cidade e pela torcida. Mas possa ser que eu vá embora”, explicou em entrevista ao Bahia Notícias.

 

“Não aceitei nenhuma das propostas para dar prioridade ao Jacuipense,mas se o clube não quiser, vida que segue. Dei meu melhor sempre, trabalhei, nunca faltei treino e nem cheguei atrasado. Sempre fui assim minha carreira toda”, completou.

 

No Jacuipense desde o início de 2018, o jogador afirmou ainda não ter sido procurado pelo clube para tratar de uma renovação. “Desde que terminou à Série D, ninguém falou com ninguém ainda. Na verdade, não sei qual é o pensamento deles o que eles querem, se querem continuar comigo ou não. Acho bem difícil, até porque o planejamento deles é colocar os mais jovens para jogar”, explicou. Ao Bahia Notícias, o presidente do Conselho Deliberativo, Felipe Sales, disse que a diretoria ainda não trata sobre um novo acordo com o volante (veja aqui).  

 

Uelliton diz não ter pressa para definir seu futuro, mas diz manter conversas com outros clubes: “Ainda é setembro, tem muito tempo até novembro, quando os times menores contratam e se apresentam. Tenho sempre que estar em contato com alguém, porque se não surgir a possibilidade de renovação, tenho que ir para outro lugar o quanto antes”, concluiu.

 

Caso deixe o Jacuipense, Uelliton destaca o sentimento de dever cumprido ao fazer parte do elenco que conquistou o acesso nacional pelo Jacuipense: “Foi algo inédito para nós jogadores, e principalmente para o clube e para torcida que tanto esperou por esse momento. Acho que os torcedores comemoram até hoje (risos)... E o clube estava merecendo. A cidade de Riachão [do Jacuípe] precisava disso”.

 

Experiente, o jogador acumula passagens por clubes como o Vitória, Bahia, Cruzeiro e Avaí. Em 2020, o Jacuipense irá disputar o Baianão e à inédita Série C do Brasileiro.

Histórico de Conteúdo