Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Em reunião para formação da Liga de clubes, Petraglia ameaça dar tapa em Bellintani
Fotos: Divulgação / CAP e ECB

A reunião entre os presidentes de clubes que querem formar a nova liga brasileira de futebol foi marcada por um momento tenso na última quinta-feira (22). Durante o encontro, o clima ficou quente entre o presidente do Bahia, Guilherme Bellintani, e o mandatário do Athletico, Mário Celso Petraglia.

 

De acordo com o blog de Lauro Jardim, os dois dirigentes passaram a discutir e Bellintani acusou Petraglia de querer indicar empresas para prestar serviços para a Liga. Petraglia negou.

 

Em um momento, o presidente do Esquadrão de Aço afirmou que a "reunião tinha que ser presencial". A resposta de Mario Celso não foi nada amigável. 

 

"Se fosse presencial, já tinha acabado porque eu teria metido a mão na sua cara", vociferou.

 

A situação foi controlada pela turma do "deixa disso", os dois pediram desculpas, mas Petraglia deixou a reunião antes de seu fim e voltou a provocar, sem citar nomes. 

 

"Peço perdão, mas estou cansado. Não aguento mais os 'euricos" do futebol", disse.

 

Bellintani é um dos principais nomes que carregam da bandeira da Liga, que busca melhoras nos contratos de TV, mais transparência no árbitro de vídeo (VAR) e um calendário menos apertado. A nova composição do futebol brasileiro também busca ter influência maior dentro da CBF.

Histórico de Conteúdo