Terça, 18 de Fevereiro de 2020 - 09:15

Após dez anos, Rodriguinho volta ao futebol do Nordeste com experiência e títulos

por Ulisses Gama

Após dez anos, Rodriguinho volta ao futebol do Nordeste com experiência e títulos
Rodriguinho foi revelado pelo ABC | Foto: Rodrigo Sena

Nascido em Natal, no Rio Grande do Norte, Rodriguinho despontou para o futebol com a camisa do ABC entre 2007 e 2009. Com um bom início de carreira, o jogador não demorou a rodar pelo país. Ao deixar o alvinegro, ele foi contratado pelo Bragantino e logo depois seguiu para o América-MG, onde ganhou destaque nacional.

 

Após a boa passagem no Coelho, ele vestiu a camisa do Corinthians, onde conquistou títulos brasileiros e foi convocado para a Seleção Brasileira no "Jogo da Amizade" contra a Colômbia, em 2017, no Engenhão. Durante a passagem pelo Timão, Rodriguinho ainda transitou por Grêmio e Sharjah, dos Emirados Árabes.

 

Rodriguinho conquistou dois títulos brasileiros com o Corinthians | Foto: Reprodução / Corinthians.com.br

 

Em julho de 2018, Rodriguinho se transferiu para o Pyramids do Egito, onde teve uma passagem rápida e apagada. Até que em 2019 ele foi contratado pelo Cruzeiro. No clube mineiro, o início foi promissor, mas uma lombalgia fez com que ele vivesse um dos momentos mais difíceis de sua carreira. 

 

"Comecei no ABC de Natal, joguei dois anos lá. Depois me transferi para o Bragantino. Passei por América-MG, Corinthians, Grêmio, Al Sharjah, Corinthians de novo e fui para o Pyramids. Depois voltei para o Cruzeiro e agora estou aqui no maior do Nordeste", disse o jogador, ao ser apresentado no Bahia na última terça-feira (17).

 

Com a responsabilidade de comandar o meio de campo do Esquadrão de Aço, Rodriguinho preferiu evitar falar sobre as cobranças que a equipe vive após ser eliminado da Copa do Brasil e ter perdido o clássico contra o Vitória. No entanto, ele garantiu dedicação para ajudar o time.

 

"Sei que é um momento delicado, foi amenizado pela vitória na Sul-Americana. Mas para eu falar sobre isso é complicado, estou chegando agora. Quem está há mais tempo tem mais condições de explicar alguma coisa. Vou trabalhar bastante para ajudar da forma que for melhor para todos. Vou dar meu melhor sempre, mas é precoce", indicou o camisa 10, que disse estar tranquilo para desempenhar a função que o técnico Roger Machado preferir.

 

"Já joguei com tripé e com dez centralizando, flutuando. Como o Bahia joga agora com um 4-4-2, já joguei como segundo atacante. Estou muito tranquilo para poder desempenhar essas funções. Roger é experiente, muito inteligente. Me conhece muito bem. Sabe onde posso ter uma melhor performance. Vamos conversar, sentar e resolver o que ele quer que eu desempenhe da melhor forma", indicou.

 

Foto: Felipe Oliveira / Divulgação / EC Bahia

 

Confira as conquistas de Rodriguinho:

 

ABC - Campeonato Potiguar (2007 e 2008)
CORINTHIANS - Campeonato Brasileiro (2015 e 2017) e Campeonato Paulista (2017 e 2018)
CRUZEIRO - Campeonato Mineiro (2019)

Histórico de Conteúdo