Zagueiro titular do Paraná é afastado por indisciplina e não encara o Vitória
Foto: Rodrigo Sanches/ Paraná Clube

O Paraná afastou o zagueiro Cleber Reis por uma falta disciplinar considerada como grave. Ele seria titular da zaga do time curitibano contra o Vitória nesta quarta-feira (18), pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro, e não viajou com a delegação para Salvador, nesta terça (17). O clube não informou o prazo da punição ao zagueiro, que também foi multado.

 

Cleber Reis assumiu a titularidade na defesa do Tricolor paranaense após a saída de Neris, negociado com o futebol português. Formando dupla com Rayan, ele disputou os dois amistosos realizados pela equipe durante a parada para a Copa do Mundo da Rússia. Para o duelo contra o Leão, Charles deverá ser escalado na defesa. O provável time titular do Paraná para o desafio em Salvador será: Thiago Rodrigues; Junior, Charles, Rayan e Igor; Alex Santana, Leandro Vilela e Carlos Eduardo (Caio Henrique); Silvinho, Raphael Alemão e Léo Itaperuna (Thiago Santos).

 

Cleber Reis chegou no Paraná em abril deste ano vindo do Santos, por empréstimo, e era considerado um dos principais nomes do pacote de reforços do clube para a disputa do Brasileirão. Apesar da experiência em Série A adquirida na passagem pelo Coritiba, no ano passado, ele não conseguiu se firmar sob o comando do técnico Rogério Micale, perdendo espaço para Neris. Além da saída do titular, Cleber Reis ainda não teve a concorrência de Jesiel, que se recupera de lesão.

 

A partir entre Vitória e Paraná está marcada para às 20h, no Barradão. O Tricolor paranaense está na zona de rebaixamento, ocupando a 18ª colocação com 10 pontos na tabela de classificação. Fora da degola, na 16ª, o Leão tem dois a mais.

Ex-Vitória, Matuzalém conclui curso de formação de treinadores da UEFA
Matuzalém, no meio da fileira de baixo | Foto: Reprodução/ Twitter

Ex-jogador de futebol, Matuzalém concluiu o curso de formação de treinadores promovido pela UEFA. A turma do brasileiro, de 38 anos, tinha nomes de peso no futebol mundial como o argentino Gabriel Batistuta e o italiano Andrea Pirlo. Além deles, também se formaram Thiago Motta, Daniele Bonera, Paolo Cannvaro, Matteo Contini, Alberto Gilardino, Paolo Montero e Jose Chamot.

 

Matuzalem foi revelado pelo Vitória em 1997. Vestindo a camisa do Leão, ele foi campeão baiano e do Nordeste em 1999. Naquele mesmo ano, também conquistou o Mundial Sub-17 pela Seleção Brasileira. Na Europa, ganhou destaque no Shakhtar Donetsk, da Ucrânia, onde atuou entre 2004 e 2007 e na Lazio, da Itália, jogando entre os anos de 2008 e 2013. O último clube que o contratou como jogador foi o Miami FC, dos Estados Unidos, em 2016.

Terça, 17 de Julho de 2018 - 12:55

Recuperado de lesão, Douglas participa de treinamento no Fazendão

por Ulisses Gama

Recuperado de lesão, Douglas participa de treinamento no Fazendão
Foto: Felipe Oliveira / Divulgação / EC Bahia

Enquanto o Bahia está no caminho para Chapecó, onde enfrentará a Chapecoense na próxima quinta-feira (19), os jogadores que não foram relacionados treinaram no Fazendão na manhã desta terça-feira (17). A grande novidade foi a presença do goleiro Douglas, que se recuperou de uma lesão no cotovelo e participou de um trabalho sob a orientação do assistente Ailton da Hora.

 

No campo 1 do centro de treinamento, o auxiliar técnico Cláudio Prates comandou uma atividade técnica com bola. O zagueiro Jackson e outros atletas da divisão de base estiveram no trabalho. Na academia, o lateral Bruno e o atacante Gilberto aprimoraram a parte física. Os dois vão viajar para o Sul e compor o elenco do Esquadrão de Aço.

 

Fora do trabalho, o atacante Kayke deu seguimento ao processo de recuperação de uma lesão na coxa.

 

A equipe segue o trabalho para a partida nesta quarta-feira (18), às 15h, no centro de treinamento da Chapecoense.

Jandrei deve ser titular da Chape contra o Bahia após transferência ser cancelada
Foto: Sirli Freitas / Chapecoense

A Chapecoense deverá ter o retorno do goleiro Jandrei ao time titular no compromisso contra o Bahia, na quinta-feira (19), pelo Campeonato Brasileiro. O duelo, marcado para às 19h30, na Arena Condá, é válido pela 13ª rodada da competição. O arqueiro da Chape esteve próximo de uma transferência para a Sampdoria, da Itália, inclusive já havia se despedido de jogadores e funcionários do clube. No entanto, após uma reviravolta, ele segue em Chapecó. O presidente Plínio David De Nes Filho, o Maninho, explicou o desfecho da negociação.

 

"Na sexta-feira da semana passada, de comum acordo, Jandrei, seu pai e seus procuradores, entendemos que ele fica na Chape até o final do ano sem nenhuma alteração. O Jandrei concordou com a renegociação que fizemos com ele. Para nós é importante a permanência porque sempre foi uma peça fundamental no esquema do grupo. Dou por encerrado o tema venda do Jandrei", disse durante entrevista coletiva concedida na última segunda (16).

 

Segundo o mandatário da Chape, o clube italiano apresentou uma proposta de 2,5 milhões de euros. Porém, não houve consenso no clube catarinense. Jandrei ficou de fora do amistoso contra o San Lorenzo, da Argentina, disputado na última quarta (11) e não participou dos treinamentos nos dois dias seguintes. Paralelamente a isso, a imprensa italiana divulgou que a Sampdoria não esperaria pelo goleiro brasileiro e que havia chegado a um acordo com Emil Audero, goleiro de 21 anos, da Juventus, que fez boa temporada na Série B do país, pelo Venezia. "A Chapecoense não aceitou a proposta na quarta-feira. A Chapecoense deu a resposta em uma outra data", explicou.

 

A negociação estava encaminhada. A Chape, que tinha apenas 60% do passe de Jandrei, já havia acertado com o Tubarão, detentor dos outros 40%, para adquirir todos os direitos. Mas, com a venda cancelada, a compra também não será feita. Para continuar com Jandrei, a Chape ajustou o salário do atleta, que também receberá luva pelo novo acordo. Maninho ressaltou na entrevista que o acerto "está dentro das condições da Chapecoense e não atrapalham o orçamento". Já o goleiro se disse feliz por seguir defendendo o clube de Chapecó.

 

"Chegamos a um acordo para eu permanecer na Chapecoense. Fico feliz por isso, é bom que a gente resolve uma situação que se alastrou por muito tempo, poderia ser resolvido antes. No futebol não sabemos o que uma negociação vai acabar acontecendo. Meu empenho e comprometimento não mudaram, por mais que tivesse a negociação. Independente de negociação, de especulação", declarou. "Frustrado jamais. Há um, dois anos eu estava em casa parado, desempregado. Frustração vem daí, de não ter onde trabalhar, de não ter onde tirar o sustento da família. Estou feliz aqui, vou trabalhar para melhorar sempre. Desde o primeiro momento falei que sairia se fosse bom para mim e para a Chapecoense. Em momento algum pensei só em mim", completou.

