Quarta, 20 de Maio de 2020 - 10:50

Live do BN: atacante Verena lamenta não ter estreado no Bahia devido a pandemia

por Ulisses Gama / Leandro Aragão

Live do BN: atacante Verena lamenta não ter estreado no Bahia devido a pandemia
Arte: Paulo Victor Nadal / Bahia Notícias

A atacante Verena participou da live do Bahia Notícias na manhã desta quarta-feira (20). Após passagem por Portugal, atleta, de 24 anos, foi anunciada pelo Bahia em meados de março, alguns dias antes da paralisação do futebol brasileiro devido a pandemia do coronavírus. Por causa disso, ela ainda pôde fazer sua estreia com a camisa do Tricolor.

 

"Eu sabia que ia chegar bem perto do início do campeonato e não ia dar tempo para entrosar muito com as meninas, tinha que conhecê-las mais um pouco mais, e também por causa da inscrição, porque tinha que trocar o clube. Então, eu sabia que não ia poder estrear no primeiro jogo. Só que não contava com essa paralisação da pandemia. Todo mundo foi pego de surpresa. Ficou aquele gostinho de "nossa, era para eu estar estreando no segundo jogo". Ficou o gostinho de querer estrear, mas não consegui", lamentou durante a entrevista.

 

Verena começou no Bahia em 2014 após ser aprovada em teste. Depois, ela trocou o Tricolor pelo Lusaca, onde chamou atenção do Vitória. No Rubro-Negro, ela conseguiu se destacar nacionalmente e foi contratada pelo português Valadares Gaia, onde estava antes de retornar ao Esquadrão de Aço.

 

"Comecei no Bahia em 2014. Meu pai me levou para fazer teste, fui bem e fiquei no time. Elas disputavam o Brasileiro, mas não consegui chegar a tempo. Joguei o Baiano, ajudei um pouco. Foi assim que consegui ir para outros times e joguei no Lusaca, consegui me destacar e fui para o Vitória", lembrou.

 

Apesar de ser torcedora do Bahia desde pequena, Verena teve uma boa passagem pelo rival baiano. No entanto, foi bem recebida pelo torcedor do Tricolor.

 

"Eu joguei no rival e sempre que estive lá dei meu máximo, porque sou profissional. Mas sou Bahia desde criança, minha familia toda é Bahia. Agora que estou vestindo a camisa que sempre torci e vibrei, a felicidade está lá em cima", disse. "Quando recebi a proposta, pensei duas vezes, porque não queria deixar o clube lá, mas como meu ciclo estava encerrando e consegui fazer essa ligação com o Bahia. Quando fui anunciada a torcida me recebeu de braços abertos. Sigo algumas páginas do Bahia e vejo o carinho e o apoio do torcedor. Claro que tem as críticas, mas temos que absorvê-las tambem, levantar a cabeça e fazer o melhor. O carinho do torcedor baiano foi sensacional", completou.

 

Na live do BN, Verena ainda falou de outros assuntos, como por exemplo, a rotina em casa durante a quarentena. Confira a entrevista na íntegra:

Histórico de Conteúdo