Segunda, 23 de Janeiro de 2017 - 16:15

Médico do Bahia explica lesão de Edigar Junio e confirma afastamento de 30 a 45 dias

por Ulisses Gama

Médico do Bahia explica lesão de Edigar Junio e confirma afastamento de 30 a 45 dias
Foto: Felipe Oliveira / Divulgação / EC Bahia
Através de nota oficial, o Bahia divulgou nesta segunda-feira (23) uma lesão no tendão do pé direito do atacante Edigar Junio, que poderá afastá-lo dos gramados por até 45 dias. Em entrevista coletiva realizada no Fazendão, o coordenador médico do clube, Luiz Sapucaia, falou sobre a situação do atleta e indicou repouso para o seu retorno.
 
"O Edigar teve um trauma direto no primeiro jogo da Florida Cup. Tratou, reagiu bem, não teve dor, foi ao segundo jogo e as dores reacenderam. Resolvemos investigar na chegada e descobrimos uma lesão no tendão. Ele teve um estiramento grau 2 na zona de transição, que merece um cuidado. É uma lesão que a gente dá 30 a 45 dias. Não é de tratamento cirúrgico. Vamos deixar ele no repouso para evitar o agravamento", declarou.
 
Outro jogador que teve problemas médicos foi Feijão. Na última semana, o volante sentiu um incômodo no músculo adutor da coxa. Segundo o profissional tricolor, ele não preocupa.
 
"Fizemos um exame de imagem e deu só um edema muscular. Temos que levar em consideração que eles entraram em um jogo. Você vai para o embate, se esforça. Ele teve um edema natural. Já estamos na transição física e acredito que ele esteja incorporado", declarou Sapucaia, que também falou sobre Yuri.
 
"É uma lesão antiga no menisco onde operamos. Está bem, mas o menisco sofre uma sobrecarga. Teve um desgaste na cartilagem e é normal neste período onde a intensidade dos treinamentos são maiores", acrescentou.

Histórico de Conteúdo