 

A Chapecoense ocupa a 14ª colocação com 14 pontos na tabela de classificação. Com dois pontos a menos, o Bahia aparece na zona de rebaixamento, em 17º.

Terça, 17 de Julho de 2018 - 12:05

Marcelo Meli entra no BID e pode estrear pelo Vitória contra o Paraná

por Glauber Guerra

Marcelo Meli entra no BID e pode estrear pelo Vitória contra o Paraná
Foto: Maurícia da Matta/ Divulgação / Vitória

Novo contratado do Vitória, o volante Marcelo Meli já reúne condições legais de estrear pelo Rubro-Negro baiano. O argentino teve o seu nome publicado nesta terça-feira (17) no Boletim Informativo Diário (BID) da Confederação Brasileira de Futebol (CBF). Desta forma, ele está a disposição do técnico Vagner Mancini para o confronto diante do Paraná, quarta (18), às 21h, no Barradão, válido pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro. Meli tem 26 anos e foi cedido por empréstimo pelo Racing, da Argentina, até junho do ano que vem. O atleta ainda acumula passagens pelo Boca Juniors (ARG) e Sporting, de Portugal. 

Terça, 17 de Julho de 2018 - 11:45

Anderson renova contrato com o Bahia até maio de 2019

por Ulisses Gama

Anderson renova contrato com o Bahia até maio de 2019
Foto: Felipe Oliveira / Divulgação / EC Bahia

Atual titular da meta do Bahia, o goleiro Anderson renovou mais uma vez o seu contrato com o Esquadrão de Aço. Na última semana, o seu novo vínculo no clube, que vai até maio de 2019, foi confirmado no Boletim Informativo Diário (BID) da Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

 

Contratado pelo Bahia na temporada 2016, Anderson vem ganhando mais oportunidades nesta temporada após o goleiro Douglas ter machucado o cotovelo antes da pausa para a Copa do Mundo, no jogo contra o Corinthians. Desde esta partida, o arqueiro esteve presente em seis jogos consecutivos.

 

Deijair também renova

 

Assim como Anderson, o jovem Deijair também aumentou a sua ligação com o Bahia. Revelado na base, o titular do time sub-23, que disputa o Campeonato Brasileiro de Aspirantes, renovou até dezembro deste ano.

CBF anuncia novo patrocinador e muda o nome oficial do Brasileirão já para esta quarta
Foto: Romildo de Jesus/ Ag. Haack/ Bahia Notícias

Além dos novos reforços contratados pelos clubes durante a pausa para a Copa do Mundo, o torcedor terá uma novidade neste retorno do Campeonato Brasileiro. A competição ganhou um novo nome e passará a se chamar, oficialmente, Brasileirão Assaí - Série A 2018, já a partir desta quarta-feira (18), quando começa a 13ª rodada. A Confederação Brasileira de Futebol (CBF), que promove o Brasileirão, anunciou a mudança nesta terça (17).

 

De acordo com o comunicado, a entidade máxima do futebol brasileiro firmou contrato com a rede de atacado, Assaí, válido até o fim do Brasileirão de 2019 e com possibilidade de prorrogação. A marca passará a se associada ao logo da competição na divulgação de conteúdos oficiais e nas propriedades comerciais. O diretor de marketing da CBF, Gilberto Ratto, falou do novo acordo.

 

"Estamos anunciando este novo passo com grande satisfação porque o Campeonato mais equilibrado do mundo ganha um parceiro com enorme apelo e sucesso no relacionamento com público que consome futebol no Brasil. O compromisso é baseado no interesse da empresa em relacionar sua marca ao Brasileirão, uma das competições mais importantes e vitrine de talento para todo o mundo", disse.

 

A nova marca do Brasileirão será vista em Salvador, nesta quarta (13), no Barradão, na partida entre Vitória e Paraná. A bola rola a partir das 21h. O Leão aparece fora da zona de rebaixamento, na 16ª posição com 12 pontos, na tabela de classificação. O clube de Curitiba tem dois a menos e ocupa a 18ª.

Terça, 17 de Julho de 2018 - 10:55

Bruno e Gilberto devem viajar para compor elenco do Bahia; Mena segue na lista

por Ulisses Gama

Bruno e Gilberto devem viajar para compor elenco do Bahia; Mena segue na lista
Foto: Divulgação / EC Bahia

O Bahia deve chegar reforçado para o jogo contra a Chapecoense, na próxima quinta-feira (19), pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro. Contratados recentemente, o lateral-direito Bruno e o atacante Gilberto devem viajar para Chapecó e integrar o elenco tricolor. Bruno já está regularizado e Gilberto ainda depende de sua inscrição até esta terça-feira (17).

 

Além das chegadas, deve se confirmar uma permanência. O Bahia Notícias apurou que o lateral-esquerdo Mena segue entre os relacionados para o jogo contra o Verdão catarinense. Na última segunda-feira (16), o jornal argentino "Olé" publicou que o atleta foi vendido pelo Bahia ao Racing por 1 milhão de dólares. No entanto, ainda segundo apuração da reportagem, não houve uma nova proposta.

 

Vale ressaltar que na última semana o clube argentino fez duas propostas pelo jogador chileno, que está no Bahia desde o início da temporada (relembre aqui). O jogador esteve presente na derrota para o Vasco na última segunda-feira (16), pela Copa do Brasil.

 

 

Confira a provável lista para o jogo contra a Chape:


Goleiros: Anderson e Fernando
Laterais: Léo, Bruno (a confirmar) Nino Paraíba e Mena
Zagueiros: Everson, Grolli, Lucas Fonseca e Tiago
Meio-campistas: Allione, Edson, Flávio, Gregore, Elton, Marco Antônio, Nilton, Régis Vinícius e Zé Rafael
Atacantes: Edigar Junio, Gilberto (a confirmar), Élber e Júnior Brumado

Árbitro de Vasco x Bahia relata invasão de campo e arremesso de objetos no gramado
Foto: Rafael Ribeiro/ Vasco.com.br

O árbitro Rafael Traci, que apitou a partida entre Vasco e Bahia, pelo segundo jogo das oitavas de final da Copa do Brasil, relatou na súmula que houve invasão de campo de um torcedor do clube carioca e arremesso de objetos no gramado. O duelo aconteceu na última segunda-feira (16), em São Januário, no Rio de Janeiro, e terminou em 2 a 0 para os donos da casa.

 

"Após o término da partida houve uma invasão de campo de um torcedor, vindo da área destinada a torcida do clube C.R.Vasco da Gama... Quando a arbitragem se dirigia para o vestiário após o término da partida, ao nos aproximarmos do túnel de acesso, foram arremessadas em nossa direção e do policiamento diversos objetos, como: 04 latas vazias de cerveja, 01 tênis e pedras de gelo, não atingindo nenhuma pessoa", escreveu no documento.

 

Traci ainda afirmou que houve um tumulto no túnel do vestiário, porém ele não conseguiu identificar os envolvidos. "Também após término da partida, quando nos encontrávamos no centro do campo, observamos à distância um princípio de tumulto no túnel de acesso aos vestiários das equipes, não sendo possível identificar os envolvidos. Não nos aproximamos do tumulto por orientação do policiamento", disse.

Foto: Reprodução

 

Apesar da vitória, o Vasco não conseguiu reverter a vantagem do Bahia de três gols obtida no primeiro jogo do confronto. O Tricolor avançou para as quartas de final do torneio e vai enfrentar o Palmeiras.

