Sábado, 26 de Setembro de 2020 - 06:00

Após pausa de 10 dias, Bahia enfrenta o Athletico-PR na Arena da Baixada

por Ulisses Gama

Após pausa de 10 dias, Bahia enfrenta o Athletico-PR na Arena da Baixada
Foto: Fernando Freire / Ge.Globo

Chegou a hora da verdade para o Bahia. Após uma pausa de dez dias sem jogar, o Esquadrão de Aço entra em campo neste sábado (26), às 19h, para enfrentar o Athletico Paranaense na Arena da Baixada. Em busca de uma nova vida no Brasileirão, o Tricolor busca encerrar um jejum de oito partidas sem vencer. 

 

Dentro da zona de rebaixamento, com nove pontos, o time comandado por Mano Menezes vem de uma derrota para o Corinthians por 3 a 2 na Neo Química Arena. Apesar do revés, o comandante tricolor se diz otimista com o time. No entanto, há o reconhecimento de que a defesa precisa melhorar. Vale lembrar que são 18 gols sofridos até aqui. 

 

Eu penso, na avaliação que fizemos aqui, o Bahia fez um jogo melhor contra o Corinthians do que fez contra o Atlético-GO, voltamos a competir, voltamos a ser mais agressivos em termos de posicionamento, tivemos mais personalidade para jogar quando tivemos a bola. Criamos as oportunidades, capazes até de dar um resultado melhor, mas ainda erramos num nível que não se pode errar na turma em que estamos no Campeonato Brasileiro. Então queremos consertar isso, diminuir os gols sofridos. Essa é a ideia do primeiro momento. Continuar criando e tendo mais tranquilidade para definir. Queremos repetir coisas que fizemos contra o Corinthians e consertar as coisas que entendemos que não foram boas. Penso que, para ter uma personalidade, daquilo que queremos como total, temos que avançar ainda. Teremos aí boas semanas para fazer isso. Mas também não temos tanto tempo para ficar esperando. Eu entendo a ansiedade do torcedor. Para ele que nós temos que transmitir a confiança de que, embora tenhamos dois jogos fora de casa, queremos ter resultados diferentes do que tivemos nas últimas rodadas", declarou.

 

Para o goleiro Douglas, o período sem jogar foi muito importante para fazer os ajustes necessários. 

 

"Esses dez dias, a gente tem tido mais tempo para trabalhar e assimilar todos os princípios que o Mano tem colocado, através de muita conversa e muito trabalho. Hoje, a gente conhece muito mais do que o Mano tem passado, e ele conhece ainda mais a força desse grupo. Esses dez dias vieram em um momento importante para que a gente venha a ajustar muitos pontos que precisamos melhorar, para que a volta aos jogos, a gente tenha melhores resultados e desempenho também", indicou.

 

Para a partida, o Bahia pode ter a presença do volante Elias, anunciado pelo clube na última quinta-feira (24). Regularizado na CBF, o experiente atleta está com o elenco e sua entrada depende apenas do treinador.

 

Por outro lado, a equipe não vai ter os laterais-direitos Nino Paraíba, suspenso, e João Pedro, lesionado. A tendência é de que o volante Edson, que já atuou no flanco, seja escalado. Douglas Borel corre por fora.

 

ATHLETICO-PR

 

Após bater o Colo-Colo pela Libertadores e engatar o seu terceiro triunfo seguido, o Athletico Paranaense chega confiante para o jogo em casa. A evolução do time nas últimas partidas foi notada pelo treinador Eduardo Barros, que fez elogios ao elenco do Furacão.

 

"A equipe tem apresentado mais consistência nos últimos jogos. É o nosso segundo jogo em casa sem sofrer gols, com um volume que nos agrega muito porque mostra o trabalho coletivo e de organização defensiva. A equipe estava com dificuldades para fazer gol e agora tem conseguido produzir mais ofensivamente. Ainda não estamos no ideal, mas vamos perseguir isso o tempo todo. Mas a evolução é notória e o mérito é dos jogadores", declarou.

 

A equipe não terá o meio-campista Nikão, que se recupera de uma entorse no tornozelo, e o atacante Walter, que testou positivo para Covid-19.

 

FICHA TÉCNICA
Athletico-PR x Bahia
Campeonato Brasileiro - 12ª rodada

Local: Arena da Baixada, em Curitiba
Data: 26/09/2020 (sábado)
Horário: 19h
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (MG)
Auxiliares: Guilherme Dias Camilo e Felipe Alan Costa de Oliveira (ambos de MG)
VAR: Rodrigo Nunes de Sá, auxiliado por Grazianni Maciel Rocha e Diogo Carvalho Silva (todos do RJ)

 


Athletico-PR: Santos; Jonathan, Pedro Henrique, Thiago Heleno e Márcio Azevedo; Wellington, Erick, Pedrinho, Léo Cittadini e Christian; Fabinho. Técnico: Eduardo Barros.

 

Bahia: Douglas; Edson, Ernando, Juninho e Juninho Capixaba; Gregore, Jadson,Ronaldo e Rodriguinho; Élber e Gilberto. Técnico: Mano Menezes.

Histórico de Conteúdo