Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Sábado, 09 de Outubro de 2021 - 22:53

Guto Ferreira elogia entrega do Bahia no triunfo sobre o Athletico-PR

por Leandro Aragão

Guto Ferreira elogia entrega do Bahia no triunfo sobre o Athletico-PR

O técnico Guto Ferreira elogiou o Bahia após o triunfo sobre o Athletico-PR por 2 a 0, na noite deste sábado (9), na Arena da Baixada, pela 25ª rodada do Campeonato Brasileiro. O comandante atribuiu o bom resultado à entrega dos jogadores e a união de staff e elenco.

 

"Sempre que você conhece características ajuda a gente a moldar. Fazemos sempre um trabalho em equipe, procuramos ouvir todo o staff e o staff com grandes profissionais. Houve um trabalho do DADE muito qualificado, o trabalho de apoio muito bom. Só foi possível correr o que a equipe correu graças ao grande trabalho do Luizão e dos outros que estavam. Tudo isso aí ajuda demais. Danilo fez o que fez por causa do trabalho do Rogério. Então, a gente tem que salientar que trabalho em equipe onde todos se sentem importante as coisas começam a andar. O que a gente tentou fazer é mostrar a importância de cada um e cada um assumir sua responsabilidade. Acho que o grande fator foi cada um assumir sua responsabilidade e se entregar dentro de campo e aqueles que estavam no apoio fazer o seu melhor", afirmou.

 

Guto ainda explicou o esquema tático do Tricolor para neutralizar o Furacão. O time baiano conseguiu controlar bem o adversário, mas também contou com as boas defesas do goleiro Danilo Fernandes.

 

"Nossa zaga estava tendo alguns problemas e eles jogam com três zagueiros, soltando bastante os dois alas. Então, em determinado momento, tivemos que formar uma linha de cinco ou até uma linha de seis. Botei o Bahia mais postado, saindo só na boa e no balanço. Quando a jogada ocorria na direita deles, Capixaba balançava na linha de cinco, quando acontecia pela esquerda, Raí balançava na linha de cinco. Quando Capixaba estava no balanço fechando a linha de cinco, Raí vinha para dentro do lado oposto, mas atento na diagonal oposta. Então, ele fechava o volante para fazer com que os três do meio tivessem superioridade numérica sobre os dois volantes e conseguisse se encaixar nas vindas de Nikão para dentro, as vindas incialmente do Terans e depois de Pedro Rocha para dentro. Jogando com os três volantes em balanço, Daniel, Mugni, porque ele foi um volante. Só que como eu tinha três, permitiu que Mugni saísse bastante. Quando ele saía, Daniel postava, quando Daniel saía, ele postava. Então, esse tipo de situação e com Gilberto centralizado em cima do último home deles, fez com que a gente fechasse as zonas de passe e pudesse impedi-los de ter tanta facilidade. Nós roubamos muitas bolas, na hora que tivemos a posse conseguimos jogar bem. Tivemos velocidade com Raí pela direita para acelerar as saídas junto com o Nino dobrando. E tivemos velocidade com Juninho, ora com a passagem de Mugni e ora com a passagem menor, mas também de Matheus Bahia, que quando passava a gente segurava Patrick e Daniel para poder ter sempre o equilíbrio defensivo. Conseguimos fazer a marcação alta quando necessário e conseguimos fazer a marcação média e baixa. Lógico que o Athletico é qualificado, tiveram alguns lances, mas é para isso que temos um goleiro experiente como Danilo. Nos momentos que eles conseguiram vencer nosso sistema defensivo, apareceu Danilo de forma brilhante. Acho que o principal fator dessa vitória é a entrega dos caras, eles se doaram muito e são os grandes responsáveis por essa vitória", analisou.

 

Com o triunfo, o Bahia deixou a zona de rebaixamento, neste momento, ao assumir o 16º lugar com 26 pontos. O próximo compromisso será na terça-feira (12), às 21h30, quando terá a torcida ao seu lado pela primeira vez desde o início da pandemia do novo coronavírus para receber a visita do Palmeiras, na Arena Fonte Nova, pela 26ª rodada.


"Vamos juntos com 12 jogadores, 11 dentro de campo jogando e arquibancada lotada com 15 mil, então vamos com 15.011 para o jogo de terça-feira", convocou Guto.

Histórico de Conteúdo