 

Nesta quinta-feira (19), os dois times voltam ao gramado pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro. O primeiro a entrar em campo é o Bahia, que às 19h30 encara a Chapecoense, na Arena Condá, em Chapecó. Depois, às 20h, é a vez do Vasco medir forças com o Fluminense, novamente em São Januário. O Tricolor ocupa a 17ª com 12 pontos na tabela de classificação. Com três a mais, o Cruz-Maltino aparece na 11ª.

Terça, 17 de Julho de 2018 - 10:15

'Muita coisa para melhorar', diz Enderson sobre início de trabalho no Bahia

por Ulisses Gama

'Muita coisa para melhorar', diz Enderson sobre início de trabalho no Bahia
Foto: Felipe Oliveira / Divulgação / EC Bahia

O trabalho de Enderson Moreira no Bahia está próximo de completar um mês e o técnico ainda não conseguiu uma boa sequência com a sua nova equipe. O único resultado positivo foi na sua estreia, contra o Ceará, pela primeira partida semifinal da Copa do Nordeste. De lá até aqui, foram quatro partidas sem triunfos e nenhum gol marcado.

 

Após a derrota contra o Vasco na última segunda-feira (16), o comandante citou que é um "momento de transição" e reconheceu que é necessária uma melhora de rendimento nas próximas partidas.

 

"Muita coisa para melhorar. Tenho falado constantemente com os atletas. A gente está vivendo um momento de transição. Tenho que aceitar aquilo que já estava de alguma forma. A gente precisa encontrar um caminho para que eles possam render o máximo. Não há nenhum tipo de tranquilidade. Está todo mundo buscando mais. São jogos sempre decisivos, importantes", afirmou.

 

Enderson Moreira também citou o início complicado no clube pelas perdas em virtude das lesões, apontou um desgaste emocional no evento e reconheceu que é preciso de reforços para melhorar o desempenho no Campeonato Brasileiro, Copa do Brasil e Copa Sul-Americana.

 

"As dificuldades, o começo, principalmente. Tivemos um momento de algumas lesões. Peguei uma equipe que estava no topo em termos de desgaste. Desgaste emocional, ganhar jogo no último lance, derrotas que machucam muito. A gente está, de alguma forma, cuidando um pouco dessas feridas para que eles possam gradativamente reconquistar a confiança, o jogo. Jogadores com nível de desgaste enorme. As outras equipes tiveram muito tempo para se preparar, descansar. A gente estava sempre nessa rotina de competição. A direção está de olho nas possibilidades. Tudo tem que ser medido em termos financeiros, são movimentos de muita inteligência e de muita oportunidade. Está todo mundo envolvido. Estou olhando equipe e algumas possibilidades. A gente está se dividindo para que o Bahia possa ser a equipe que a gente sabe que ela pode entregar para o torcedor. A gente conversa muito internamente. Não quero criar nenhum tipo de expectativa. Mas a gente está ligado que precisa ter uma equipe mais competitiva", indicou.

 

O Esquadrão de Aço volta a entrar em campo na próxima quinta-feira (19), em Chapecó, contra a Chapecoense, pelo Campeonato Brasileiro.

'Teve um jogador do Bahia que cuspiu no nosso dirigente', acusa meio-campista do Vasco
Foto: Carlos Gregório Jr/ Vasco.com.br

O duelo entre Vasco e Bahia, pelo segundo jogo das oitavas de final da Copa do Brasil, terminou em confusão após o apito final, na última segunda-feira (16), no estádio de São Januário, no Rio de Janeiro. O meio-campista do clube carioca, Thiago Galhardo, acusou um jogador do Tricolor de ter cuspido num cartola cruz-maltino.

 

"Teve um jogador do Bahia que eu prefiro não citar que cuspiu no nosso dirigente. Ele podia aparecer mais pelo que faz em campo do que por isso", afirmou em entrevista ao GloboEsporte.com.

 

Durante as entrevistas na zona mista, o volante Elton, do Bahia, admitiu que cuspiu. No entanto, ele minimizou que não atingiu ninguém (leia mais aqui).

 

O Vasco venceu a partida por 2 a 0, mas não foi suficiente e acabou sendo eliminado do torneio nacional. O jogo de ida do confronto terminou 3 a 0 para o time baiano, que vai enfrentar o Palmeiras na próxima fase da competição.

 

Na retorno do Campeonato Brasileiro, o Cruz-Maltino enfrenta o Fluminense na quinta-feira (19), novamente em São Januário. No mesmo dia, mas às 19h30, na Arena Condá, em Chapecó, o Esquadrão de Aço visita a Chapecoense. As duas partidas são válidas pela 13ª rodada. O Vasco aparece na 11ª colocação com 15 pontos na tabela de classificação. Com três a menos, o Bahia surge na 17ª.

Terça, 17 de Julho de 2018 - 09:15

Vitória renova contrato do atacante Flávio até dezembro de 2021

por Glauber Guerra

Vitória renova contrato do atacante Flávio até dezembro de 2021
Foto: Maurícia da Matta/ Divulgação / Vitória

Cria do Vitória, o atacante Flávio teve o seu contrato renovado com o clube até 31 de dezembro de 2021. O seu antigo vínculo iria expirar em novembro do ano que vem. O novo compromisso foi publicado no Boletim Informativo Diário (BID)  da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) na última segunda-feira (16). Flávio tem 20 anos e iniciou a temporada na equipe principal. Ele disputou uma partida como suplente no triunfo do Leão por 4 a 1 sobre o Ferroviário-CE, no dia 1º fevereiro, no Barradão, pela Copa do Nordeste. Atualmente, o atacante está a serviço da equipe sub-23 no Campeonato Brasileiro de Aspirantes.

Terça, 17 de Julho de 2018 - 08:45

Acusado de cusparada, Elton afirma que vascaínos menosprezaram o Bahia

por Ulisses Gama

Acusado de cusparada, Elton afirma que vascaínos menosprezaram o Bahia
Foto: Reprodução / Esporte Interativo

O jogo entre Vasco e Bahia na noite da última segunda-feira (16) terminou em confusão no estádio de São Januário. Entre os vários desentendimentos, uma chamou atenção e envolveu o volante Elton, do Tricolor. Ele foi acusado de cuspir em um funcionário do clube carioca.

 

Após a partida que garantiu o Esquadrão de Aço na próxima fase da Copa do Brasil, o jogador explicou que respondeu aos torcedores do Vasco e foi repreendido por jogadores e funcionários.

 

"Eles querem tomar a dor. A torcida nos xingando e tudo mais. Eu fiz: 'Fala mais'. Eles disseram: 'Ah, não pode isso'. Vieram para cima de mim. Cada um vai defender o seu", disse, em entrevista ao Canal Esporte Interativo.

 

Questionado sobre a cusparada, Elton afirmou que menosprezaram o Bahia e pediu respeito ao clube. No entanto, o jogador assumiu que disparou a saliva contra os cruz-maltinos.

 

"Eles falaram que sou 'jogadorzinho medíocre'. Chamar o Bahia de time pequeno? Eles têm que ter respeito. Tomaram a dor? Lógico. Não podem falar o que falaram para mim", vociferou.

 

"Dei uma cusparada, mas não bateu em ninguém", completou.

 

Classificado, o Bahia enfrenta o Palmeiras nas quartas de final do certame nacional. 

Remo: Técnico do Vitória celebra conquista da medalha de prata na Copa Norte Nordeste
Foto: Divulgação / Vitória

A equipe de remo do Vitória ficou com a medalha de prata na Copa Norte Nordeste da modalidade, disputada no último domingo (15), no Minas Tênis Clube, em Brasília (DF). O técnico Antônio Silva, do Leão, comemorou o desempenho de sua equipe.

