Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Baiano ídolo do Fluminense, ex-atacante Washington morre em Curitiba
Washington e Assis | Foto: SporTV
O ex-atacante Washington Cesar Santos morreu na manhã deste domingo (25) em Curitiba. O ex-atleta sofria de esclerose lateral amiotrófica (ELA), doença degenerativa ainda sem cura, e faleceu em casa, onde estava internado, aos 54 anos.
 
O baiano de Valença foi ídolo de clubes como Atlético-PR e Fluminense, mas começou sua carreira no Galícia. A notícia foi lamentada pelo técnico Cristóvão Borges, do Fluminense.
 
"Quando ele veio para o Fluminense, eu fui para o Atlético-PR na transação. Sabia da história dele no Fluminense - um grande artilheiro, decisivo em momentos importantes. Estamos todos bastante tristes. Desejamos conforto à família dele, que todos se restabeleçam. Todos os tricolores estão muito tristes com o que está acontecendo", declarou o treinador.
 
No Atlético-PR, Washington fez dupla com Assis, consagrada pela conquista do Estadual de 1982. Em 1983, os dois jogadores se transferiram para o Fluminense, o que levou a torcida a conhecê-los como "Casal 20", em referência a um programa de televisão da época. No tricolor, Washington foi tricampeão carioca (1983, 1984 e 1985), além de conquistar o Campeonato Brasileiro de 1984. Ele encerrou a carreira em 1996, quando defendia o Foz do Iguaçu (PR).


Histórico de Conteúdo