Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Terça, 09 de Março de 2021 - 23:50

Após goleada, Gilberto quer Bahia ligado o tempo todo do jogo e mira Ba-Vi

por Leandro Aragão

Após goleada, Gilberto quer Bahia ligado o tempo todo do jogo e mira Ba-Vi
Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia

O Bahia precisou sofrer um gol para virar o placar e ganhar de goleada. O Tricolor faz 7 a 1 no Campinense na noite desta terça-feira (9), no Amigão, pelo jogo único do confronto da primeira fase da Copa do Brasil. O atacante Gilberto pediu para o Tricolor ficar ligado os 90 minutos de uma partida. O camisa 9 ainda desperdiçou um pênalti no primeiro tempo.

 

"Aconteceu isso bastante no Brasileiro, a gente foi corrigindo e no final a gente escapou daquilo que a gente não queria por conta da tensão que tivemos, da força de vontade, de estar ligado do começo ao fim. E no começo do jogo a gente voltou a ter esse tipo de atitude que não podemos ter. Eu também me cobro, no começo do jogo estava um pouco disperso e acabei perdendo pênalti, fiquei bravo. No segundo tempo eu só queria mostrar meu futebol e ajudar o time, porque é muito importante para a gente dar continuidade a um trabalho que está sendo bem feito por Dado", afirmou em entrevista ao SporTV. "A gente sai com a cabeça erguida hoje. Um placar elástico, Rossi muito bem, meteu três. Juninho Capixaba entrou e meteu dois. Acabei fazendo um ali, o juiz ainda está decidindo se vai me dar o segundo, por conta que bateu no zagueiro e entrou. O gol foi meu, mas ele que sabe. Fico feliz pela entrega. A entrega foi boa, suficiente para fazermos um excelente placar e ficar fortalecidos ainda mais", completou.

 

Com o Tricolor classificado para a segundo fase, Gilberto já mudou foco para o clássico Ba-Vi, pela terceira rodada da Copa do Nordeste. O Bahia encara o rival Vitória no próximo sábado (13), às 16h, no Barradão.

 

"É um resultado importante. No ano passado, tivemos um retrocesso. Mas a gente cresce nos momentos difíceis e crescemos. Conseguimos um triunfo excelente hoje, mas já temos um jogo muito difícil no sábado. A gente não pode deixar subir à cabeça. A gente errou muito no primeiro tempo e sabemos disso. Então, temos que acertar os pontos, porque um clássico é sempre difícil", disse.

 

O próximo adversário do Bahia na Copa do Brasil será o vencedor do confronto entre Jaraguá-GO e Manaus. As duas equipes que se enfrentam no próximo dia (18).

Histórico de Conteúdo