 

“Todos os nossos atletas estão de parabéns por todo comprometimento e entrega. Lutaram bastante no campeonato e agora é voltar a concentrar forças no Baianão de Remo”, afirmou.

 

O Vitória participou de sete provas e venceu quatro, e com isso ficou na segunda colocação. O Remo foi o campeão do torneio regional, enquanto o Minas Brasília completou o pódio na terceira posição. Ao todo, 12 agremiações participaram do certame.

Terça, 17 de Julho de 2018 - 08:30

Zagueiro do Vasco reclama de comportamento do Bahia e elogia torcida

por Leandro Aragão

Zagueiro do Vasco reclama de comportamento do Bahia e elogia torcida
Foto: Carlos Gregório Jr/ Vasco.com.br

O zagueiro do Vasco Ricardo Graça reclamou da postura do Bahia de tentar ganhar tempo ao longo da partida. O Cruz-Maltino venceu o Tricolor por 2 a 0, pelo segundo jogo das oitavas de final da Copa do Brasil, na última segunda-feira (16), no estádio de São Januário. Apesar do triunfo, o clube carioca foi eliminado do torneio nacional.

 

"Ficou parado mais quatro minutos, oito minutos e o cara só dá três de acréscimo, quatro no máximo. A metade. Ou seja, o jogo ficou muito parado", disse em entrevista ao GloboEsporte.com. "Achei que o time jogou muito bem. O primeiro tempo então, a gente abafou e eles não conseguiram quase nem passar do meio de campo. Só que a vitória veio, mas a classificação não. A melhor coisa hoje foi ter a torcida do nosso lado", completou.

 

Ele também comemorou o fato de formar dupla de zaga pela primeira vez com Breno. O Vasco saiu de campo sem sofrer gols, algo que foi muito difícil de acontecer no primeiro semestre.  Além disso, o defensor ainda falou que o clube carioca vai brigar pelo título do Campeonato Brasileiro ou, na pior das hipóteses, lutar por uma vaga na próxima edição da Copa Libertadores da América.

 

"Foi a primeira vez também que eu joguei com Breno e a gente não tomou gol. O time brigou muito, marcou bastante. Então, o que fica de bom é que a torcida ficou do nosso lado. Essa vitória, a gente trocaria tudo pela classificação, mas infelizmente não veio. Agora é bola para frente, vamos seguir no Campeonato Brasileiro, buscar sempre o topo da tabela, tentar ser campeão, mas se não der, pelo menos a vaga na Libertadores", finalizou.

 

O próximo compromisso do Vasco será no clássico carioca, contra o Fluminense, pela 13ª rodada do Brasileirão, na quinta-feira (19), às 20h, novamente no São Januário. No mesmo dia, o Bahia também volta ao gramado, mas às 19h30, diante da Chapecoense, na Arena Condá.

Terça, 17 de Julho de 2018 - 07:45

Bahia ainda não marcou gols em três competições da temporada 2018

por Ulisses Gama

Bahia ainda não marcou gols em três competições da temporada 2018
Foto: Rafael Ribeiro/Vasco.com.br

O Bahia perdeu para o Vasco por 2 a 0 na última segunda-feira (17), em São Januário, pela segunda partida das oitavas de final da Copa do Brasil. De positivo, só a classificação para a próxima fase, já que venceu o primeiro jogo por 3 a 0 em Salvador. Apesar da classificação, a preocupação do time e do técnico Enderson Moreira é a falta de gols.

 

Fora o Campeonato Baiano e a Copa do Nordeste, o Esquadrão de Aço ainda não balançou as redes como visitante na temporada de 2018. No Campeonato Brasileiro, Copa Sul-Americana e a Copa do Brasil, foram sete partidas até aqui. Na próxima quinta-feira (19), a equipe volta a jogar longe da capital baiana, dessa vez contra a Chapecoense, pela 13ª rodada da Série A.

 

Relembre as partidas do Bahia como visitante em 2018:

 

1 – 21/01/2018 – Bahia de Feira 1 x 0 Bahia – Joia da Princesa, em Feira de Santana (Campeonato Baiano)

 

2 - 30/01/2018 – Altos 0x2 Bahia, Albertão, Teresina-PI (Copa do Nordeste)

 

3 – 04/02/2018 – Jacobina 0x0 Bahia, José Rocha, Jacobina-BA (Campeonato Baiano)

 

4 – 18/02/2018 – Vitória 0x3 Bahia, Barradão, Salvador-BA (Campeonato Baiano)

 

 

5 – 04/03/2018 – Juazeirense 1×2 Bahia, Adauto Moraes, Juazeiro-BA (Campeonato Baiano)

 

6 - 10/03/2018 – Náutico 1×0 Bahia, Arena Pernambuco, Recife-PE (Copa do Nordeste)

 

7 – 17/03/2018 – Juazeirense 0x0 Bahia, Adauto Morais, Juazeiro-BA (Campeonato Baiano)

 

8 – 29/03/2018 – Botafogo-PB 0x2 Bahia, Almeidão, João Pessoa-PB (Copa do Nordeste)

 

9 – 08/04/2018 – Vitória 0x1 Bahia, Barradão, Salvador-BA (Campeonato Baiano)

 

10 – 11/04/2018 – Blooming-BOL 1×0 Bahia, Ramón Aguilera, em Santa Cruz de La Sierra-BOL (Copa Sul-Americana)

 

11 - 15/04/2018 – Internacional 2×0 Bahia, Beira-Rio, em Porto Alegre (RS). (Campeonato Brasileiro)

 

12 - 26/04/2018 – Botafogo-PB 1×2 Bahia, Almeidão, em João Pessoa (PB) (Copa do Nordeste)

 

13 - 06/05/2018 – Sport 2×0 Bahia – Ilha do Retiro, em Recife (PE) (Campeonato Brasileiro)

 

14 - 19/05/2018 – Palmeiras 3×0 Bahia – Allianz Parque, em São Paulo (SP) (Campeonato Brasileiro)

 

15 - 31/05/2018 – Flamengo 2x0 Bahia – Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ). (Campeonato Brasileiro)

 

16 - 07/06/2018 – Paraná 1×0 Bahia – Estádio Durival Britto, em Curitiba (PR). (Campeonato Brasileiro)

 

17 - 21/06/2018 – Ceará 0x1 Bahia – Arena Castelão, em Fortaleza (CE). (Copa do Nordeste)

 

18 - 04/07/2018 – Sampaio Corrêa 1×0 Bahia, Estádio Castelão, em São Luís (MA). (Copa do Nordeste)

 

19 - 16/07/2018 -  Vasco 2 x 0 Bahia, Estádio São Januário, no Rio de Janeiro (RJ). (Copa do Brasil). 
 

Jorginho critica postura do Bahia em campo e acusa atleta rival de cuspir em diretor
Foto: Rafael Ribeiro/ Vasco.com.br

O Vasco ganhou do Bahia por 2 a 0, na noite da última segunda-feira (16), no estádio de São Januário, mas acabou eliminado da Copa do Brasil. O Cruz-Maltino havia perdido o primeiro jogo por 3 a 0. Após o duelo válido pela volta das oitavas de final, o técnico Jorginho criticou a postura de jogadores do Tricolor que caíram em campo para ganhar tempo.

 

"Foi um absurdo. Algo que precisa ser coibido, até mesmo por nós, treinadores. Temos que falar sobre isso. Atrapalhou demais. Tivemos mais dois minutos de acréscimo, mas não jogamos", afirmou durante a entrevista coletiva.

 

A partida terminou em confusão dentro de campo após o apito final. O comandante vascaíno acusou um jogador do Tricolor de cuspir num diretor do clube carioca. "Aquela confusão que houve ali, um dos jogadores do Bahia cuspiu num dos nossos diretores. Uma atitude reprovável. Não se cospe na cara de ninguém. É pior que um soco. É esse nível que a gente precisa coibir", revelou sem citar o nome do atleta.

 

Apesar da eliminação, Jorginho elogiou sua equipe pela entrega ao longo da partida. "A gente não conseguiu, mas quero parabenizar nossos atletas pela entrega e pela disciplina tática. Até o fim a equipe não se perdeu taticamente, continuou organizada", disse.

 

Sobre a expulsão do atacante André Ríos, o treinador do Vasco saiu em defesa do atleta. Jorginho considerou a expulsão injusta. "Ríos não deu cotovelada. Foi expulso injustamente. Não é esse tipo de jogador. Quero defender o meu atleta aqui", defendeu.

 

Fora da Copa do Brasil, o Vasco volta suas atenções para o Campeonato Brasileiro. Na quinta-feira (19), a equipe encara o Fluminense, no clássico carioca, novamente em São Januário. A bola rola a partir das 20h pela 13ª rodada do nacional. No mesmo dia, mas às 19h30, o Bahia visita a Chapecoense, na Arena Condá, em Chapecó. O Cruz-Maltino ocupa a 11ª posição com 15 pontos. Enquanto o Tricolor é o 17º com 12.

André Lima destaca importância dos novos atletas contratados para o Vitória
Foto: André Hiltner / Vitória

O Vitória contratou oito jogadores durante a intertemporada:  os atacantes Erick, Bruno Gomes e Walter Bou, os volantes Arouca e Marcelo Meli, o lateral-esquerdo Marcelo Benitez, o zagueiro Ruan Renato e o goleiro João Gabriel, que já treina no CT Manoel Pontes Tanajura e deve ser oficializado nesta terça (17). O centroavante André Lima  destacou a importância do clube qualificar o plantel.

 

“É um processo natural. Toda grande equipe que quer chegar em algum lugar tem que contratar. O Vitória não foi diferente. Na verdade, é mais uma adaptação de quem chega do que propriamente minha. A gente tenta ajudar dentro do possível, com o que a gente pode ajudar. Mas a linguagem do futebol é uma só. Então não tem muito o que fazer”, disse o camisa 99.

 

No reinício do Campeonato Brasileiro, o Vitória pega o Paraná, nesta quarta-feira (18), às 21h, no Barradão. Os novos contratados ainda aguardam a regularização no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF para ficarem à disposição do técnico Vagner Mancini.

Segunda, 16 de Julho de 2018 - 23:17

Enderson Moreira lamenta derrota, mas valoriza classificação do Bahia

por Leandro Aragão

Enderson Moreira lamenta derrota, mas valoriza classificação do Bahia
Foto: Felipe Oliveira/ EC Bahia

O técnico Enderson Moreira lamentou a derrota do Bahia por 2 a 0 para o Vasco, na noite desta segunda-feira (16), no estádio de São Januário, pelas oitavas de final da Copa do Brasil. Por ter vencido o primeiro duelo por 3 a 0, o Tricolor avançou para a próxima fase do torneio.

 

"É claro que a gente não fica feliz com o resultado. A gente quer sempre mais, a gente deseja isso, quero passar ao nosso torcedor. A gente sabe das dificuldades todas que a equipe tem passado. A gente sabe que precisa continuar trabalhando. Daqui a pouco as coisas começam a acontecer de uma maneira um pouquinho mais natural. O jogo de hoje, nós sofremos isso na final da Copa do Nordeste, um adversário que valorizou cada segundo e nós tínhamos uma vantagem. Hoje foi [contra] uma equipe preparou quase 30 dias para esta partida. Mobilizou de todas as formas, a gente sabia que ia ser uma pressão absurda. Mas a equipe teve um comportamento bom no aspecto defensivo. Foram dois gols de bola parada, que a gente acabou vacilando numa falta lateral e o pênalti, que é duvidoso... Não posso falar nada... Mas não quero justificar isso. Quero falar que temos o desejo claro de ter atuações melhores, de fazer com que o nosso torcedor tenha cada vez mais orgulho, mas o mais importante para a gente hoje era a classificação. Era uma coisa importante. Eu sou de uma época que o Grêmio ganhava, em 94, 95 ou 96, que ganhava de cinco lá para o Palmeiras e perdia de cinco lá em São Paulo. As vezes a diferença era no 5 a 1 ou no 5 a 0. Copa do Brasil é isso. É um jogo de 180 minutos e a gente saiu vencedor nesse confronto", justificou durante a entrevista coletiva.

 

Enderson também explicou as opções por Vinicius e Mena no time titular, nas vagas de Régis e Élber em relação à equipe que encarou o Sampaio Corrêa na final da Copa do Nordeste.

 

"Vinícius é um jogador que tem uma capacidade boa de retenção de bola, de posse de bola. A nossa expectativa era que a gente pudesse controlar um pouco mais o jogo. A gente sabia que era importante isso. Acabou que a gente não teve tanta condição de fazer isso. Talvez no final do primeiro tempo que a gente conseguiu botar a bola no chão e rodar de um lado, do outro, ter um pouco mais de tranquilidade. Mas são opções em cima daquilo que a gente visualiza. Um jogador pode começar e o outro terminar. O Régis entrou muito bem nessa etapa final, por muito pouco podia ter definido e ajudar de uma outra forma. Então a gente tem que pensar sempre nas possibilidades, ver as mudanças que são necessárias, porque o jogo é muito intenso e desgastante", explicou.

 

Nas quartas de final da Copa do Brasil, o Bahia enfrenta o Palmeiras. O primeiro jogo está marcado para acontecer em Salvador e a decisão do confronto em São Paulo. Mas antes disso, o próximo compromisso do Tricolor será nesta quinta-feira (19), pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro, diante da Chapecoense. A bola rola na Arena Condá, em Chapecó, a partir das 19h30. O Tricolor é o 17° colocado com 12 pontos na tabela de classificação.

Segunda, 16 de Julho de 2018 - 22:19

'Seguramos bem o resultado', diz Tiago após classificação do Bahia na Copa do Brasil

por Leandro Aragão

'Seguramos bem o resultado', diz Tiago após classificação do Bahia na Copa do Brasil
Foto: Rafael Ribeiro/ Vasco.com.br

O Bahia perdeu do Vasco por 2 a 0, na noite desta segunda-feira (16), mas conseguiu a classificação para as quartas de final da Copa do Brasil. A partida aconteceu no estádio de São Januário, no Rio de Janeiro. O zagueiro Tiago ficou satisfeito pelo Tricolor ter segurado o resultado e sobrevivido no torneio nacional. O time baiano venceu a primeira partida por 3 a 0.

 

"A gente sabia que seria difícil. Aqui dentro é sempre brigado jogar. Fomos surpreendidos no início do jogo com o pênalti e acabou dando mais gás ao jogo. Mas acho que seguramos bem o resultado. Não é fácil jogar aqui", disse em entrevista ao SporTV. "Agora vamos descansar, pois temos jogo já na quinta e precisamos vencer", completou.

 

Na próxima fase, o Bahia enfrenta o Palmeiras. Mas antes disso, o Tricolor volta ao gramado nesta quinta (19), às 19h30, para encarar a Chapecoense, na Arena Condá, pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro. O time baiano é o 17° colocado com 12 pontos na tabela.

Segunda, 16 de Julho de 2018 - 22:01

Bahia perde para o Vasco, mas avança para as quartas de final da Copa do Brasil

por Leandro Aragão

Bahia perde para o Vasco, mas avança para as quartas de final da Copa do Brasil
Foto: Rafael Ribeiro/ Vasco.com.br

O Bahia foi ao Rio de Janeiro, nesta segunda-feira (16), com o intuito de administrar a boa vantagem de 3 a 0 conquistada no primeiro jogo das oitavas de final da Copa do Brasil. O Tricolor conseguiu segurar o ímpeto do ataque do Vasco, perdendo a partida por 2 a 0, o suficiente para deixar as terras cariocas classificado para as quartas de final. Yago Pikachu, de pênalti, e Andrey marcaram os tentos do duelo disputado no estádio de São Januário.

 

Classificado com o placar agregado de 3 a 2, o Bahia vai enfrentar o Palmeiras no confronto da próxima fase do torneio. O primeiro duelo acontece em Salvador, enquanto a volta será em São Paulo. As datas ainda serão definidas pela CBF.

 

Sem tempo para visitar a família em casa e comemorar a classificação, o Bahia segue viagem para Chapecó, onde encara a Chapecoense, nesta quinta-feira (19), às 19h30, na Arena Condá. Desta vez o compromisso será pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro. O Tricolor é o 17° colocado com 12 pontos na tabela.

 

O JOGO

 

Precisando do resultado, o Vasco tomou a iniciativa da partida. Tocando a bola, a equipe carioca buscava o ataque. Em situação completamente contrária, o Bahia procurava dificultar as ações ofensivas, administrar o resultado e o tempo para sair do Rio de Janeiro classificado para as quartas de final. Logo no terceiro minuto, o goleiro Anderson se chocou com Yago Pikachu e caiu no chão pedindo atendimento médico. O Tricolor se segurava na defesa, afastando o perigo e acionando Zé Rafael na velocidade, na tentativa de pegar o setor defensivo adversário desprevenido.

 

O primeiro cartão amarelo da partida saiu aos 23 minutos para o meio-campista Vinícius por retardar a cobrança de escanteio. O técnico Jorginho, do Vasco, foi obrigado a fazer uma alteração. Ele tirou Rafael Galhardo que se machucou numa disputa de bola com Zé Rafael.

 

Vasco abre o placar

Aos 31 minutos, o árbitro assinalou um pênalti a favor do Vasco. Depois do avanço de Ramon, Nino Paraíba conseguiu fazer um bom desarme. No entanto, Andrés Ríos ficou com a sobra e fez o corte em Nino, que deixou o pé e derrubou o atacante da equipe carioca. Yago Pikachu pegou a bola e deslocou Anderson, batendo no canto direito da meta para inaugurar o placar aos 33. Vasco 1 a 0 Bahia.

 

Com o gol e correndo contra o tempo, o Vasco se animou mais e continuou buscando o ataque. Já o Tricolor, manteve a sua estratégia de se defender, brigar por todas as bolas e explorar os contra-ataques. Jorginho foi obrigado a fazer outra substituição por questão física. Ramon sentiu dores e deu lugar a Henrique.

 

Segundo tempo

 

Os dois times retornaram do vestiário sem nenhuma alteração. Assim que o juiz apitou para o reinício do jogo, Kelvin puxou o ataque, fez boa jogada, mas foi desarmado pela defesa do Tricolor, que afastou o perigo. A resposta do Bahia veio aos quatro minutos. O goleiro Anderson fez o lançamento longo para Edigar Junio. O atacante da equipe baiana conseguiu tomar a frente da marcação, mas acabou sendo desequilibrado por Breno, com o braço direito, mas o juiz não assinala a falta. No lance, o defensor vascaíno ainda dá um pisão em Edigar, que recebe atendimento médico em seguida.

 

O Bahia seguiu se defendendo, mas sem conseguir criar jogadas de ataque. Precisando do resultado, o Vasco continuou em cima, buscando mais três gols para reverter a vantagem baiana. Aos 15, Nino Paraíba sentiu e pediu para ser substituído. Sem um substituto da posição no banco e reservas, o técnico Enderson Moreira improvisou o jovem volante Flávio em campo. No minuto seguinte, o Esquadrão conseguiu construir uma boa trama pela direita. No entanto, ao receber passe já dentro da grande área, Edigar Junio chutou muito fraco para a tranquila defesa de Martin Silva.

 

Vasco faz o segundo

Na cobrança de falta pelo lado direito do ataque, Yago Pikachu levantou a bola no segundo pau. Andrey subiu sozinho e cabeceou, Anderson ainda chegou a fazer a defesa, mas a bola bateu na trave e entrou aos 19 minutos. Vasco 2 a 0 Bahia.

 

Por pouco o Vasco não marcou o terceiro logo em seguida. A defesa tricolor cortou para trás uma bola levantada na área, ela enganou Anderson. Andrey se esticou, mas não conseguiu tocar para o gol vazio. Aos 21, Yago Pikachu sentiu dores na coxa, jogou a bola para fora e caiu no gramado para receber atendimento.

 

Aos 25, o lateral Léo recebeu um cartão amarelo de graça. Ele tabelou com Mena, recebeu na frente e na disputa de bola com o marcador acabou caindo. Ao reclamar com o árbitro, recebeu a advertência. Três minutos depois, aconteceu uma invasão insuitada. Um rato foi flagrado correndo pelo campo.

 

Aos 32, Elton fez belo passe para Edigar Junio, que colocou velocidade e ia saindo de cara para o goleiro Martin Silva. Mas o bandeira assinalou um impedimento inexistente. No minuto seguinte, o Tricolor chegou bem no ataque. Desta vez, Elton foi quem recebeu bom passe. No entanto, o volante preferiu chutar para o gol, mas finalizou mal e Martin Silva não teve trabalho para fazer a defesa.

 

A resposta do Vasco veio em seguida. Andrés Rios recebeu e na hora de fazer o giro recebeu falta de Tiago na entrada da grande área. Na cobrança, Pikachu carimbou a barreira.

 

Mais um vez o Vasco quase marca o terceiro. Bola levantada na área do Tricolor, Andrés Rios bateu de primeira, mas errou na finalização e a bola saiu pelo lado direito da trave de Anderson.

 

O Bahia ainda teve um chance com uma cobrança de falta de Régis. Mas o meio-campista não bateu bem. Depois, o ataque Tricolor ainda desperdiçou outra oportunidade. Enquanto isso, o Vasco ainda foi para cima do Tricolor, mas a defesa baiana afastou o perigo.

 

Aos 48 minutos, Andrés Rios recebeu o cartão vermelho direto. Na disputa de bola aérea na intermediária, o argentino deixou o braço no rosto do zagueiro Tiago. No minuto seguinte, o juiz expulsou o lateral Léo. Na disputa de bola entre Edson e Yago Pikachu. O volante tricolor fez o desarme, junto com o lateral. o juiz expulsou Léo e mostrou o amarelo para Edson.

 

FICHA TÉCNICA
Vasco 2 x 0 Bahia
Copa do Brasil - Oitavas de final (2º jogo)

Local: São Januário, no Rio de Janeiro
Data: 16/07/2018 (segunda-feira)
Horário: 20h
Árbitro: Rafael Traci (PR)
Assistentes: Ivan Carlos Bohn e Rafael Trombeta (ambos do PR)

Cartões amarelos: Desábato, Ricardo (Vasco) / Vinicius, Edigar Junio, Lucas Fonseca, Zé Rafael, Léo, Edson (Bahia)

Cartões vermelhos: Andrés Rios (Vasco) / Léo (Bahia)

Gols: Yago Pikachu, Andrey (Vasco)

 

Vasco: Martin Silva; Rafael Galhardo (Kelvin), Breno, Ricardo e Ramon (Henrique); Desábato, Andrey, Wagner (Thiago Galhardo), Yago Pikachu e Giovanni Augusto; Andrés Rios. Técnico: Jorginho.


Bahia: Anderson; Nino Paraíba (Flávio), Tiago, Lucas Fonseca e Léo; Gregore, Elton (Edson), Mena, Vinicius (Régis) e Zé Rafael; Edigar Junio. Técnico: Enderson Moreira.

Segunda, 16 de Julho de 2018 - 21:40

Conmebol divulga logo oficial da Copa América de 2019

por Folhapress

Conmebol divulga logo oficial da Copa América de 2019
Foto: Divulgação

A Conmebol divulgou nesta segunda-feira (16) o logo oficial da Copa América, que será realizada no Brasil em 2019. A imagem tem as cores verde e amarela predominantes, com detalhes em azul e branco.

 

O torneio contará com 12 seleções. Além dos 10 países sul-americanos filiados à Conmebol, o Qatar e o Japão foram convidados.

 

O torneio acontecerá entre 14 de junho e 7 de julho do próximo ano e terá sete sedes: São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Brasília, Salvador e Porto Alegre —a última vaga é disputada entre Fortaleza e Recife.

 

O Chile é o atual bicampeão do torneio. A equipe conquistou os títulos em 2015, no próprio Chile, e 2016, nos Estados Unidos.

Bahia sedia Congresso Internacional de Krav Maga em agosto
Foto: Divulgação

De acordo com o Atlas da Violência de 2018, realizado pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) e o Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP), as cinco capitais com mais mortes violentas estão localizadas no Norte e no Nordeste do país. Ataques com o uso de armas como facas e facões são amplamente registrados nessas regiões.

 

Nesse cenário, a Bahia vai sediar o Congresso Internacional de Krav Maga. O tema do evento será “Contra ataque de faca e facão”, e acontecerá nos dias 18 e 19 de agosto, em Salvador.

 

O congresso – que será aberto ao público interessado -, vai criar situações para que as pessoas possam praticar o Krav Maga e compreender de que modo a prática de defesa pessoal as torna mais atentas e menos vulneráveis à violência.

 

Facas podem ser usadas em roubos, condução de refém, sequestro ou intimidação. Já os facões são usados em situações mais peculiares e agressivas. O evento vai contemplar desde a avaliação da situação, a distância do atacante, a característica da agressão – se é uma ameaça ou um ataque efetivo - e a arma utilizada.

Segunda, 16 de Julho de 2018 - 20:30

Diretor do PSG diz que Neymar decidiu permanecer para a próxima temporada

por Folhapress

Diretor do PSG diz que Neymar decidiu permanecer para a próxima temporada
Foto: Divulgação / PSG

Neymar fica no Paris Saint-Germain. Pelo menos é o que assegura Luis Fernandéz, dirigente do clube francês.

Em entrevista à Rádio Marca, o diretor do centro de formação esportiva do PSG disse que o craque brasileiro permanece na França para a temporada 2018-2019, apesar das constantes notícias que o ligam ao Real Madrid.

"Neymar decidiu ficar no PSG, ele tem a gana de permanecer para ganhar mais títulos pelo PSG", declarou o dirigente, que também aproveitou para assegurar o "fico" de outra estrela da equipe.

"Mbappé também fica 100% e tem a vontade de ganhar a Liga dos Campões", afirmou, em referência ao atacante francês de 19 anos, campeão mundial pela França e eleito a revelação da Copa na Rússia.

Criticado pela postura no Mundial, especialmente sobre a questão de faltas e simulações, Neymar não se pronunciou sobre o futuro. O Real Madrid aparecia antes mesmo do início da competição como o possível destino do atacante, após apenas uma temporada de Paris.

O próprio Real Madrid, diante das constantes notícias, emitiu uma nota oficial em que nega qualquer contato para trazer Neymar. O estafe do jogador, em contrapartida, segue sem abordar o assunto publicamente.

Neymar está de férias no Brasil e tem aparecido somente em postagens de amigos nas redes sociais. O jogador dedica-se a descansar, aproveitar a família e também jogar jogos eletrônicos.

Polícia age rápido e frustra sequestro da mãe de Taison; suspeitos foram presos
Foto: Reprodução / Instagram

A Brigada Militar e a Polícia Civil resolveram rapidamente o sequestro da mãe do atacante Taison na tarde desta segunda-feira (16) em Pelotas, no Rio Grande do Sul. Rosângela Freda estava amarrada dentro do porta-malas de um carro na área rural do município. Dois suspeitos foram presos e um terceiro fugiu. Três veículos, dois deles roubados, foram apreendidos.

 

De acordo com a capitã Vanessa Wenitt, da Brigada Militar de Pelotas, testemunhas informaram que os suspeitos foram a casa do jogador para entregar um buquê, e acabaram forçando a mãe do atleta a entrar no carro. A polícia conseguiu localizá-la cerca de 40 minutos após a denúncia.

 

“Foi uma ação rápida e cirúrgica”, destacou a capitã, segundo o GloboEsporte.com.

 

O jogador do Shaktar Donestk, da Ucrânia, passa férias em sua cidade natal após disputar a Copa do Mundo na Rússia. No entanto, atleta não chegou a entrar em campo na competição.

Segunda, 16 de Julho de 2018 - 18:30

Sudesb nega falta de apoio a karatekas e diz que investiu R$ 698 mil na modalidade

por Gabriel Rios

Sudesb nega falta de apoio a karatekas e diz que investiu R$ 698 mil na modalidade
Foto: Divulgação / FKTB

A Superintendência dos Desportos do Estado da Bahia (Sudesb) negou que falte apoio aos karatekas baianos. Em entrevista ao Bahia Notícias, um professor da academia Drakon e a mãe de um aluno da academia Shalon disseram que o órgão baiano não tem ajudado os jovens atletas em viagens para competições fora do estado (veja aqui).

 

No entanto, a Sudesb garantiu que tem dado todo apoio à modalidade, tanto no investimento para a realização de eventos, como na realização de cursos de qualificação dos atletas e dirigentes do karatê. Ainda de acordo com o órgão, entre 2017 e 2018, foram investidos mais de R$ 698 mil no apoio ao karatê baiano.

 

Quanto ao transporte para o Campeonato Brasileiro de Karatê, que será realizado em São Paulo nos dias 10 e 11 de agosto, a Sudesb informou que o mesmo já foi protocolado no dia 12 de julho e está sob análise técnica.

 

Em entrevista ao Bahia Notícias, o presidente da Federação de Karatê-Dô Tradicional da Bahia (FKTB), Eckener de Pereira, reforçou a ajuda da Superintendência à modalidade. Eckener disse que a federação sempre recebeu ajuda do órgão e que o professor Eduardo não só não tem autorização para falar em nome do clube Drakon, como "mostrou-se totalmente 'por fora' no que diz respeito à relação da FKTB com a Sudesb".

 

Questionado se a viagem de ônibus para São Paulo, que dura mais de 22 horas, pode atrapalhar o desempenho das crianças, Eckener admitiu que pode pesar, mas preferiu valorizar o apoio.

 

“Pode atrapalhar, mas não é uma coisa nova. No meu tempo de atleta, cheguei a ir para o Mato Grosso de ônibus, que é muito mais longe. Não é o ideal, mas se não tem condição de viajar de avião, iremos de ônibus sem problema”, disse.

'Preciso acreditar em mim mesmo', diz Djokovic após título de Wimbledon
Foto: AELTC/ Karwai Tang

O tenista Novak Djokovic ficou seis meses ausente do Circuito Mundial de Tênis se recuperando de uma cirurgia no cotovelo ainda neste ano. No último domingo (15), o sérvio conquistou o seu quarto título do Grand Slam de Wimbledon, em Londres. Na decisão em que venceu o sul-africano Kevin Anderson, oitavo no ranking da  ATP, por 3 sets a 0, parciais de 6/2, 6/2, 7/6 (3), ele voltou a exibir ótima forma que o colocou no posto de número 1 no passado.

 

"Eu preciso acreditar em mim mesmo. Sou muito agradecido à minha equipe, a todos que me deram apoio nesses últimos anos. Eu tive a cirurgia, passei seis meses fora do circuito, enfrentei uma lesão séria pela primeira vez na carreira. Eu não sabia o que esperar, foram muitos momentos de dúvida se eu conseguiria voltar a ter o mesmo nível para competir. Essa foi minha primeira semifinal de Grand Slam nos últimos dois anos e não há lugar melhor no mundo para realizar um retorno. É um lugar sagrado do tênis e sempre sonhei em segurar esse troféu, desde criança, quando comecei a jogar tênis. É muito especial", afirmou.

 

Com esta nova conquista em Wimbledon, ele soma 13 títulos de Grand Slam, atrás apenas do suíço Roger Federer que tem 20, do espanhol Rafael Nadal com 17 e do ex-tenista norte-americano Pete Sampras, que soma 14.

 

A última vez que Djokovic decidiu um título de Grand Slam foi em 2016, na final de Roland Garros. Desde então ele teve uma queda de desempenho, sofreu com lesões, mas esta vitória mostra que está pronto para voltar a brigar pelas primeiras posições. Na próxima atualização do ranking, ele já deverá aparecer no top 10 da lista. Já seu adversário da final na grama londrina, Anderson, subiu para a 5º posição. É a melhor colocação dele na carreira aos 32 anos. Além de Wimbledon, ele também jogou a decisão do US Open de 2017.

Segunda, 16 de Julho de 2018 - 16:30

Não vim passar férias, diz Cristiano Ronaldo em apresentação na Juventus

por Folhapress

Não vim passar férias, diz Cristiano Ronaldo em apresentação na Juventus
Foto: Divulgação

Cristiano Ronaldo foi apresentado oficialmente nesta segunda-feira (16) como novo jogador da Juventus, da Itália.

Após ser recepcionado por centenas de torcedores no aeroporto de Turim, o jogador português deu uma entrevista coletiva na sede do clube italiano e, pelo discurso, mostrou que está mais motivado do que nunca.

"É um momento espetacular chegar a este clube e me dá uma motivação a mais jogar em uma equipe acostumada a vencer", afirmou o atacante português, que assinou com a Juventus por quatro anos.

"Não vim a Turim para passar férias. Quero brilhar aqui, deixar minha marca. Vou estar preparado para isso. Não vejo a hora de começar o Campeonato Italiano", disse Cristiano Ronaldo.

O atacante deixou o Real Madrid após conquistar 16 títulos, sendo quatro Ligas dos Campeões, três Mundiais de Clubes, dois Campeonatos Espanhóis, duas Copas do Rei, duas Supercopas Espanholas e três Supercopas Europeias. A Juventus pagou € 100 milhões (R$ 448 milhões) para tirá-lo do time espanhol.

Aos 33 anos, Cristiano Ronaldo disse também que não está preocupado com a idade. "Essa questão não é mais importante. Nos treinamentos, consigo muitas vezes chegar à frente de companheiros mais novos. Estou honrado pelos dirigentes da Juventus terem apostado em mim", afirmou.

Ao ser perguntado se espera conquistar uma nova Bola de Ouro de melhor do mundo, o português disse que esse não é seu objetivo principal na Juventus.

"Ganhar uma outra Bola de Ouro não é minha obsessão agora. Vencer a primeira sim, mas não esperava ganhar cinco vezes. Foi difícil ganhar pelo Manchester United, pelo Real Madrid e aqui não será diferente", afirmou.

Após novo revés judicial, Edilson Capetinha critica aumento de pensão da filha
Foto: Reprodução / SporTV

O ex-jogador Edilson emitiu nesta segunda-feira (16) um comunicado para rebater as informações de que não pagaria a pensão de sua filha mais nova. Capetinha, como ficou conhecido, foi alvo de um novo mandado de prisão no último dia 12. Em nota divulgada por sua assessoria, o jogador alega que o valor da obrigação imposto não condiz com a sua atual realidade financeira. "Isso não significa, entretanto, que Edilson não cumpra com o seu dever de pai, garantindo à menor todas as suas necessidades básicas".

 

O novo acordo firmado entre advogados, sem a presença de Edilson, aumentou o valor de R$ 9.540 para R$ 12.040. A nota ainda afirma que o jogador seguirá depositando "o valor necessário ao suprimento das despesas da menor, sem os exageros inerentes ao rótulo de 'filha de jogador de futebol’” até que o impasse judicial seja resolvido.

 

A advogada de Edilson, Ana Paula Moraes, já está em Brasília para garantir que uma nova prisão não aconteça. Clique aqui e veja a nota oficial completa.

Atacante mira em vaga de titular da Chapecoense e prega respeito ao Bahia
Foto: Sirli Freitas/ Chapecoense

O atacante Vinícius aproveitou bem a oportunidade que teve como titular no jogo amistoso da Chapecoense contra o San Lorenzo, da Argentina. A partida foi disputada na última quarta-feira (11), durante a parada do Campeonato Brasileiro. Ele deu o passe para o gol de Wellington Paulista e, na sequência, ainda desperdiçou uma chance de marcar o dele. No entanto ganhou elogios do técnico Gilson Kleina, que deu confiança para brigar por uma vaga entre os 11. O Bahia será o próximo adversário da equipe de Chapecó no retorno ao Brasileirão.

 

"Espero que sim (risos). Foi um amistoso, mas contra uma grande equipe. Pude jogar bem e contribuir, fico feliz, apesar de não ter jogado muito. Estou confiante que vai ser um grande retorno e estou aqui para ajudar a equipe", afirmou Vinicius.

 

Chapecoense e Bahia se enfrentam na quinta-feira (19), às 19h30, na Arena Condá, em Chapecó, pela 13ª rodada do Brasileirão. Apesar da confiança, Vinicius prega respeito ao Tricolor baiano.

 

"Quando se trata de Campeonato Brasileiro, todo jogo é duro. Seja contra o Bahia, contra o Corinthians, contra o América-MG, que foi nosso último jogo. Todos são duros. Temos que nos preparar bem e colocar na cabeça nosso futebol e o que estamos treinando. Temos tudo para fazer um grande jogo", disse.

 

A Chape ocupa a 14ª colocação com 14 pontos na tabela de classificação do Brasileiro. Com dois a menos, o Bahia aparece na 17ª, na zona de rebaixamento.

Histórico de Conteúdo